JRM-em-Harvard

Com o Zé em Harvard – Qual é sua CAUSA, seu PROPÓSITO: a razão maior pela qual você vive?

Por: José Roberto Marques | Blog | 03 de maio de 2019

“Ser de Luz! Protagonizei um dos momentos mais importantes da minha carreira e da minha história. Um sonho que idealizei há 10 anos e foi materializado. Ministrei um Workshop na Brazil Conference em Harvard e você poderá acompanhar cada detalhe sobre os assuntos que compartilhei em artigos exclusivos aqui no meu blog!”


Por que ter uma razão maior para viver é importante? Contra medos, falta de confiança e pensamentos negativos é sempre uma energia diferente que nos faz enfrentar qualquer obstáculo e que nos motiva a ação.  Muitas vezes encontramos esta razão maior ao pensar em nossos sonhos, nas lutas que travamos para chegar até aqui, ao ver o sorriso ou o choro dos nossos filhos, ao chegar à casa que ainda não é nossa ou ao trabalho onde sentimos que podemos conquistar ainda mais.

De 0 a 10, o quanto você sente que tem esta razão maior para viver e ir em busca da sua felicidade? Caso esteja passando por um momento de desânimo, saiba que isso é normal e irá passar. Entretanto, se for algo intenso, que esteja se estendendo por mais tempo, é fundamental que busque ajuda médica para que as causas sejam identificadas e tratadas.

Grande parte das pessoas passam por uma espécie de crise existencial em determinadas fases da vida, em que a mente se torna cheia de questionamentos e dúvidas. Que sentem dificuldade em encontrar uma causa para viver, um propósito na vida, você se identificou? As atitudes a seguir podem te ajudar a encontrar o propósito que precisa para seguir em frente e encontrar a felicidade nas pequenas coisas:

  1. Redefina Suas Expectativas

Em primeiro lugar, é necessário que reconheça o momento pelo qual está passando, aceite sua fragilidade e evite exigir demais de si. O ponto aqui não é se conformar e sim aceitar a realidade para que possa transformá-la. Então, se antes estava acostumado a realizar inúmeras atividades em um mesmo dia, redefina essas expectativas de acordo com os seus níveis de energia atuais. Faça isso para não se frustrar, quando se sentir melhor poderá voltar ao estilo de vida anterior.

  1. Trate-se Com Carinho

Evite pensar que você é uma pessoa fraca e que essa é a razão por estar se sentindo desanimado, pois isso não é verdade. Veja a si mesmo como é, um ser humano como qualquer outro, que tem as suas fases boas e ruins, e que todas elas fazem parte do seu processo de evolução. Quanto mais carinho e paciência tiver consigo mesmo, mais força terá para se reerguer e se sentir motivado e feliz novamente.

  1. Imagine Como Se Sentirá Depois de Cada Atividade

Quando se está sem a razão maior, é natural não ter vontade de fazer nada. Contudo, se permitir que esse sentimento te impeça de agir, entrará em um círculo vicioso de inércia e correrá o risco de ficar nele por muito tempo. Portanto, quando precisar fazer algo, pense na satisfação que sentirá após concluir a atividade em questão. Esse exercício de visualização irá te ajudar a se fortalecer e dar um passo importante para resgatar as suas energias.

  1. Aprenda a Identificar os Pensamentos de Desânimo

Um ponto de grande relevância dentro do processo de busca pela razão maior  para viver é se conhecer melhor e identificar os pensamentos de desânimo logo quando eles começarem a surgir. Assim, poderá se utilizar de mecanismos para evitar que eles te controlem e te impeçam de ser feliz. Para isso, procure manter um diálogo interno e se questionar sobre tudo o que sente e pensa, mas, claro, sem julgamentos.

  1. Pratique Exercícios Físicos

Parece estranho sugerir que uma pessoa que está desanimada com a sua vida comece a praticar exercícios físicos, que são atividades que requerem energia. Entretanto, saiba que eles são fantásticos quando se trata de busca por bem-estar e felicidade, pois, fazem com que o cérebro libere substâncias que estão diretamente ligadas à essas sensações. Apenas é importante escolher modalidades mais leves para começar, como uma caminhada, por exemplo, assim poderá evoluir aos poucos e tornar essa prática parte da sua rotina.

  1. Delegue Tarefas Para Evitar a Sobrecarga

No primeiro tópico falei a respeito da importância de redefinir as expectativas para evitar a frustração e um ponto fundamental disso inclui delegar tarefas para evitar a sobrecarga. Não se sinta mal por pedir ajuda, pois todo ser humano tem os seus momentos de maior vulnerabilidade. Converse com os seus familiares, seu superior e seus colegas de trabalho, explique a situação e solicite apoio, esse acolhimento também irá te ajudar a se fortalecer.

  1. Crie uma Rotina Que Promova a Felicidade

Esqueça a velha crença de que a vida adulta é marcada apenas por obrigações, pois todo ser humano precisa de momentos de lazer para espairecer a mente e se divertir. Comece criando uma rotina com atividades que promovam sua felicidade, como estar entre amigos, sair para dar um passeio, ler um bom livro, fazer aulas de dança, brincar com o seu animal de estimação e tudo aquilo que faça com que se sinta bem.

  1. Descubra o Seu Propósito

Todos nós temos um propósito, que é a razão que nos trouxe a este mundo. Encontrar o seu fará com que se sinta motivado a buscá-lo diariamente através de suas ações. Para isso, é necessário que se observe, se questione e identifique as coisas que dão sentido para a sua vida. Descobrir o seu propósito é um processo, pode ser que leve algum tempo até encontrá-lo, mas não desista, pois, essa resposta irá transformar a sua visão e te proporcionar uma motivação fantástica para viver.

  1. Pense nas Coisas Pelas Quais é Grato

Quando se está desmotivado, os pensamentos costumam incluir sempre as coisas que não se tem, o que faz com que o indivíduo se sinta cada vez mais desanimado. Que tal reverter isso considerando tudo aquilo pelo qual é grato? Experimente, faça uma lista com as coisas que fazem você sentir gratidão, o que pode ser, por exemplo, o fato de ter uma casa, saúde, uma família amorosa, a chance de estudar, o seu trabalho. Mantenha essa lista em aberto e acrescente novos itens todos os dias, isso irá te ajudar a enxergar sua vida sob um novo aspecto.

  1. Esteja ao Lado dos Seus Entes Queridos

Estar ao lado de quem amamos é sempre muito bom e ajuda a recarregar as nossas energias. Desse modo, procure passar mais tempo ao lado dos seus entes queridos, sem esperar nenhuma ocasião especial para tal. Converse, ouça com atenção o que eles dizem, se abra, fale de você, converse sobre amenidades, enfim, desfrute desses momentos em plenitude, deixando de lado o relógio e as notificações do celular. O amor nos fortalece, portanto, zele com carinho por esses laços poderosos.

Propósito é aquilo que nos motiva e nos faz levantar da cama diariamente e realizar nossas metas e sonhos. O meu é: desenvolver, por meio de meu trabalho, conhecimentos, experiências e aprendizados, o potencial infinito do ser humano, me tornando assim, alguém cada dia melhor.

Entretanto, muitas pessoas passam grande parte de sua jornada sem saber, ao certo, quais são suas motivações e, por isso, seguem cumprindo apenas a rotina que o dia a dia lhes impõe. Esses indivíduos são aqueles que geralmente sentem-se mais “perdidos” e deslocados no mundo e, para eles, nada nunca está bom o suficiente.

Isso ocorre quando não temos bem definido quem somos e o que desejamos ser e fazer em nossa vida. As coisas ficam sem sentido, tudo que fazemos se torna vazio e, por mais que nos esforcemos, não conseguimos direcionar nossas energias para alcançar nossos reais desejos. Por isso, defini-lo é tão essencial.

Quando falamos em propósito de vida também estamos falando na importância de investir em autoconhecimento. Somente com o auxílio deste extraordinário processo de empoderamento é possível liberar todo o potencial da pessoa e ajudá-la a visualizar, com mais clareza, sua missão de vida.

Quando sabemos quem somos, o que gostamos ou não, o que nos faz feliz ou triste, nos motiva ou desanima, nos provoca amor, dor, medo, angústia ou satisfação; temos mais condições de nos entender e explorar nossas habilidades e conhecimentos, na prática.

Do contrário, passamos a vida toda duvidando de nossas capacidades, insatisfeitos, mudando constantemente de emprego ou relação afetiva e, ainda assim, sem entender, o que realmente nos faz feliz. Uma pessoa que tem claro os seus propósitos, também tem seus conflitos existenciais, o diferencial é o fato de pautar suas ações em seus valores e crenças e naquilo que deseja ser, ter e realizar ao longo de sua existência.

Esta é a grande diferença, o direcionamento. Quando sabemos o que queremos, podemos definir quais serão os melhores caminhos para realizar os nossos objetivos, sonhos e metas. Quando não, somos levados pelas circunstâncias e, deixamos de ter o controle de nossos resultados, e consequentemente, de nossa vida.

Se você ainda não sabe qual é o seu propósito, minha dica é: invista em você; talvez em um curso ou aprendizado que tenha uma metodologia extraordinária, ou o autoconhecimento através do Coaching, pois, esta forma de autoaprendizado ajuda os indivíduos a se conhecerem, na essência, seus pontos fortes, de melhoria, motivações, sonhos.

A busca por uma razão maior que irá te impulsionar na sua vida e também encontrar o seu propósito. Acordamos querendo mostrar mais, ir além do que já estamos fazendo, sabendo que cada dia é uma oportunidade para sermos melhor e impactar mais vidas, ao nosso redor e outras que estão além da nossa visão. Isto é sentido à medida que mudamos o nosso foco para buscar o nosso propósito ou quando o encontramos. Vá além do quanto já foi na sua vida com a Causa para viver, a sua razão. Honre a sua história e viva o seu Propósito.

Deixe seu Comentário: