crise-existencial-como-lidar

Crises Existenciais – Quais São os Sinais de Que Você Está Passando Por Uma?

Por: José Roberto Marques | Blog | 09 de maio de 2018

As crises existenciais são momentos de incerteza pelos quais qualquer um pode passar. Nessa fase, o indivíduo começa a questionar as escolhas que fez até aqui, incluindo as ligadas a relacionamentos, carreira e, também, à sua própria existência. Se você acredita que está passando por isso, saiba que, apesar de ser algo delicado, esses questionamentos podem te ajudar a se conhecer melhor, aprender a lidar de forma mais positiva com os seus sentimentos, descobrir qual é o seu propósito e evoluir.

Quer ajuda para se livrar dos pensamentos tóxicos?
Clique aqui e acesse meu desafio
“Detox da Mente”!

Os Principais Sinais das Crises Existenciais

Quem sou eu? Quem eu quero ser? Qual é o sentido da minha existência? Essas são as principais questões que rondam a mente de alguém que está passando por uma crise existencial. Atentar-se para esses e outros sinais é essencial para identificar o que realmente está sentindo e, assim, utilizar esse turbilhão de dúvidas e emoções ao seu favor. Veja quais são eles.

Dúvidas em relação à própria vida: o sinal mais marcante das crises existenciais são os questionamentos e eles podem envolver as mais diferentes áreas da vida de uma pessoa. Essas dúvidas podem se resumir apenas a questões pessoais ou também incluírem assuntos mais profundos, quanto à existência do universo, a morte, valores religiosos, políticos, morais e sociais, por exemplo.

Sentimento de inadequação: o indivíduo pode se sentir inadequado, como se não se encaixasse em sua própria vida e no contexto ao qual está inserido, como família, amigos, trabalho e sociedade. É como se ele olhasse em volta e não conseguisse se enxergar como parte daquele mundo. Aqui existe muito a necessidade de encontrar um propósito que lhe reconecte com sua motivação.

Medo do futuro: para alguém que está em meio a uma crise existencial, pensar no futuro traz muitas incertezas e indagações. Essa é uma sensação bastante comum entre aqueles que estão passando por um período de mudanças, como é o caso dos jovens que estão ingressando ou concluindo a faculdade, por exemplo.

Refletir sobre as escolhas que fez: outro sinal bastante comum é quando se começa a repensar as escolhas que fez no decorrer da vida até chegar ao momento presente. O indivíduo tende a imaginar como estaria agora se tivesse optado por outros caminhos, principalmente em relação à carreira e aos relacionamentos amorosos.

Desânimo sem motivo aparente: todas essas dúvidas geram uma grande sensação de desânimo, como se não houvesse motivos para seguir em frente. A rotina de trabalho e outras obrigações se tornam exaustivas e a pessoa não consegue encontrar motivação para seguir adiante. Como não há um motivo concreto para que ela se sinta assim, começa a se questionar ainda mais.

Vale lembrar que esses sinais podem variar de acordo com o indivíduo e o momento da vida pelo qual ele está passando. Mas, de certo modo, todos os sintomas estão ligados às dúvidas que se está sentindo e, enquanto estas não forem respondidas trarão sempre apreensão, medo, dor e sofrimentos.

Você é feliz?

Portanto, é preciso que a pessoa encontre o seu propósito de vida, de modo a dar sentido à sua existência e vencer seus dilemas. Assim, sua crise existencial pode ser entendida, trabalhada e dirimida e o indivíduo pode, então, dar um novo rumo a sua história e encontrar seus caminhos para a felicidade e o sucesso.

Dicas Para Lidar de Forma Positiva Com Uma Crise Existencial

Caso tenha se identificado com os sinais que citei, acalme-se porque uma crise existencial não é o fim do mundo. Inclusive ela pode se mostrar como uma excelente oportunidade de se reinventar e encontrar novos caminhos para trilhar. Confira, a seguir, dicas poderosas para superar essa fase e utilizar essa experiência como mais um degrau para a sua evolução.

1 – Aproveite Para Se Questionar e Se Conhecer Melhor

Se essa é uma fase de dúvidas, faça do limão uma limonada e aproveite para se questionar a respeito de tudo o que sente. Em um primeiro momento, pode parecer estranho, mas, acredite; todas das respostas que procura estão dentro de você. Dessa forma, comece a se perguntar a respeito de seus sentimentos e emoções em relação aos relacionamentos, escolhas pessoais e de carreira.

Se preferir, anote as respostas que vierem à mente, para que possa organizá-las e entendê-las melhor fazendo uma leitura das mesmas. Faça desse exercício de autoconhecimento um hábito contínuo, porque ele irá te ajudar a se conhecer melhor, entender seus questionamentos e evitar crises futuras.

2 – Recuse o Papel de Vítima

Ao invés de pensar que está assim porque outras pessoas estão te chateando ou te influenciaram em suas decisões do passado, escolha assumir a sua responsabilidade e, consequentemente, o controle em relação à sua vida. Terceirizar a culpa é ruim porque faz com que você se torne um mero expectador que não tem poder de decidir e agir, o que não é verdade. Identificar qual é a sua participação dentro de cada situação que te incomoda é fundamental para que tenha consciência de que pode transformá-la.

3 – Pense em Tudo o Que Já Conquistou e Agradeça

Durante uma crise existencial, é natural sentir que tudo o que fez até aqui não tem sentido. Mas a verdade é que cada passo que deu contribuiu para que se tornasse a pessoa extraordinária que é. Mesmo que ainda não esteja onde gostaria, você caminhou muito para chegar até aqui, reconhecer isso é essencial para encontrar motivação para prosseguir e superar essa fase.

Portanto, é interessante que reflita a respeito de todas as suas conquistas e motivos que tem para agradecer em todas as áreas da vida. Esse exercício irá te ajudar a adotar uma nova e positiva visão a respeito de si.

4 – Acerte a Rota e Trilhe Novos Caminhos

Em momentos de crise financeira muitos empreendedores se veem obrigados a rever os rumos tomados pelo seu negócio, tendo que se adaptar às mudanças do mercado. Existem diversos casos de empresas que passaram por transformações por conta de condições econômicas desfavoráveis e se tornaram grandes sucessos.

Com a sua vida pode acontecer da mesma maneira, basta que utilize essa fase para fazer um balanço considerando sua situação atual e a que deseja conquistar. Então, defina metas, mude estratégias e dê o seu melhor para alcançá-las.

Preparamos um teste para VOCÊ descobrir o quanto
é FELIZ! Clique aqui e conheça nosso
“Termômetro da Felicidade” !

5 – Descubra o Que Te Move

A última dica que eu gostaria de compartilhar para te ajudar a superar esse momento de crise existencial é que aproveite para encontrar o seu propósito. Cada um de nós tem uma razão maior para existir, se conscientizar a respeito disso é fundamental para que se mantenha motivado para se levantar da cama todas as manhãs e viver cada dia ao máximo.

O meu propósito é contribuir com a construção de um mundo melhor e, para isso, eu ajudo as pessoas a descobrir e desenvolver o seu potencial máximo através de meus treinamentos. E você, qual é a sua maior paixão?

Espero que através de todas as informações que compartilhei ao longo deste artigo você consiga superar essa fase de dúvidas e possa aproveitá-la para se conhecer melhor e evoluir. Lembre-se que uma crise não precisa, necessariamente, ser algo ruim. Na verdade, ela pode ser o início de uma grande e extraordinária transformação em sua vida. Permita-se enxergar tudo isso sob um novo viés e transforme sua história e seus resultados para melhor!

Copyright: 138840572 – https://www.shutterstock.com/pt/g/bilderbox

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: