independente-emocionalmente

Dicas de Como Ser Independente Emocionalmente

Por: José Roberto Marques | Blog | 05 de setembro de 2019

Quando se fala em independência, qual a primeira coisa que vem à sua mente? Geralmente, as pessoas associam isso à questões financeiras e deixam de considerar outros aspectos que são capazes de gerar dependência, como os fatores emocionais, por exemplo. Então, te convido a fazer essa reflexão comigo, além de conferir dicas sobre como ser independente emocionalmente e, assim, ter relacionamentos mais saudáveis e equilibrados.

O Que é a Independência Emocional e Qual a Sua Importância?

Assim como ser independente financeiramente envolve poder fazer escolhas que envolvam dinheiro com liberdade, ser independente emocionalmente é poder ser você mesmo, sem depender de outra pessoa para se sentir bem. Lembrando que os relacionamentos que se tem com amigos e familiares são, sim, muito importantes, porém, nenhum deles precisa de dependência para se manter vivo e sim de união, compartilhamento e colaboração.

A independência emocional é sinônimo de liberdade para ser quem você é sem medo de ser julgado ou de depender da aprovação de terceiros para se sentir bem. Desse modo, os relacionamentos com pessoas emocionalmente independentes são mais leves, porque elas não criam laços a fim de preencher os seus vazios e sim para agregarem a algo que já é bom e inteiro.

Vale lembrar que essas pessoas não são seres perfeitos, apenas sabem lidar positivamente com suas emoções, o que, em grande parte dos casos, é fruto das experiências vividas e de uma evolução pessoal. Então, como consequência, conseguem tomar decisões com mais sabedoria, porque sabem separar o aspecto emocional e, assim, analisar cada situação de modo mais equilibrado.

O Coaching possui ferramentas que te ajudam a entender mais de si!
Clique aqui e conheça a “Roda da Vida”. Conquiste sua Independência!

7 Dicas de Como Ser Independente Emocionalmente e Ter Relacionamentos Mais Equilibrados

Toda independência é conquistada e quando se trata de aspectos emocionais isso não é diferente. Portanto, se deseja conseguir se libertar de crenças limitantes que possam estar comprometendo a sua felicidade, saiba que tem todas as condições para isso. As dicas a seguir te ajudarão a trilhar um caminho de evolução e aprendizado, que poderá te levar para a tão sonhada independência emocional.

1 – Se Conheça e Saiba Quem Você é

Para que uma pessoa alcance a independência financeira, ela precisa analisar o seu saldo bancário, pensar nos seus ganhos mensais e no que pode fazer para aumentá-los. Quando se trata de aspectos emocionais, o caminho a ser seguido é bem parecido, com a diferença de que a análise deve acontecer em relação à sua essência, seus sentimentos, seus valores. Dar essa passo é essencial, porque é o autoconhecimento que traz a segurança e a confiança necessárias para que ouse ser quem você é.

2 – Saiba Apreciar a Sua Própria Companhia

Um dos pilares da independência emocional envolve estar com outras pessoas por opção e não por dependência. Para conseguir isso, é preciso fazer o caminho inverso e começar a apreciar a própria companhia, entender que isso não é solidão. Afinal, o fato de estar só em um ambiente não significa que não tenha pessoas com quem contar, que te amam e te apoiam. Ao conseguir controlar a ansiedade em relação a esse aspecto, se sentirá muito mais livre para se relacionar com leveza e equilíbrio.

3 – Fortaleça a Sua Autoestima

Além de se conhecer, é importante que aprenda a se apreciar e valorizar os seus pontos fortes e as suas conquistas. Afinal, autoestima é muito mais do que gostar da imagem que vê no espelho, envolve comportamento, crenças e a essência como um todo. Vale lembrar que esse é um caminho a ser percorrido por toda a vida, pois a autoestima precisa ser alimentada e cuidada, sempre vista com atenção. E, quanto mais fortalecida ela estiver, mais independente emocionalmente se sentirá.

4 – Identifique Suas Relações de Dependência

Um passo de grande importância dentro de um processo de transformação e evolução envolve reconhecer o estado atual, porque é necessário fazer essa análise para entender os pontos que precisam ser considerados com mais atenção para que possam ser mudados. Neste caso, você deve olhar para os relacionamentos que possui, a fim de identificar aqueles em que possa haver dependência. Lembre-se que o foco aqui não é se julgar e sim entender o que precisa ser transformado em seu interior.

5 – Saiba Separar Independência de Autossuficiência

Quando se trata de independência emocional, é sempre importante deixar claro que isso nada tem a ver com autossuficiência, com não precisar de ninguém para nada. É claro que precisamos uns dos outros, somos todos humanos, temos a necessidade de pertencer. Contudo, esse pertencimento deve ser natural, saudável e equilibrado, para que não dependa de terceiros para gostar de si, se sentir feliz, viver.

O Coaching possui ferramentas que te ajudam a entender mais de si!
Clique aqui e conheça a “Roda da Vida”. Conquiste sua Independência!

6 – Aprenda Com o Passado Sem Se Prender a Ele

O passado é parte da sua história, foi através dele que se tornou quem é hoje, portanto, não há porque negá-lo ou se envergonhar. Por outro lado, você não precisa viver preso a ele e se culpar por tudo o que tenha feito. Tenha sempre em mente que, para se tornar independente emocionalmente, é preciso olhar para as coisas com mais leveza. Desse modo, use o seu passado para aprender lições que poderá usar no presente, libertando-se da culpa e da mágoa pelo que já passou.

7 – Torne-se Responsável Pelo Que Sente

Para encerrar com chave de ouro, busque se responsabilizar cada vez mais pelos seus sentimentos, em vez de terceirizar essa posição. Se estiver com raiva, chateado, ansioso, olhe para si e entenda o motivo para tal, pois é assim que conseguirá a independência emocional, e não culpando o chefe, o cônjuge, os filhos ou a vida. Quando você se responsabiliza por algo, mostra a si mesmo que está no controle e que tem o poder de mudar aquilo. Então, faça isso e deixe de ser uma mera vítima de elementos externos.

Ser independente é ser livre para tomar decisões e, assim, escolher quem estará ao seu lado por afinidade, por amor, por vontade e não por dependência. Dessa maneira, irá se comportar considerando os seus valores e a sua essência, sem a necessidade de agradar a qualquer custo, deixando de ser quem você é. Faça isso, dê esse passo e se torne um ser humano verdadeiramente livre!

Copyright: 651221473 – https://www.shutterstock.com/pt/g/boonyachoat

Deixe seu Comentário: