crencas-que-sao

O Que São Crenças?

Por: José Roberto Marques | Blog | 04 de junho de 2019

É comum ouvir as pessoas dizerem que creem em algo. A crença representa que você acredita em algo ou na possibilidade de alguma coisa. A crença é maior do que o conhecimento, embora um conhecimento tenda a se tornar uma crença com o tempo.

No que você acredita? Você pode crer no sucesso da sua carreira e trabalhar duro por isso. Você também pode acreditar que o mundo vai ficar menos violento e investir em ações na sua comunidade local para diminuir a violência. O fato é que, além de acreditar, você também fazer a sua parte para que o seu desejo se concretize. Do contrário, você se torna uma pessoa que apenas discursa, mas que não age.

Então, para que serve a crença? Ela ajuda a moldar o que surge dos relacionamentos. Se alguém tem e valoriza as crenças que sugam energia, seu campo coletivo irá reagir de acordo com essa atitude. As crenças limitantes funcionam como sugadoras de energia que influenciam qualquer relacionamento. Quando as pessoas interagem, suas intenções devem ser conscientes.

Se você está gostando desse assunto e gostaria de saber mais a respeito é só continuar lendo este artigo! Vamos lá?

Por dentro das nossas crenças

Provavelmente, você já se deparou com uma pessoa mixando crenças com os sentimentos. Há um ponto que deve ser ressaltado a respeito da fusão desses dois conceitos: ambos são inseparáveis na nossa realidade. A energia potencial entra na nossa dimensão se fundindo com a consciência. As duas estão entrelaçadas. Portanto, os pensamentos são portadores de imagens e vibrações específicas que percebemos por meio dos nossos sentimentos.

Por exemplo, quando é pedido para uma pessoa que ela se lembre de um momento que a deixou com raiva, que imagem costuma vir à mente? O que ela sente? E que tal pensar em um momento que a deixou alegre? Quando uma pessoa compreende a base dos seus sentimentos, é capaz de compreender conscientemente o que está liberando em termos vibratórios? Sua vibração está de acordo com o que ela está tentando manifestar?

Cada ser humano é um concentrador de energia e pré-estabelece crenças que detêm vibrações. As vibrações que você detém vão atrair energias semelhantes. Então, se uma pessoa tem uma crença de baixa autoestima, ela irá emitir essa energia e irá atrair pessoas e situações que irão reforçar esse sentimento.

Sabe aquela história de que o jeito de uma pessoa pode mudar o modo como os outros que estão perto se sentem? É isso mesmo! Por isso, é sempre importante lembrar de tentar ser positivo e transmitir energias boas para as pessoas. Cada um está passando pelos próprios problemas, então não precisa das tristezas de mais ninguém.

Experimente mudar o seu mindset

Quando uma pessoa consegue compreender as crenças que o energizam, ela eleva automaticamente sua vibração. Os grupos também são concentradores de energia, e suas crenças pré-estabelecidas detêm vibrações. Quando os membros de um grupo alinham seus valores e suas crenças com a natureza da energia, conseguem criar a zona de alta frequência.

Todo esse processo também pode significar uma mudança de mindset na sua vida. Imagine que você sempre achou que determinadas coisas aconteceriam de certa forma, porém, com o tempo, você passa a entender que isso pode ser diferente. É um quebra de pensamento e ás vezes até de argumentos que você guardava. É preciso aceitar e abraçar tudo isso para aprender e evoluir.

Por exemplo, se você está tentando conseguir uma promoção de cargo e aumento salarial no seu emprego atual, mas não consegue por vários motivos. Porém, no lugar de avaliar cada um dos motivos e tentar encontrar soluções para eles, você já determinou mentalmente que está fadado a essa posição e esse salário para sempre.

Ao mudar o seu mindset, é possível que você encontre outros motivos para a estagnação da sua carreira. Pode ser que você precise fazer uma pós-graduação, reconectar-se com a sua rede profissional de amigos ou até mesmo mudar comportamentos no dia a dia. Avaliar todos os motivos e tentar entendê-los profundamente é uma forma de progresso pessoal e um forte exercício de autoconhecimento.

Como o coaching pode ajudar

Caso você queira se aprofundar na prática do autoconhecimento, você também pode recorrer ao coaching. O método te ajuda a encontrar quais são as suas qualidades e como as fortalecer e quais são os seus pontos positivos que estão escondidos e que precisam florescer. Mais do que isso, você também aprende quais são as suas características e crenças que precisam ser desenvolvidas ou até alteradas para se tornarem menos sabotadoras.

A partir do autoconhecimento, o coaching também ensina sobre inteligência emocional. Esse é um poderoso exercício para aqueles que estão buscando pelas melhores maneiras para gerenciar sentimentos, afastando-se da impulsividade.

Com o tempo, você começa a perceber mudanças substanciais no seu dia a dia. Em curto, médio e longo prazo o seu nível de maturidade começa a subir e você começa a valorizar mais o seu progresso. Além disso, quem está na sua volta também percebe o seu desenvolvimento. Tudo isso é excelente para a sua carreira, marketing pessoal e a vida que você leva fora do âmbito profissional.

Ative as mudanças

Para já começar esse exercício, convido você a parar e pensar nas crenças que estão limitando seu autodesenvolvimento, como também seu crescimento profissional e pessoal! Será que não é hora de ressignificar este mindset, eliminar o que te sabota e reforçar sentimentos, ações e comportamentos mais positivos?

Acredito que sim! Busque conhecer suas crenças e não deixe nunca que elas limitem e boicotem seus resultados e lhe impeçam de realizar seus sonhos. Permita-se mudar patra evoluir! Pode contar com o coaching para isso. E tenha certeza de que, quando você admite que algo está errado, você já está dando um primeiro passo. Então, valorize suas ações positivas!

Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais para ajudar outras pessoas também.

Até a próxima!

Copyright: Shirstock/Shutterstock

Deixe seu Comentário: