dinamicas-jovens

Conheça 3 Exemplos dinâmicas para jovens em grupos profissionais  

Por: José Roberto Marques | Blog

As dinâmicas para jovens, individuais ou em grupo, são excelentes ferramentas utilizadas com o objetivo de avaliar perfis comportamentais, selecionar profissionais adequados a um determinado cargo ou ocupação, entrosar colaboradores e, ainda, desenvolver profissionais e equipes e engajá-las.

Estas técnicas são atividades de fácil aplicação e entendimento, desenvolvidas com objetivos específicos. Por meio delas, os participantes vivenciam diversas situações onde são avaliadas suas principais características, talentos, aptidões, personalidade, pontos fortes e de melhoria, além de comportamentos em momentos de desafio, conflito, tomada de decisão, entre outras coisas.

Para que Servem as Dinâmicas?

Comumente utilizadas durante processos seletivos as dinâmicas para grupo de jovens podem ser um valioso aliado para empresas e organizações aperfeiçoarem e maximizarem o seu capital humano. E, quando realizadas de maneira eficaz, podem sim ser benéficas e gerar resultados positivos dentro do ambiente corporativo.

Existem diversos tipos de dinâmicas uma para cada finalidade seja para recrutar profissionais, para engajamento, motivação e entrosamento de equipes, para desenvolvimento de habilidades e competências, para desenvolvimento de projetos, quebrar o gelo, desenvolver líderes etc.

Separei as Melhores Dinâmicas em uma lista incrível!
Clique e confira esse ebook maravilhoso
feito pra você!

3  Exemplos de Dinâmicas para Jovens Profissionais

Confira três tipos de dinâmicas para jovens cada uma com uma finalidade diferente:

1.    Dinâmica de entrosamento entre equipes

Neste modelo de dinâmica os participantes são dispostos em um círculo onde cada profissional deve se apresentar dizendo seu nome, sua idade, sua função e uma característica ou qualidade pessoal com a inicial do seu próprio nome.

Esta atividade é importante para quebrar o gelo e gerar entrosamento entre equipes que ainda não se conhecem como entrosamento entre departamentos diferentes ou entre novas contratações.

2.    Dinâmica do desafio

Para esta dinâmica é necessário uma caixa de bombom embrulhada e uma música animada. Os profissionais são dispostos em círculo e, ao ouvirem a música tocar, cada membro deve repassar a caixa ao próximo até a música parar. Quando a música parar deve-se abrir a caixa e fazer o que for solicitado dentro dela – no caso, comer todos os bombons.

O intuito desta brincadeira é mostrar aos participantes o quanto o medo dos desafios pode nos privar de resultados benéficos e que devemos enfrentá-los a fim de receber uma recompensa positiva no final.

3.    Dinâmica de iniciativa

Para esta atividade o instrutor deve colocar os participantes em um ambiente separado dividindo-os em pequenos grupos. Em seguida, entregar um bilhete com a seguinte frase: “Estas são as tarefas que devem ser realizadas em 10 minutos. Volto logo”. Neste recado devem estar listadas diversas tarefas, algumas simples e outras mais complexas como providenciar uma pinça, um chocolate, um documento com foto, um apontador etc.

Você é feliz?

O objetivo desta dinâmica é avaliar o poder de iniciativa dos participantes de irem atrás dos objetos solicitados, bem como o trabalho em equipe, tomada de decisão, entre outros aspectos.

Benefícios em Aplicar a Dinâmica nos Jovens

Um líder é alguém que demonstra o que é possível. Os jovens, geralmente demonstram energia, paixão em tudo que faz. Mas para ser um bom líder é preciso compreender mais do isso. É preciso ter habilidades. Daí a importância das dinâmicas. 

Hoje, é vital ter uma visão global para liderar bem. Também é fundamental ter um modelo ou alguém a quem procurar em tempos de enfrentar desafios rápidos. O desafio da liderança é ser dominante, embora não rude demais, ser enfático, mas não fraco.

Deixei abaixo, as qualidades que serão evidenciadas ou estimuladas quando o jovem participa dos treinamentos e dinâmicas. 

Coragem

Embora muitas características e comportamentos sejam inatos, as pessoas têm a capacidade de aprender ou perder a coragem. Pode parecer clichê, mas é da maior importância fazer um esforço consciente para enfrentar situações difíceis.

Iniciativa

Outra característica importante para começar algo novo, uma nova oportunidade, enfrentamento de situações novas. 

Poder de decisão

Um jovem com poder de decisão é algo altamente desejável. É muito mais provável que as pessoas depositem sua confiança em uma pessoa que sabe para onde está indo e que pode tomar decisões claras e coerentes do que confiar em alguém que está paralisado pela indecisão.

A felicidade é imprescindível para um bom desempenho
pessoal e profissional!Clique aqui, faça nosso “TESTE”
e descubra como anda sua felicidade!

Perseverança

Perseverança é a combinação de paixão e trabalho árduo. A perseverança pode ajudá-lo a se redefinir e é uma receita certa para o sucesso. A perseverança é impulsionada pelo otimismo e pela esperança.

Responsabilidade

Quando você é um líder pertencente a um grupo, você também é responsável por suas ações. Por isso, é importante entender as personalidades das pessoas que trabalham ao seu redor. Não adie uma tarefa porque isso deixa alguém em desconforto ​​ou é algo que realmente você não possa realizar. Cumpra as promessas que você faz, não apenas para os outros, mas para si mesmo.

O mundo está mudando rapidamente e mais líderes jovens são necessários para preencher a lacuna de liderança no topo. Empresas, organizações e governos estão incentivando mais jovens líderes a se mobilizar e tomar iniciativas para liderar. Estas qualidades são obrigatórias e ajudarão a torná-lo o jovem líder que você quer ser.

E você, já conhecia alguma dessas dinâmicas? Já participou de alguma delas em seu ambiente de trabalho? Como foi esta experiência? Compartilhe comigo o seu comentário e contribua com o conhecimento.

 

Copyright: Syda Productions/Shutterstock

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: