relaxamento-tecnicas

Técnicas de Relaxamento em Grupo para Aplicar em uma Equipe

Por: José Roberto Marques | Blog | 10 de abril de 2019

O mercado exige algumas características de uma boa liderança, tais como boa comunicação, agilidade na tomada de decisão, inteligência emocional, administração assertiva do tempo e atividades e gerenciamento efetivo de pessoas. Claro que existem os pontos específicos que cada empresa pede, mas estes são alguns dos principais.

Como o líder trabalha a todo o momento cuidando, gerenciando e tomando responsabilidade por um time, é essencial que ele tenha algumas técnicas que o ajudam a tornar o dia a dia menos estressante. Afinal, uns truques eficazes na manga são sempre bem-vindos, não é mesmo?

Quando se é líder é muito importante dominar certas técnicas de relaxamento para ajudar seu grupo a lidar melhor com as pressões diárias. Isso pode ajudar efetivamente para que todos os membros do time tenham mais domínio do controle emocional, aumentem a produtividade e se valorizem como bons profissionais.

Para chegar a esse degrau da evolução, o líder deve estar preparado para identificar as fontes de tensão e o momento certo de aplicar uma técnica para realinhar as energias do seu grupo. Quer saber como isso funciona na prática? Então, é só continuar lendo o texto para saber 3 exemplos de técnica de relaxamento. Vamos lá!

3 exemplos de técnicas de relaxamento

Agora, vamos conhecer algumas das principais técnicas de relaxamento que você pode usar para melhorar tanto a sua qualidade de vida no trabalho quanto dos seus profissionais. Conheça e coloque-as em prática também. Confira!

  • Energizando a mente: para realizar esta dinâmica, o instrutor deve reunir o grupo e colocar uma música bem relaxante, de preferência instrumental. Depois, pedir que todos se sentarem de maneira confortável, ou mesmo a deitem no chão (se houve espaço e estrutura). Por fim, convide os participantes para que meditem e pensem em coisas positivas e sensações boas. Faça isso por 10 ou 15 minutos. Ao final do tempo todos estarão mais relaxados.
  • Massagem coletiva: esta é uma técnica de relaxamento em que todos podem se ajudar mutuamente. Para isso, forme um círculo com todos os participantes. Em seguida, peça que todos fiquem de costas em relação a pessoa que está em sua frente. O próximo passo e, o mais legal, é pedir para que todos estendam os braços e comecem a massagear os ombros, pescoço e as costas do colega à sua frente. Em seguida, é hora de mudar, peça que o grupo inverta a posição. A dinâmica deve durar de 5 a 10 minutos. Quando acabar, todos estarão massageados e bem relax. Uma observação importante é que este tipo de técnica é mais indicado para grupos com certo grau de intimidade, ou seja, colegas que já trabalham há algum tempo juntos e que terão mais facilidade em tocar e ser tocados.
  • Reciclando emoções: nesta dinâmica é bem simples e fácil de fazer. Para isso, você vai precisar de papel em branco cortado em pequenas tiras, canetas e uma pequena lixeira. A ideia é que os participantes sejam convidados a pensar em 3 sentimentos negativos que estão sentindo naquele momento e escrevê-los individualmente num papel. Para cada sensação ruim, eles devem escolher e escrever 3 sentimentos positivos para substituir por aquilo que está estressando.  A ideia é que no dia a dia, a cada vez que o colaborador se deparar com emoções intrusivas, ele possa saber como as reciclar e as transformar em algo de construtivo e que motive seu trabalho e o bom desempenho.

Você já usou algumas dessas técnicas de relaxamento no seu local de trabalho? Se sim, escreva nos comentários!

Independentemente de qual técnica você usar, é importante que sempre pergunte o que acharam da dinâmica. O feedback é importante para que você mantenha ou alterne a ação.

O que o RH pode fazer

Além do cotidiano agitado do trabalho, o que acontece na vida pessoal também pode influenciar fortemente os níveis de estresse. A falta de exercícios físicos, trânsito pesado, muitas baldeações de transporte público e a pressão para conseguir pagar as contas no fim do mês são apenas alguns dos pontos que podem contribuir para que tudo transborde.

A área de recursos humanos (RH) pode ajudar criando:

  • Estabelecendo uma rotina de alongamento para todos cumprirem antes de começarem a trabalhar;
  • Determinando uma parceria de desconto entre uma academia próxima para que os colaboradores sejam incentivados a praticar atividades físicas;
  • Estimulando a práticas dos exercícios de relaxamento para que os líderes façam com os liderados.

Recomendação extra: faça coaching

O coaching é uma forma transformadora de mudar a vida das pessoas positivamente. Por meio de técnicas e ferramentas exclusivas, o método traz uma nova visão para o seu dia a dia, tanto do lado pessoal, quanto profissional. Ele pode ajudar em diversos aspectos, inclusive no relaxamento tão precioso para o cotidiano.

Você pode, por exemplo, estabelecer com o coach (treinador) que o objetivo é diminuir o nível de estresse do time. O profissional vai chegar à ferramenta ideal para alcançar essa meta e ajudar a todos a ficarem mais tranquilos para trabalharem. Com certeza, isso influencia nos índices positivos de clima organizacional e de qualidade de vida no trabalho.

O método oferece algumas alternativas específicas para empresas que desejam trabalhar o desenvolvimento de um profissional ou de um grupo. Juntamente com o coach, a organização pode chegar a opção ideal que abrange as necessidades de todos. As Soluções Corporativas podem ser traduzidas em palestras, workshops, Day Training com Coaching, Coaching Assessment DISC, Coaching Corporativo & Organizacional, Leader Coach Training (LCT), Formação de Coaches Internos, Avaliação 360°, Coaching em Vendas, Programa de Desenvolvimento de Liderança com Coaching e outras formas personalizadas.

Mais do que isso, com o tempo, você desenvolve ainda mais suas habilidades e competências que já estão em você, descobre novas e tem mais controle sobre seus pontos mais fracos. Isso só acontece por causa de exercícios super poderosos de autoconhecimento, autoestima e inteligência emocional.

Aproveite estas dicas e coloque-as em prática com sua equipe!

Compartilhe esse artigo com o seu líder ou gestor direto como sugestão para implementar o processo na empresa. Com certeza, isso demonstra proatividade da sua parte.

Até a próxima!

Copyright: Wakebreakmedia/Shutterstock

Deixe seu Comentário: