baixa-autoestima-problemas

Problemas Psicológicos Relacionadas à Baixa Autoestima

Por: José Roberto Marques | Blog | 08 de agosto de 2019

Ter autoestima é saber reconhecer o seu valor, se sentir digno da confiança e do amor das outras pessoas e, principalmente, se amar. Quando um indivíduo não consegue olhar para si mesmo com estima, tende a se sentir inseguro, inadequado, incompleto. Com isso, pode desenvolver outros tipos de problemas psicológicos, que comprometerão cada vez mais a sua felicidade e bem-estar. Continue acompanhando para entender mais a respeito e conferir ações que podem ajudar a vencer a baixa autoestima.

Você quer aprender a reconhecer sua verdadeira essência?
Acesse meu vídeo “A Roda da Vida”. Retome seu prazer em viver!

A Relação Entre os Problemas Psicológicos e a Baixa Autoestima

Quando uma pessoa não se ama e não se aceita como é, tende a se fechar em seu próprio universo, como uma forma de se proteger dos julgamentos e críticas, ou aceitar qualquer tipo de relação, por medo de não ser aceito por mais ninguém. Nos dois casos, os efeitos podem ser prejudiciais, porque pode acontecer uma situação de isolamento ou de dependência, levando ao desenvolvimento de certos tipos de problemas psicológicos, como depressão, transtorno de ansiedade, anorexia, bulimia, entre outros.

Depressão – Pode se tornar um resultado da baixa autoestima principalmente por conta da falta de autoconfiança. Então, o indivíduo se sente tão inseguro, que deixa de ir em busca de seus objetivos e se relacionar com as outras pessoas, pois se vê como indigno de amor e incapaz de realizar o que deseja.

Ansiedade – Pode se desencadear também através da insegurança e do medo em relação ao futuro. Assim, esse grande temor em relação ao que virá gera a ansiedade, impedindo que o indivíduo se concentre no momento presente e o viva em plenitude.

Bulimia e Anorexia – Nos casos em que a baixa autoestima está ligada diretamente a aspectos físicos, os problemas psicológicos relacionados são, principalmente, a bulimia e a anorexia. O indivíduo se olha no espelho e se sente inadequado, resumindo-se à aparência. Como forma de buscar o corpo ideal, coloca sua saúde em risco alimentando-se mal e recorrendo a métodos totalmente desaconselháveis e perigosos.

Dependência Emocional – Existem ainda as situações em que a baixa autoestima faz com que uma pessoa se submeta a relacionamentos abusivos, tornando-se dependente emocionalmente de um terceiro. Ela acredita que o outro está lhe fazendo um favor por permanecer ao seu lado, já que se sente completamente inferior, por isso, passa a aceitar tudo o que ele faz, mesmo que de alguma maneira saiba que aquilo não está certo.

Como se pode ver, são vários tipos de transtornos que podem surgir através da baixa autoestima. Por isso, é muito importante buscar fortalecer o seu relacionamento interno, se conhecer, se aceitar e se amar. Dessa maneira, estará se prevenindo contra esses problemas e certamente será muito mais feliz.

7 Atitudes Para Fortalecer a Autoestima e Evitar Problemas Psicológicos

Embora os problemas psicológicos possam também surgir como fruto de um desequilíbrio químico no cérebro, o fato de você buscar se amar e se aceitar certamente ajudará a preveni-los. As atitudes a seguir irão te ajudar nesse processo de conexão e reencontro com o seu eu interior, para que reconheça o ser extraordinário que é e se acolha com amor e cuidado.

1 – Use Sua Voz Interior Para Se Empoderar

Assim como a sua voz interior pode te colocar para baixo, é possível usá-la para se empoderar, se sentir digno e capaz de realizar o que desejar. Para isso, é necessário que comece a treiná-la, alterando o modo como ela se expressa. Então, se costuma alimentar pensamentos do tipo “tal realização está muito longe de mim, não sou capaz de alcançá-la”, prefira substituir por: “será desafiador, mas darei o meu melhor para conseguir”.

2 – Meça o Seu Progresso

Um dos grandes problemas de quem tem baixa autoestima é o fato de que costumam fazer muitas comparações entre o próprio desempenho com o de outras pessoas. Agindo assim, ignoram completamente o fato de que cada indivíduo tem a sua história, as suas batalhas e o seu tempo, e passam a se sentir cada vez mais inferiores. Portanto, evite fazer isso, prefira medir o seu progresso comparando-se consigo mesmo e reconhecendo sua evolução.

3 – Aprenda a Reconhecer o Seu Potencial Através do Esporte

A prática esportiva é uma excelente maneira de reconhecer o seu potencial e acompanhar a sua evolução. Além disso, manter o corpo em movimento também fará bem para a sua saúde como um todo, incluindo tanto o corpo quanto a mente. Escolha uma modalidade e permita-se começar, então verá o quanto poderá se desenvolver através do seu esforço e dedicação.

4 – Aceite Que Seres Humanos Erram

Muitas vezes, a baixa autoestima está relacionada ao perfeccionismo, ao desejo de não errar para não ser julgado. Então, o indivíduo passa a exigir de si mesmo uma perfeição inatingível, que o paralisa e o impede de agir por não ter as condições perfeitas para tal. Elimine isso da sua vida, aceite que erros fazem parte e dê o seu melhor, caso venha a falhar, aprenda com a situação e recomece.

5 – Mantenha o Foco nas Coisas Que Pode Mudar

Na vida, existem dois tipos de situação, aquelas que dependem de nossa atitude e outras que fogem do nosso controle. Saber separá-las permitirá que concentre as suas energias apenas nas coisas que realmente pode mudar, desapegando de tudo aquilo que não está ao seu alcance.

Você quer aprender a reconhecer sua verdadeira essência?
Acesse meu vídeo “A Roda da Vida”. Retome seu prazer em viver!

6 – Seja um Bom Amigo

Como é bom ter pessoas com quem contar, não é mesmo? Porém, você não precisa se submeter a qualquer coisa para ter com quem compartilhar momentos, basta que seja um bom amigo, um bom companheiro. Fazer bem para outras pessoas faz bem para você também, faz com que se sinta parte de um grupo e isso certamente irá ajudar a fortalecer a sua autoestima.

7 – Celebre as Pequenas Coisas

Por último, lembre-se de celebrar as pequenas coisas, de ser grato por ter conseguido chegar no horário para uma reunião, de ter preparado uma refeição deliciosa para o jantar, por ter amigos com quem conversar, porque um filme que deseja muito assistir irá passar no cinema. Afinal, são essas pequenas alegrias que compõem a maior parte da sua jornada, por isso, valorizá-las irá te proporcionar uma vida muito mais significativa e feliz.

Espero que as informações aqui compartilhadas tenham sido esclarecedoras e que tenham te ajudado a entender que você, tanto quanto qualquer outra pessoa em todo o universo, merece o seu amor e o carinho.

Copyright: 504503110 – https://www.shutterstock.com/pt/g/stock-asso

Deixe seu Comentário: