gentileza

Gentileza Gera Gentileza

Por: José Roberto Marques | Blog

Quando você vai a algum lugar e é tratado com gentileza por uma pessoa, qual é a sua reação? Acredito que a sua resposta seja agir da mesma maneira em relação a ela, acertei? Saiba que esse é o comportamento mais comum, porque o ser humano tem uma tendência natural de querer retribuir o bem que lhe é feito. E é partindo dessa ideia que surgiu uma expressão bastante conhecida que diz que gentileza gera gentileza, porque a forma com a qual tratamos os outros determina a maneira com a qual seremos tratados.

Gentileza Gera Gentileza e Mais uma Infinidade de Coisas Boas

Assim como ser gentil aumenta as chances de as pessoas agirem com gentileza em relação a você, o mesmo vale para outros tipos de atitudes, como ajudar, incentivar, dar apoio. Quanto mais agir de maneira positiva em relação aos outros, mais propenso estará a receber coisas boas, tanto como forma de gratidão, quanto do universo, que devolve as energias que você envia a ele com vibrações na mesma frequência.

Além de tudo isso, ser gentil e bom com os outros é algo extremamente recompensador, que faz bem para a alma e o coração. É perceptível o quanto alguém se sente bem ao ser tratado com delicadeza e respeito. Comece a se atentar para a reação de um amigo, familiar ou mesmo um profissional que está te atendendo, e verá o quanto é bom saber que está contribuindo para tornar o dia daquela pessoa melhor.

Quer descobrir como você pode desenvolver suas habilidades?
Clique aqui e Mergulhe no maravilhoso
“Mundo do Coaching”!

Atitudes Para Gerar Gentileza e Atrair Energia Positiva

Depois de saber mais a respeito de forma com a qual a expressão gentileza gera gentileza acontece na prática, veja que atitudes deve ter para fazer parte dessa corrente positiva. Passe esse comportamento adiante e contribua com a construção de um mundo melhor.

1 – Seja Gentil Dentro de Casa

Quando se fala em gentileza, é comum que muitos logo associem à forma com a qual devemos tratar as pessoas na rua. Apesar de essa ser uma parte importante de um comportamento gentil, é necessário lembrar que o mesmo também vale para o relacionamento com pessoas próximas, como amigos e familiares.

Elogiar, dizer por favor e obrigada são atitudes que também devem ser adotadas dentro de casa. Então, que tal elogiar o almoço delicioso que o seu cônjuge preparou? Ou agradecer por ele ter cuidado de você enquanto esteve doente? Ser gentil é, acima de tudo, valorizar os pequenos gestos e ser grato por eles.

2 – Respeite o Espaço do Outro

Gentileza e respeito andam juntos, portanto, é importante que se atente para respeitar o espaço do outro. Essa atitude pode ser praticada através de uma consideração ao evitar colocar música em um volume muito alto para não incomodar seus vizinhos, um cuidado para não estacionar em uma vaga para deficientes, não furar filas, ceder o lugar no transporte público para um idoso, entre outras maneiras.

Respeitar o espaço do outro é um ato de cidadania, é agir considerando a forma que gostaria que agissem em relação a você. Faça isso porque acredita que é o melhor e evite depender das ações de terceiros para só então retribuir. Lembre-se que a corrente de gentileza precisa começar por alguém, então dê o primeiro passo.

3 – Escute as Pessoas Com Atenção

Já aconteceu de você estar contando algo para uma pessoa e perceber que ela não está dando a mínima atenção? Se sim, provavelmente sentiu o quanto isso é ruim e frustrante. Saiba que ouvir o outro também é um gesto de gentileza e demonstra que tem consideração por ele e interesse pelo que está falando.

Você é feliz?

Dessa maneira, sempre que estiver conversando com alguém, procure se concentrar naquele momento, deixando o celular de lado e se desapegando das coisas ao redor. Assim, além de ser gentil, estará se permitindo realmente compreender o que o interlocutor diz, o que irá promover o entendimento e criar uma conexão poderosa entre vocês.

4 – Tenha Empatia Pelo Próximo

A empatia é um termômetro fantástico de gentileza, pois consiste em se colocar no lugar do outro para tentar imaginar como ele se sente. Ser empático faz com que seja, também, mais paciente, mais tolerante e justo, pois impede que veja a outra pessoa como inferior e os coloca como iguais.

Faça isso sempre, colocando-se no lugar de um familiar que lhe fez um favor ou de um profissional que está te atendendo e é novo naquele trabalho. Assim, irá logo pensar na forma como gostaria de ser tratado e, provavelmente, irá retribuir a ajuda do seu ente querido e ser paciente com a pessoa que está em seu novo emprego.

5 – Exercite a Paciência e a Tolerância

Por falar em paciência e tolerância, de 0 a 10, qual é o nível dessas virtudes em seu comportamento? Saiba que sempre é tempo de fazer uma autoanálise e melhorar as suas atitudes, afinal ser paciente e tolerante é um exercício diário que deve ser praticado sempre, para que se torne algo cada vez mais natural.

Antes de se estressar com alguma pessoa ou situação, respire, pense se realmente há motivos para isso e coloque-se no lugar do outro. Essa reflexão irá permitir que tenha mais tempo para definir como agir e evite entrar em atritos ou ser grosseiro. Lembre-se que amanhã pode ser você precisando da paciência e da tolerância de alguém.

6 – Peças Desculpas Quando Errar

Ser gentil não é sinônimo de ser perfeito, afinal seres humanos erram, pois isso faz parte do processo natural de desenvolvimento. A diferença está na forma como a qual um indivíduo gentil age perante um erro que comete, que é pedindo desculpas e mostrando o seu desejo de consertar aquilo de alguma maneira.

Portanto, sempre que perceber que uma atitude sua não foi positiva e que prejudicou ou magoou alguém, peça desculpas e demonstre o seu arrependimento. Mesmo que essa pessoa não aceite o seu pedido de imediato, você fez a sua parte e, com o tempo, ela irá entender que as suas intenções eram positivas.

Para ser feliz é preciso viver por um propósito maior.
Quer descobrir qual o seu nível de felicidade?
Faça o nosso teste!

7 – Demonstre Interesse Pelas Pessoas

Quando foi a última vez que perguntou sobre a vida dos seus familiares e amigos? Mas digo perguntar mesmo, com a real intenção de saber detalhes sobre eles e não apenas como parte de um diálogo automático com respostas curtas. Se não se lembra quando foi a última vez que fez isso, desapegue-se do passado e comece a fazer isso agora, demonstrando interesse pelos sentimentos, carreira e a vida daqueles que ama. Esse é um gesto de gentileza que estreita os laços e aquece o coração.

Coloque cada uma dessas dicas em prática e veja o poder que um gesto de gentileza tem. Aproveite para inspirar mais pessoas a serem gentis umas com as outras compartilhando este artigo em suas redes sociais. E, claro, receba a minha gratidão pela visita em meu blog, pois é uma honra ter você por aqui.

 

Copyright: 512018572 – https://www.shutterstock.com/pt/g/purino

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: