metodologia-Scrum-dicas

Como Funciona a Metodologia Scrum

Por: José Roberto Marques | Blog | 26 de agosto de 2019

Se você está no mercado há alguns anos, é provável que já tenha percebido que cada gestor ou líder possui diferentes métodos de trabalho. É possível entender isso por experiência própria ou conversando com colegas de outras áreas ou empresas. Em muitos ambientes profissionais, a metodologia scrum é usada no dia a dia para trazer agilidade e produtividade sem que a qualidade se perca no meio do caminho. Quer entender mais sobre o assunto? É só continuar lendo este artigo!

Aplique o Coaching em sua empresa e conquiste resultados extraordinários!
Descubra mais sobre como isso é possível no ebook “Tudo Sobre Coaching”!

O que é a metodologia scrum e quais são os principais papéis

A metodologia scrum é um método usado para fazer a organização, planejamento e o gerenciamento de projetos, inicialmente, relacionados à criação de softwares. Porém, hoje em dia, é possível que você encontre equipes que apliquem a estratégia em diversos tipos de projeto.

Ao aplicar a metodologia scrum, você e seu time irão atuar com um balizadores de todas as ações dos participantes, direcionando o trabalho, as atividades diárias e a execução assertiva das tarefas. As atividades são divididas em sprints, ou seja, em etapas específicas que se referem ao conjunto de ações que deverão ser realizadas.

Para que todo o processo funcione corretamente, existem 3 papéis importantes: Product Owner, Scrum Team e Scrum Master. Calma, que vou te explicar melhor o que cada uma das funções faz na metodologia scrum. Confira:

Product Owner: em tradução livre, o termo Product Owner significa “dono(a) do produto”. Na prática, este profissional é responsável por definir as características do produto. Com muito estudo e análise, este profissional determina o que entra e o que sai do projeto, as datas de entregas de cada atividade, gerencia a parte financeira e coordena a comunicação entre os colaboradores envolvidos. Além disso, o Product Owner também estabelece a data de entrada do produto no mercado, bem como suas expectativas em relação aos resultados, baseando-se nas metas e no andamento do projeto, investimento em divulgação e objetivos gerais da empresa.  

Scrum Team: este profissional responde para o Product Owner e deve formar as equipes e os itens que serão desenvolvidos em cada sprint do projeto. Esse colaborador deve ter um pensamento muito ágil e estratégico para fazer uma engenharia de valor adequada, optando pelas atividades mais importantes primeiro e assim por diante. Assim como ter as pessoas certas para fazer as tarefas. Com um planejamento muito bem elaborado é mais provável que as entregas sejam feitas com qualidade necessária e no prazo correto. 

Scrum Master: este profissional é uma espécie de gerenciador das pessoas, cuidando para que o grupo faça seu trabalho de modo correto, evitando interferências externas, blindando as pessoas e garantindo as condições adequadas para fazerem suas tarefas com qualidade. Por ser um trabalho em que as pessoas podem estar sofrendo pressão para realizar as entregas, é possível que exista estresse e clima ruim em alguns momentos. E aí que o Scrum Master deve estar atento para, mais do que simplesmente fazer atividades, os envolvidos devem estar convivendo em um ambiente harmonioso e adequados à cultura organizacional da empresa. 

Agora, que você já conhece os principais papéis da metodologia scrum é hora de se aprofundar no que acontece no dia a dia. Assim, você entende direitinho como o procedimento funciona e, quem sabe até decide aplicar isso no seu local de trabalho. 

Aplique o Coaching em sua empresa e conquiste resultados extraordinários!
Descubra mais sobre como isso é possível no ebook “Tudo Sobre Coaching”!

Conheça como funciona o processo 

Pode parecer complexo, mas a metodologia scrum tem todos esses papéis para deixar o processo mais ágil. Agora, vou te mostrar como ele funciona na prática. Ou seja, quais são as etapas que compõem o dia a dia e quais são os principais termos usados pelos participantes. Acompanhe:

Sprint Planning Meeting: reunião de trabalho para planejamento, em que é feita toda organização de cada sprint. Na maior parte dos casos, essas reuniões são rápidas e objetivas. 

Product Sprint Backlog: isso é um documento em que estão todas as tarefas que devem ser realizadas durante o projeto. Ainda sem um cálculo de engenharia de valor, elas ficam lá para que os envolvidos não se esqueçam do que deve ser feito. Assim, o Project Owner e o Scrum Team devem decidir o que deve ou não ser feito, dependendo da importância e necessidade. Então, basicamente no product sprint backlog estão as funcionalidades que serão implementadas em cada etapa do projeto e que são definidas nas reuniões. Ao fazer esta determinação, as funções são realocadas do product backlog para o sprint backlog, que é o espaço em que serão realizadas naquele momento e se transformarão num produto.

Kanban: quadro de trabalho que lista e organiza todas as atividades a serem desenvolvidas pela equipe de profissionais. Estas por sua vez são divididas em quatro estágios chamados de “a fazer” ou “to do”, “fazendo” ou “doing”, “em testes” ou “testing” e, finalmente, “concluído” ou “done”.

Sprint Retrospective: uma espécie de recapitulação do projeto que visa identificar o que os pontos fortes, o que avançou e quais são os pontos de melhoria, ou seja, aqueles em que o projeto emperrou e precisa evoluir.

Daily Scrum: reunião rápida de alinhamento diário com duração de 15 minutos, para o grupo verificar o que cada um fez no dia anterior, o que fará no dia atual e se há algum empecilho impedindo a execução do trabalho. Geralmente, essas reuniões são feitas de pé para que todos sejam bem objetivos em relação ao tema. 

Sprint Review Meeting: reunião ao final de cada sprint, para avaliar os progressos de cada etapa.

Burndown: gráfico que lista todas as atividades que não precisam de um dia para ser totalmente realizadas, listando o número de tarefas e a complexidade de cada uma.

 

Gostou de conhecer mais sobre a metodologia scrum? É muito interessante como ela traz agilidade, praticidade e estratégia ao dia a dia de uma empresa e de um projeto. Neste organizado processo de desenvolvimento de projetos, o coaching pode ser um poderoso apoio ao Project Owner no que tange à gestão de pessoas, ajudando a fazer um gerenciamento mais efetivo dos profissionais, apoiando em seu foco, motivação, engajamento e na manutenção de sua produtividade.

 

Compartilhe esse texto com os seus colegas de trabalho para ver o que eles acham da metodologia scrum!

 

Copyright:  Karashaev/Shutterstock

Deixe seu Comentário: