Voltar

A Importância do Sentimento de Aceitação

Publicado em | 0 comentários

 

Antonio Guillem/Shutterstock Aceitar não apaga a dor, mas nos ajuda a conviver com o acontecimento e seguir em frente

Senhor, dai-me força para mudar o que pode ser mudado… Resignação para aceitar o que não pode ser mudado… E sabedoria para distinguir uma coisa da outra”. Esta frase, atribuída a São Francisco de Assis, nos dá a perfeita noção do quão importante é compreender e aceitar aquilo que não mais pode ser modificado.

O sentimento de aceitação, por vezes, pode ser confundido com uma espécie de conformismo. Entretanto, em muitos momentos, é ele o único que nos preserva de sofrimentos maiores e de seguirmos acreditando em ilusões.

Perder alguém que amamos não é fácil, porém, para continuarmos vivendo, precisamos aceitar que as mudanças e as perdas que sofremos, ao longo da vida, são inevitáveis. Isso também se aplica quando saímos de um trabalho ou de um relacionamento que não nos trazem mais nenhum tipo de felicidade.

 Negação x Aceitação

Quando algo ruim nos acontece, naturalmente, num primeiro momento, vem o sentimento de negação. Isso ocorre porque, logicamente, não queríamos que isso tivesse ocorrido. O problema é que, na maioria dos casos, o que houve não poderá mais ser mudado (perdas de pessoas queridas, demissões, traições, derrotas e separações).

Aceitar é compreender o que foi de bom e deixar que algo novo aconteça. Aceitar é permitir-se conviver com sua tristeza, mas sem deixar que ela se torne a única presença. Aceitar é abrir um novo ciclo e deixar que apenas os aprendizados fiquem!

Deste modo, quanto mais cedo aceitarmos a situação, mais chances nós teremos de reagir a estes fatos e continuar. Pode ser que, neste estágio, ainda não enxerguemos nada de positivo ou razões para acreditar que as coisas podem ser diferentes. Mas acredite – podem sim!

Negar pode trazer algum conforto momentâneo, mas na realidade, não muda o fato em si. Por isso, use estas experiências para conquistar seu amadurecimento pessoal, espiritual e profissional e tente extrair de cada uma delas, aprendizados que lhe permitam ser uma pessoa ainda melhor.

Não alimente revoltas ou sentimentos negativos. Em sua carreira, torne-se o melhor profissional que você pode ser, corrija os erros que levaram a fracassar, assuma uma postura otimista, produtiva e programe-se para o sucesso.

Do mesmo modo, em sua vida pessoal, busque tornar-se um ser humano mais amoroso, compreensivo e menos julgador. E dedique-se também a usar o seu tempo para aprender a amar ainda mais a si mesmo e ao seu próximo. Permita-se!

Gostou? Curta, comente e compartilhe!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!