pessoas-solitarias

Pessoas Solitárias São Realmente Infelizes?

Por: José Roberto Marques | Blog | 23 de agosto de 2019

A sociedade, de uma forma geral, costuma classificar indivíduos que moram sozinhos, não têm filhos ou um relacionamento amoroso como pessoas solitárias e infelizes. E a verdade é que esse é um pensamento que limita, pois há quem viva assim por opção, por gostar de estar na própria companhia, e isso não precisa ser sinônimo de estar sozinho todo o tempo e não ter amigos e familiares com quem contar. Continue acompanhando para entender melhor o conceito de estar só e conhecer as duas faces dessa moeda.

Conheça a si mesmo, verdadeiramente e na essência com ajuda do Coaching!
Acesse a “Roda da Vida”, uma poderosa ferramenta de autoconhecimento!

Pessoas Solitárias e a Escolha Pela Liberdade

No Brasil, costumamos ver menos pessoas fazendo programas de lazer sozinhas, como ir a um restaurante ou ao cinema, por exemplo. E o que explica isso é a imagem que temos de que pessoas que estão sozinhas são tristes e que vivem assim por falta de opção. É preciso quebrar esse estereótipo, porque estar só pode, sim, ser prazeroso e, inclusive, apreciar a própria companhia é muito saudável do ponto de vista do equilíbrio emocional.

O que irá definir se uma pessoa que passa mais tempo sozinha está feliz ou infeliz é como ela se sente. Se ela optou por morar só porque se sente livre e bem assim, ótimo. Caso não tenha sido exatamente uma opção, ainda assim é possível que essa fase seja vivida com alegria e serenidade. O mesmo vale para outros tipos de atividades que, embora sejam realizadas pela maioria das pessoas com uma companhia, também podem ser muito agradáveis quando vividas por um único alguém.

Existe uma frase de um autor desconhecido que diz: “Você chega em casa, faz um café, senta na sua poltrona preferida e não tem ninguém. Você decide se isso é solidão ou liberdade”. Já parou para pensar nisso? No fim das contas, a solidão ou a liberdade são escolhas que se faz. Por isso, não dá para definir se uma pessoa que aparenta estar solitária está infeliz, porque apenas ela mesma pode sentir e afirmar isso.

É Preciso Falar Sobre as Pessoas Solitárias de Alma

Quando se trata de solidão, logo imaginamos alguém como citei anteriormente, em uma mesa do restaurante ou no cinema sem uma companhia. Contudo, é preciso falar sobre uma situação um tanto quanto comum, que é a solidão da alma, o chamado “sentir-se só mesmo em meio à multidão”. Isso pode acontecer com pessoas casadas, que têm famílias grandes, que estão sempre rodeadas de amigos, porque o vazio está dentro delas, por vários motivos diferentes.

O primeiro deles ocorre quando não há uma conexão com as pessoas ao redor, os interesses são diferentes e, apesar da proximidade física, existe um distanciamento emocional. O segundo motivo diz respeito à desconexão do indivíduo com a sua própria essência, pela falta de autoconhecimento, de diálogo interno. A boa notícia é que os dois casos podem ser solucionados, através do diálogo, da reconexão com o outro e consigo mesmo, do acolhimento.

Se você está se sentindo assim, sozinho mesmo com várias pessoas ao seu redor, busque ajuda. Caso note esse comportamento distante em alguém próximo, vá até ele, converse, ofereça apoio. Afinal de contas, esses laços são importantes para todos, eles representam o sentimento de pertencer, que é fundamental para que ninguém se sinta solitário, mesmo quando estiver sem uma presença física ao lado.

5 Dicas Para Pessoas Solitárias Aprenderem a Apreciar a Própria Companhia

Como se pode ver, cabe a cada um identificar como se sente ao estar só e escolher apreciar a própria companhia. As dicas a seguir serão bastante úteis durante esse processo de conexão interna e transformação da ideia de solidão em solitude, que é um conceito que visa expressar o lado bom de se estar sozinho.

1 – Encontrar Coisas Que Goste de Fazer Sozinho

Existe uma infinidade de atividades extremamente agradáveis que podem ser realizadas sem companhia. Alguns exemplos incluem: ler, assistir filmes e séries, sair para dar uma volta em um parque ou pela cidade, navegar na internet, cuidar de si. São muitas as opções e cabe a cada um se conhecer para identificar as coisas que mais gosta. Assim, irá fortalecer a sua conexão interna e apreciar cada vez mais a própria companhia.

2 – Considerar o Lado Bom de Estar Só

Se, sempre que for fazer algo sozinho, pensar que aquela experiência seria mais agradável se tivesse alguém ao seu lado, acabará pensando sempre assim e deixará de desfrutar de muitas coisas boas. Dessa maneira, procure olhar para o outro lado, valorizando, por exemplo, a liberdade de escolher o sabor da pizza que irá pedir, o gênero do filme que irá assistir, o destino da sua próxima viagem de férias e assim por diante.

Conheça a si mesmo, verdadeiramente e na essência com ajuda do Coaching!
Acesse a “Roda da Vida”, uma poderosa ferramenta de autoconhecimento!

3 – Entender Que a Vida Não Se Resume a um Único Momento

A vida é feita de uma grande sequência de momentos, que são únicos. Tenha isso em mente e sempre irá se lembrar que nada é definitivo. O fato de estar só, hoje, em sua casa, não significa que seja uma pessoa totalmente sozinha, que não tem amigos e familiares. Parece óbvio, mas o pensamento de que certas circunstâncias são definitivas é bastante comum e pode parecer assustador em alguns casos.

4 – Estar Com Pessoas Especiais Sempre Que Possível

Uma atitude bastante importante envolve fortalecer os laços que possui com os seus entes queridos, passando tempo de qualidade com eles. E isso vale mesmo se morar com os seus familiares, pois, com a correria do dia a dia, é fácil perder a mão e trocar apenas poucas palavras, sem se conectar verdadeiramente. Então, lembre-se sempre disso, pois essas conexões também ajudam a afastar o sentimento de solidão, mesmo que esteja fisicamente só em determinados momentos.

5 – Buscar Companhia Quando Sentir Que Deseja

Caso esteja em um momento em que sentir que precisa de companhia, fale com um amigo ou um familiar. Se mora só, por exemplo, vá até a casa de alguém ou, se não for possível, utilize a tecnologia a seu favor, fazendo uma ligação, uma chamada de vídeo, enviando uma mensagem. Reconhecer que está se sentindo só e que deseja uma companhia é uma atitude saudável e nada tem a ver com parecer fraco. Portanto, não tenha vergonha, porque um dia serão os seus amigos e familiares que precisarão da sua companhia.

Você já havia parado para pensar a respeito do real sentimento por trás das pessoas solitárias? Aproveite para deixar o seu comentário abaixo, compartilhando a sua opinião!

Copyright:  771308572 – https://www.shutterstock.com/pt/g/silverkblack

Deixe seu Comentário: