perguntas-conhecer-uma-pessoa

Perguntas Para Conhecer uma Pessoa – Quais Devo Fazer?

Por: José Roberto Marques | Blog | 26 de julho de 2018

 

Quando se encontra uma pessoa pela primeira vez, é natural ter curiosidade sobre ela, sua vida, opiniões e sobre diversos outros assuntos. O que faz? Quais são os objetivos de vida? Como é a carreira? Esta etapa – a de conhecer – para muitas pessoas é um verdadeiro desafio,seja pela timidez ou até mesmo por não saber quais perguntas podem ser feitas ou por não saber qual é a melhor ocasião para iniciar um diálogo. Neste sentido, quero que você saiba, querida pessoa, que existem algumas perguntas interessantes que podem te ajudar a conhecer uma pessoa com mais profundidade. É importante destacar que nada substitui o convívio, contudo, fazer perguntas é uma forma de obter informações diversas sobre seu interlocutor e tornar a conversa mais interessante e agradável. Mas, quais perguntas podem te ajudar a conhecer uma pessoa? Para te ajudar neste processo, preparei uma lista com sugestões de perguntas para conhecer uma pessoa sob os mais diversos aspectos.

Sugestões de Perguntas Para Conhecer uma Pessoa

Uma das perguntas mais utilizadas nesta etapa é “O que você faz?”. É uma pergunta bastante clichê, mas que não traz informações importantes. Ao ouvir esta pergunta, o que o interlocutor irá responder é a profissão e o local em que trabalha. E sabemos que as pessoas são mais que as suas profissões, não é mesmo? O ideal é começar o diálogo com perguntas poderosas, pois, quanto mais ela falar, mais oportunidades você terá para conhecê-la melhor. Confira a lista preparada com muito carinho para você!

1 – Qual é a sua maior paixão?

Com essa pergunta simples e poderosa, você dará a oportunidade para que a pessoa fale daquilo que mais gosta de uma forma geral – que pode ser sua profissão, um hobby, família ou outra atividade. Questionar qual é a maior paixão da pessoa que se quer conhecer é algo muito mais interessante e amplo do que perguntar apenas o nome da empresa em que ela trabalha. Além disso, esta pergunta mostra para o outro o quão interessado você está em conhecê-la.

2 – Qual é o seu maior sonho?

Esta pergunta é importante para saber se você está diante de uma pessoa sonhadora ou não. A resposta dada a esta pergunta mostrará se a pessoa possui metas audaciosas ou mais modestas, além de mostrar o que esta pessoa tem feito para tornar os seus maiores sonhos em realidade e se ela está feliz com o que ela já conquistou. Perguntar qual é o maior sonho do outro é uma boa forma de saber o quão sonhadora esta pessoa pode ser.

3 – Qual é o seu livro ou filme preferido e o que nele mais chamou a sua atenção?

Conhecer as preferências de alguém em relação ao cinema e literatura é uma grande oportunidade para saber se a pessoa que se quer conhecer é do tipo que prefere obras mais profundas e quais são estilos literários que mais lhe apetecem, quais as reflexões que estas obras lhe suscitam. Esta pergunta também serve para ver se a pessoa prefere estilos literários ou cinematográficos que sejam mais leves e divertidos, ideais para quem deseja apenas ver filmes e ler livros para se distrair ou passar o tempo. Além de ser importante para conhecer o outro, saber estas preferências é importante, por exemplo, para fazer convites para mostras de cinemas ou de literatura que acontecem pelo país em oportunidades futuras.

4 – Qual foi o acontecimento da sua vida que mais te marcou?

Esta é uma pergunta bastante ampla e que dá a possibilidade para o seu interlocutor contar sobre algo que tenha causado um impacto forte em sua vida, que pode ser positivo ou negativo. Antes de fazê-la, porém, tenha a sensibilidade para avaliar se é ou não o momento certo para isso. Se a pessoa demonstrar que prefere não tocar nesse assunto, respeite, pois é sinal de que se trata de algo ainda não superado. Caso a pessoa deseje falar a respeito, ouça na essência e com atenção. Atenção para o modo como você expressa o seu interesse por esta questão. Demonstre curiosidade sem parecer invasivo ou indiscreto.

5 – Você se considera uma pessoa feliz?

Cada um tem um conceito bastante particular sobre o que é a felicidade. Enquanto uns acreditam que a felicidade seja viver cada momento com saúde e alegria, outros acham que a felicidade está na conquista de bens, na ascensão profissional e financeira, em relações amorosas e até em um casamento. Assim como a pergunta anterior, esta também é uma questão muito pessoal, faça apenas se houver uma abertura para isso. Afinal, a pessoa pode estar em um momento delicado e tal pergunta pode transformar um papo agradável e promissor em algo negativo e bastante desagradável. E não é esta a intenção, não é mesmo, querida pessoa?

6 – Qual era a sua profissão dos sonhos na infância?

Toda criança costuma afirmar qual será a profissão que irá seguir quando se tornar adulta e algumas realmente cumprem essa inocente promessa. É interessante saber o quanto a opinião de alguém muda no decorrer da vida. Além disso, essa pergunta poderá dar início a uma série de assuntos voltados para a vida profissional e  pessoal de uma forma geral. Esta pergunta também é uma boa forma de conhecer um pouco mais sobre a infância da pessoa e o quanto desta infância ainda vive em seu interlocutor.

7 – Quando está sozinho (a) em casa sente liberdade ou solidão?

Esta pergunta é importante para entender como estão os sentimentos e emoções do outro. A resposta para essa pergunta mostrará se a pessoa está com os seus sentimentos em equilíbrio e se possui algum tipo de carência emocional.

8 – Se encontrasse uma mala de dinheiro em um local abandonado, entregaria para a polícia ou acredita no ditado – achado não é roubado?

Faça esta pergunta quando estiver com interesse em saber mais sobre a índole da pessoa. Vale ressaltar que tal questionamento permitirá que você conheça tenha uma ideia dos valores que esta pessoa possui, ainda que superficialmente, já que estas questões só podem ser comprovadas através de atitudes. Contudo, saber o que ela pensa sobre esse assunto pode ser interessante para tirar suas conclusões.

9 – Você prefere o dia ou a noite?

Muitos indivíduos se sentem mais ativos e mais dispostos em um período do dia. Aqueles que preferem a noite, por exemplo, costumam ter grande dificuldade para acordar cedo e já preferem atividades noturnas. Enquanto isso, as pessoas diurnas não conseguem ser produtivos depois que o sol se põe e são pessoas mais animadas pela manhã – mesmo quando acordam cedo.

10 – Se você pudesse ter uma conversa com qualquer pessoa, incluindo aquelas já falecidas, quem seria?

Através da resposta para essa pergunta você saberá se ela tem alguém muito especial que já se foi e o significado que esta relação possui. Esta pergunta é importante também para saber se tem algum ídolo ou alguém que considera muito importante.

11 – Se soubesse que tem apenas mais um dia de vida, o que faria?

Essa pergunta é bastante ampla e permite que descubra se a pessoa é do tipo – mais intensa, que quer aproveitar até seus últimos minutos, ou mais serena, que esperaria o fim de forma tranquila. Importante destacar aqui que esta pergunta pode causar um certo incômodo já que ela remete a finitude da vida – assunto por vezes delicado. Faça esta pergunta somente se ver que ela não causará desconfortos ao outro.

12 – Como escolheu a sua profissão? Se pudesse voltar no tempo acredita que faria a mesma escolha?

Esta pergunta poderosa pois ela permite saber se um indivíduo está satisfeito profissionalmente e isso pode dizer muito sobre ele.Ao perguntar sobre a escolha da profissão será possível identificar se a pessoa é feliz com o que faz. Se estiver insatisfeita com a profissão que exerce, você perceberá se está diante de alguém que se acomodou com a própria carreira ou se é alguém que tem buscado formas de mudar.

13 – Quais são as suas maiores qualidades?

Falar sobre as próprias qualidades nem sempre é algo fácil, especialmente quando a autoestima não está bem. Ao fazer esta pergunta, você saberá como anda a autoestima dessa pessoa e ver como ela se vê. Outra coisa importante é que esta pergunta te ajudará a perceber se esta pessoa possui alguma insegurança com relação a si mesma ou se ela precisa passar por algum processo de autoconhecimento.

14 – Quais são os pontos da sua personalidade que você acredita que precisem ser melhorados?

Você deve estar se perguntando: “Zé, porque você não usou a palavra defeito?”. Eu te digo, querida pessoa. Esta pergunta tocará numa questão importante e que pode causar um certo constrangimento. A palavra “defeito” pode levar a conversa para um lado negativo – e esse não é o objetivo. Todos nós temos pontos em nossa personalidade que precisam ser melhorados. Ao usar este termo, você mostrará ao seu interlocutor que entende isso e encara tais pontos de melhoria com naturalidade.  Afinal, não somos pessoas defeituosas, ou seja, tudo em nós pode ser aperfeiçoado, evoluído e transformado. Isso garantirá que a conversa siga de maneira agradável, segura e tranquila.

15 – Para você, o que é o sucesso?

Assim como a felicidade, o conceito de sucesso é bastante subjetivo. Se para muitos, ser bem-sucedido significa ter um cargo alto em uma empresa, ter muito dinheiro, para outros é ser feliz e fazer o que se gosta. Saber a opinião da pessoa irá te dar uma ótima oportunidade para conhecê-la melhor nesse aspecto e até saber se ela se considera ou não uma pessoa de sucesso em algum campo da vida.

Dicas Para Deixar a Conversa Interessante

A principal dica para deixar a conversa interessante é saber a hora certa de fazer as perguntas que listei acima e utilizá-las com moderação. Em uma  relação interpessoal é importante salientar que não devemos assumir a postura de entrevistadores e enchê-la de perguntas tão pessoais sem o seu consentimento, principalmente quando estamos na etapa de conhecer o outro.  É preciso respeitar os limites do outro, esperar o momento certo e, paulatinamente construir um ambiente seguro e agradável para conversar.

Uma outra dica importante para que a conversa fique interessante é evitar fazer uma pergunta atrás da outra. Se fizer uma pergunta seguida da outra, o papo ficará cansativo e se parecerá mais com um interrogatório do que com uma conversa amigável. Então, o ideal é deixar o assunto fluir e utilizá-las conforme achar que cabe na situação. Leve em consideração a intenção que você tem com esse diálogo: se é uma nova amizade, alguém em que tem interesse amoroso ou até mesmo um candidato a uma vaga para trabalhar na sua empresa.

Outra dica que quero compartilhar com você, querida pessoa é sobre o ambiente em que você pretende ter esse diálogo com a pessoa que se quer conhecer. Com base nos seus objetivos e intenções, procure um local que seja apropriado para tal. A escolha de um ambiente propício e compatível com a ocasião contribuirá para que o seu interlocutor fique mais confortável e se sinta seguro para falar sobre os mais variados assuntos.  

Conversar é sempre muito positivo, seja de forma despretensiosa ou com algum objetivo em especial. Além de oferecer a possibilidade de saber mais a respeito de outra pessoa, é uma ótima oportunidade para que você se conheça melhor e mostre um pouco da sua forma de ver o mundo, seus desejos, opiniões, sonhos e personalidade. Então, saiba aproveitar esses momentos com perguntas interessantes e crie um papo sempre agradável.

Espero que este conteúdo contribua positivamente para que você tenha conversas agradáveis e interessantes, querida pessoa. Se você tiver alguma dica e quiser compartilhar, utilize o espaço abaixo. Me conte: em quais situações você acredita que estas dicas poderão te ajudar de maneira poderosa e eficaz? Se você acredita que este conteúdo poderá ajudar outras pessoas a ter diálogos interessantes, curta e compartilhe em suas redes sociais.

 

Copyright: 589360823 – https://www.shutterstock.com/pt/g/mnemosyne

Deixe seu Comentário: