palavra-Deus

Palavra de Deus

Por: Equipe JRM | Blog | 06 de janeiro de 2020

Texto por – José Roberto Marques e Pe. Jovandir Batista 

No princípio, Deus criou o céu e a terra. A terra estava deserta e vazia, as trevas cobriam o abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as águas. Deus disse: “Faça-se a luz”! e a luz se fez. Deus viu que a luz era boa (Gn 1,1-4a).

No princípio era a Palavra, e a Palavra estava junto de Deus, e a Palavra era Deus. Ela existia, no princípio, junto de Deus. Tudo foi feito por meio dela, e sem ela nada foi feito de tudo o que existe. Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens (Jo 1,1-4).

Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, e luz para o meu caminho (Sl 119,105).

Pois a Palavra de Deus é viva, eficaz e mais penetrante que qualquer espada de dois gumes; penetra até dividir alma e espírito, articulações e medulas. Julga os pensamentos e as intenções do coração (Hb 4,12).

Tais citações deixam claro o que é e a partir de quando vem a Palavra de Deus. A Palavra de Deus é o próprio Deus e ela vem anterior a tudo que existe, portanto, anterior ao Jardim do Éden, ao mundo.

Com isto, quero aqui trazer um posicionamento que já deveria ser considerado óbvio para todas as pessoas, sobretudo às que participam das religiões cristãs. A Sagrada Escritura é a Palavra de Deus? Quando falamos em Sagrada Escritura, entendendo que temos três grandes religiões no mundo, Judaísmo, Cristianismo e Islamismo, e que temos,para cada religião, a escritura que lhe é própria: Torá, Bíblia e Alcorão.

Para facilitar o entendimento, vamos nos restringir à Bíblia, que é a Sagrada Escritura da religião cristã. E digo logo de início que, na Bíblia, está a Palavra de Deus, mas ela em si, com todos os seus 72 livros, não é a Palavra de Deus. 

Entendamos bem: na Bíblia está a Palavra de Deus, assim como essa Palavra está em você, está em mim, está numa floresta que encanta os nossos olhos, numa família que nos entusiasma, numa obra de caridade, e assim por diante. Tudo que há no mundo pode — veja bem, “pode”, não quer dizer que é ser instrumento de transmissão da Palavra de Deus.

Quando algo no mundo não é instrumento da Palavra de Deus? Quando tal instrumento deixa de ser fiel a Deus e passa a ser fiel a outra coisa qualquer, tornando, daí, instrumento do Diabo, algo demoníaco, voltado para o mal. A Palavra de Deus não se faz no mal.

Talvez você pergunte: “Jesus é a Palavra de Deus?” E eu respondo com toda a firmeza: Jesus é a Palavra de Deus. E aí talvez você fique confuso: “Mas Jesus não é filho?” Sim, ele é filho participante da Santíssima Trindade, que é Deus. Na Santíssima Trindade, Jesus é o Redentor. Jesus não é simplesmente o filho de Maria e José, como você e eu somos

Você é feliz?

filhos de nossos pais, ele é a segunda pessoa da Santíssima Trindade, portanto, ele é Palavra de Deus, e não simplesmente instrumento. Você e eu somos instrumentos da Palavra de Deus.

Aprofundemos um pouco mais.

Estamos entendidos, então, que a Palavra de Deus é anteriora a toda a natureza, a toda e qualquer criatura de Deus. A Bíblia começou a ser escrita por volta do ano 450 antes de Cristo (a.C.), a partir de fragmentos de até 1000 anos a.C. Só veio a ser concluída, após muitas discussões, muito estudo, em torno dos anos 70 a 80 depois de Cristo (d.C.).

Toda e qualquer pessoa na face da Terra está diante da Palavra de Deus, ficando-lhe apenas a decisão de acolhê-la ou não. Toda pessoa que, independentemente de religião, independentemente de conhecer a Bíblia, procura fazer o bem, está de algum modo encontrando e entendendo a Palavra de Deus.

Quando as pessoas se reúnem, participam de uma religião, tomam a Bíblia em estudo e oração, elas estão utilizando meios de facilitação do entendimento da Palavra de Deus, sejam eles livros,  histórias, testemunhos, orientações específicas etc. A Bíblia, a partir deste entendimento, pode ser vista como uma ferramenta, entre tantas que podemos ter, para nos fazer chegar com mais clareza à Palavra de Deus.

Acredito que este entendimento pode favorecer bastante a libertação de muitas pessoas que talvez fiquem angustiadas por não conseguirem ler a Bíblia, ou por não terem uma religião etc. Caso você se veja com tais sentimentos, fique tranquilo, Deus te ama e te quer muito bem, independentemente de tais exigências. Você, independentemente do que faz ou deixa de fazer, foi criado à imagem e semelhança de Deus.Esse Deus é bom e a única coisa que quer de você, como imagem e semelhança dele, é que você também seja bom. Assim, basta cultivar a humildade, a prudência no falar e no agir, escutar a voz do seu coração — que entendemos ser a casa do amor —, estar com a consciência limpa por ser uma pessoa honesta; com certeza, assim, estará participando da grandiosidade de Deus.

E quem der, ainda que seja apenas um copo de água fresca, a um desses pequenos, por ser meu discípulo, em verdade vos digo: não ficará sem receber a sua recompensa (Mt 10,42).

Todas as vezes que fizestes isto a um destes mais pequenos, que são meus irmãos, foi a mim que o fizestes! (Mt 25,40a).

Nas celebrações, na vida, para efeito de nossa libertação e constante busca da salvação, tenhamos consciência da Palavra de Deus. O mais é estudo, tradição, rito e liturgia.

Amém!  

Copyright: 1028248093 – https://www.shutterstock.com/pt/g/Isara+Daengruan

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: