modelo-ideal-feedback

Modelo Ideal de Feedback de Satisfação de Funcionários

Por: José Roberto Marques | Blog

ByEmo/Shutterstock O modelo ideal de feedback é aquele onde seus colaboradores sentem-se à vontade para expor sua opinião

É imprescindível para toda empresa contar com um modelo ideal de feedback de satisfação dos funcionários. Afinal, é essencial que um líder conheça o nível de satisfação de seus liderados, colha suas opiniões e, por meio delas, desenvolva as melhorias apontadas.

Os gestores precisam entender quais são os pontos a serem melhorados em sua abordagem com os colaboradores. Quando não existe essa preocupação, se pode criar um ambiente corporativo pouco salutar.

Continue lendo para saber a importância do feedback de satisfação de funcionários e conferir dicas de como escolher o modelo ideal.

A importância do feedback de satisfação de funcionários

Muitos líderes preferem dar feedbacks a recebê-los. Esse medo se dá por uma insegurança de ouvir que não está atendendo a contento sua equipe. Porém, sem este retorno dos liderados, se perde a chance de evoluir e melhorar a gestão de pessoas e os resultados.

Nos casos em que há essa dificuldade de lidar com feedbacks, os supervisores acabam adotando uma postura unilateral. Contudo, apenas avaliar o desempenho dos colaboradores, sem ter uma contrapartida, pode levar a decisões ruins no direcionamento da equipe.

Por isso, como líder, você deve buscar ouvir na essência, quais são os seus pontos fortes e de melhoria, incluindo também a empresa de modo geral, na visão da equipe. Assim, conseguirá obter informações valiosas que te ajudarão a traçar um caminho de evolução e desenvolvimento.

Receber feedbacks é algo bem relevante em todas as esferas da vida. Entender como os outros estão avaliando seu desempenho, pessoal ou profissional, contribui para que você possa melhorar. Sob esse viés, é essencial buscar pelo feedback de satisfação dos colaboradores e entender como as suas ações os impactam.

Com certeza, os funcionários são os mais indicados para avaliar como a gestão do líder está impactando os resultados. A equipe que está subordinada ao supervisor atua de acordo com as suas indicações, logo, entende se o direcionamento está bom ou não. Os feedbacks de satisfação dos colaboradores também funcionam como uma forma de preparar o líder para as críticas.

Modelo ideal de feedback de satisfação de funcionários

Já ficou bem clara a importância de trabalhar com o feedback de satisfação dos colaboradores. Contudo, como será que se define o modelo ideal? Em linhas gerais, o modelo ideal é aquele que extrai informações relevantes para o líder tornar sua gestão ainda mais eficiente. Esse modelo deve contribuir para que o supervisor conheça melhor os seus profissionais, levando a mais qualidade de vida no ambiente corporativo.

Conheça exemplos de modelo de feedback de satisfação dos funcionários

A seguir iremos apresentar três modelos de feedback de satisfação de funcionários. É importante salientar que o modelo ideal depende de questões relacionadas a cada empresa. Sendo assim, o gestor deve avaliar qual desses modelos está mais alinhado com a sua companhia.

Feedback via formulário

Trata-se de uma pesquisa de satisfação que pode ser realizada através do preenchimento de um formulário. O formulário pode ser entregue na forma impressa ou preenchido eletronicamente e todos os membros da equipe devem responder. O objetivo dessa pesquisa deve ser avaliar o grau de satisfação do colaborador em relação a diferentes fatores.

É essencial identificar o nível de contentamento de cada colaborador com o ambiente corporativo e em relação à liderança. A pesquisa pode e deve contemplar também a satisfação com as formas de gestão, salários, benefícios, relacionamento com colegas. Para que esse modelo de feedback seja ainda mais completo, é válido deixar um espaço para sugestões de melhorias.

Você é feliz?

Os formulários podem ter espaço para identificação ou serem anônimos. No caso de ter identificação, é essencial que os colaboradores compreendam que não haverá nenhum tipo de represália. Eles precisam ter a liberdade de fazer a sua avaliação sem nenhuma pressão externa e sem se sentirem, de qualquer forma, intimidados. Expressar seu contentamento ou descontentamento é importante.

Feedback 360 graus

Esse é um método de feedback que permite uma avaliação mais focada na figura do líder. Utilizando uma ferramenta de avaliação de desempenho online, subordinados, outros gestores, colegas e fornecedores podem emitir suas opiniões sobre a liderança. O objetivo é permitir uma avaliação realmente em 360 graus, ou seja, de diferentes pontos de vista.

Nessa avaliação são apontadas as qualidades da liderança e os pontos que podem ser melhorados. Trata-se de uma ótima ferramenta de avaliação porque permite que vozes diferentes emitam sua opinião. Os colegas de outros setores podem contribuir com uma visão que, talvez, os subordinados não tenham e vice-versa. A opinião de públicos distintos é essencial para obter respostas abrangentes e claras.

Algo muito interessante dessa metodologia é ter uma visão a partir dos olhos dos outros. Poder ver o que se passa ao seu redor e como as suas atitudes impactam os demais, seja positiva ou negativamente.

Feedback direto

O modelo de feedback direto é um dos mais efetivos em termos de alcance, mas demanda maturidade do líder avaliado. Basicamente, o gestor reúne os seus liderados para que eles falem livremente a respeito de suas impressões. Os participantes dessa reunião devem aproveitar o espaço para expressar suas ideias, opiniões, sugestões e reclamações sem medo.

Mencionamos que é necessário ter maturidade porque a ideia não é retrucar as opiniões alheias e coagir os colaboradores, mas sim absorver as sugestões. Pode acontecer do liderado ser surpreendido com alguns pontos de vista de seus liderados. O ideal é que ele esteja preparado para ouvir em silêncio, apenas se manifestando ao final.

Não se deve encarar as críticas como algo negativo e sim como a possibilidade de olhar para um ponto mal resolvido. É uma metodologia que ajuda a fortalecer o líder diante dos desafios que ele irá enfrentar. Afinal de contas, aprender a ouvir é o primeiro passo para alcançar a evolução.

Aplicando os feedbacks

Independentemente do modelo de feedback escolhido, é essencial saber como utilizar as respostas obtidas. O feedback direto é o que possibilita o contato mais direto entre as opiniões dos subordinados e o líder. Contudo, em cada modelo é possível ter acesso a sugestões e tópicos colocados em pauta para discussão.

Cabe ao líder se debruçar sobre os resultados dessa avaliação de satisfação e tentar encontrar pontos em comum. Muitas pessoas citaram alguma situação ou característica? Vale a pena considerar se é necessário mudar a abordagem, pois não se trata de uma voz, mas de várias vozes. Contudo, não se deve olhar somente para o coletivo.

Há algo na fala ou respostas de algum subordinado em particular que desperta sua atenção? Alguém citou alguma questão que parece não estar bem resolvida? A insatisfação de um colaborador pode afetar o trabalho de toda a equipe. Dependendo da motivação para essa insatisfação, pode haver reflexos em outros funcionários. Olhe para o problema apresentado por cada um e pense se há como resolver ou melhorá-lo.

Podemos concluir que os feedbacks, em todas as instâncias, são o principal meio de crescimento do líder, pois, além de ser seu dever oferecê-los aos seus funcionários, é seu papel ouvir o que os liderados têm a dizer.

Em ambos os lados, essa ação proporciona crescimentos e melhorias extraordinárias. Por isso, se o seu objetivo é evoluir ainda mais como gestor, expandir sua capacidade de assimilar seus feedbacks e maximizar seus resultados, invista em uma formação especializada em liderança com Coaching. Invista no treinamento Leader Coach Training e ouse ir além como líder!

Receber o feedback de satisfação de colaboradores é essencial para o crescimento da companhia. Aproveite para deixar seu comentário sobre o assunto abaixo e compartilhar o conteúdo através das suas redes sociais para passar o conhecimento adiante!

Imagem: Por Rawpixel

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: