medo-dormir-porque

Medo de Dormir – O Que Causa e Como Cuidar Deste Problema?

Por: José Roberto Marques | Blog | 13 de março de 2019

Para pessoas que não possuem nenhum tipo de problema, dormir é algo agradável, um momento necessário de descanso após uma dia cheio de atividades. Entretanto, existem indivíduos que possuem um grande medo de dormir, um sentimento gerado pela sensação de que algo muito ruim pode acontecer. Isso pode tanto ter uma motivação física quanto emocional, e é preciso entender essa origem para que seja possível encontrar a melhor solução.

Fatores Que Podem Causar o Medo de Dormir

O medo de dormir é, na maioria dos casos, gerado por um distúrbio do sono, o que faz com que esse momento se torne muito mais desafiador do que simplesmente se deitar, fechar os olhos e adormecer. Veja, a seguir, os principais problemas que podem gerar esse medo.

1 – Insônia

O fator mais comum que faz com que uma pessoa associe o ato de dormir ao medo é a insônia. Isso acontece porque a demora para pegar no sono gera uma ansiedade, o que pode fazer com que o indivíduo desenvolva um pavor desse momento e dessa parte do dia. Para um insone, dormir é uma obrigação que ele não consegue cumprir, então, a preocupação se torna tão intensa que impede a mente de se desconectar e realmente relaxar.

2 – Pesadelos Crônicos

Tanto adultos quanto crianças podem ter pesadelos de vez em quando, contudo, existem algumas pessoas que passam por isso com maior frequência e intensidade, gerando um pavor relacionado ao sono. Os chamados pesadelos crônicos costumam acometer crianças que estão passando por situações estressantes e, também, adultos que sofrem de estresse pós traumático. São sonhos bastante realistas e assustadores, que podem levar o indivíduo a acordar chorando, tremendo e até com dor por bater os braços e pernas na cama.

3 – Narcolepsia

Um indivíduo narcoléptico não consegue regular o sono como os demais, o que o leva a adormecer a qualquer momento durante o dia, mesmo se ele estiver realizando uma atividade que necessite de atenção. Esses episódios podem ser extremamente perigosos, dependendo do que se está fazendo quando se adormece, como dirigir, por exemplo. Todos esses riscos, somados ao constrangimento e ao medo de julgamentos podem levar aqueles que sofrem desse transtorno a sentirem um grande medo de dormir.

4 – Paralisia do Sono

A paralisia do sono envolve uma sensação de estar consciente, mas incapaz de se mover. Ocorre quando uma pessoa passa entre os estágios de vigília e sono e, durante essas transições, não consegue se mover ou falar, o que pode durar poucos segundos ou chegar até a alguns minutos. Mesmo que o período seja relativamente curto, quem passa por ele sente como se fosse uma eternidade, o que também gera medo e angústia relacionados ao sono.

5 – Apneia do Sono

Além das causas psicológicas do medo de dormir, existe uma que está ligada a um fator físico, que é a apneia. Trata-se de uma pausa na respiração que ocorre durante o sono e, em casos mais graves, pode comprometer também os batimentos cardíacos e a oxigenação do cérebro. Por conta do risco que envolve esse transtorno, o indivíduo desenvolve um grande pânico de dormir, por temer não conseguir acordar.

Dicas Para Vencer o Medo de Dormir

Embora cada problema precise de um tipo de tratamento específico, existem algumas medidas que podem ajudar uma pessoa a vencer o medo de dormir e, assim, ter noites de sono mais tranquilas. Confira!

1 – Controle a Ansiedade

Em grande parte dos casos, o medo de dormir está associado à ansiedade. Então, é importante que comece aos poucos a lidar com ela de outra maneira. Em se tratando de insônia, por exemplo, ao invés de se preocupar com as horas de sono que está perdendo, procure pensar em outras coisas. Algo que pode ajudar é evitar ter relógios no quarto, para que possa realmente se desligar desse tipo de preocupação.

2 – Preze Pela Qualidade do Sono

Existem algumas medidas básicas, mas muito eficientes, que podem fazer uma grande diferença na sua relação com o sono, veja quais são elas.

  • Procure se deitar e se levantar sempre nos mesmos horários, assim o seu corpo irá se acostumar com essa rotina e se adaptar a ela;
  • Evite ingerir alimentos e bebidas que contenham cafeína ou álcool cerca de quatro ou cinco horas antes de dormir;
  • Evite tirar sonecas durante o dia;
  • Faça do quarto um ambiente propício para o sono, mantendo-o fresco e escuro e retirando televisão, rádio e outros objetos que possam comprometer o seu descanso;
  • Evite praticar exercícios físicos cerca de duas horas antes de dormir, pois os hormônios liberados durante e após a prática podem retardar o sono.

3 – Medite Antes de Dormir

A meditação é uma prática poderosa que tem sido cada vez mais indicada por médicos. É ótima para quem enfrenta problemas relacionados ao medo de dormir, pois permite que a mente relaxe e o sono chegue com maior facilidade. No início, é interessante começar com as versões guiadas, que podem ser facilmente encontradas na internet. Vale lembrar que o processo deve ser tranquilo, sem cobranças, porque é aos poucos que irá se familiarizar com a prática e aprender a se concentrar cada vez mais.

4 – Entenda os Seus Medos

Evite fingir que os seus medos não existem, pois isso pode fazer com que se tornem mais intensos. O ideal é colocar luz sobre eles e aceitá-los, pois é assim que conseguirá encontrar soluções verdadeiramente eficazes para superá-los. Lembre-se sempre que reconhecer os seus medos e inseguranças não é sinal de fraqueza, pelo contrário, é uma demonstração de coragem, de alguém que encara seus problemas para resolvê-los.

5 – Procure Ajuda Especializada

Além de todas as dicas compartilhadas até aqui, é sempre importante frisar que buscar ajuda especializada é fundamental. Desse modo, o profissional poderá analisar o caso e indicar o tratamento correto, que pode incluir medicação, mudanças no estilo de vida e psicoterapia. Jamais se conforme com o medo de dormir, pois você pode se libertar dele e, assim, conseguir repousar com tranquilidade, como qualquer outra pessoa.

Espero que as informações compartilhadas tenham sido úteis para você e que tenham te conscientizado a respeito da importância do sono. Lembre-se sempre que dormir bem é fundamental para que tenha energia e disposição para realizar os seus sonhos e ser feliz.

Copyright: 602177915 – https://www.shutterstock.com/pt/g/natasa+adzic

Deixe seu Comentário: