casamentos-tradicoes

Os Significados Por Trás das Tradições de Casamento

Por: José Roberto Marques | Dicas de Coaching | 19 de abril de 2019

O mundo é extremamente diversos e conta com as mais diferentes culturas e crenças, algo que considero fantástico. É muito interessante ver como cada povo lida com suas dores, celebra suas conquistas e realiza uniões entre pessoas que se amam. Pensando nisso, resolvi escrever este artigo para falar a respeito das tradições de casamento mais comuns da nossa cultura, suas origens e significados. Continue acompanhando e entenda o que cada detalhe como véu, aliança, flores e outros elementos representam.

10 Tradições de Casamento e Seus Significados

Os costumes e tradições são passados através das gerações, por isso, muitas vezes não sabemos a origem de coisas que se tornaram comuns para nós, simplesmente porque existem há décadas ou séculos. Entretanto, buscar conhecer de onde esses costumes vieram, além de ser uma forma de adquirir conhecimento, é uma oportunidade de se conectar com o passado e com as raízes da sua história. Veja, a seguir, de onde surgiram alguns dos principais detalhes das cerimônias de casamento.

Quer vivenciar uma oportunidade extraordinária na sua vida?
Acesse o meu curso “Introdução ao Coaching”,
é um presente!

1 – Marcha Nupcial

Quando se fala em casamento, a música mais lembrada é a famosa marcha nupcial, que conta com sons marcantes e imponentes. Mas você sabe a razão por ela ter se tornado parte das tradições do casamento? Essa história começou em 1840, na Inglaterra, mais precisamente no casamento da Rainha Vitória.

Como queria que sua entrada fosse impactante, ela escolheu uma composição que Felix Mendelssohn havia criado para a peça teatral Sonho de uma Noite de Verão, de Shakespeare. Outros casais gostaram e aderiram à canção, que acabou se tornando presente em grande parte das cerimônias de casamento.

2 – Vestido Branco

Além da música, outra influência da Rainha Vitória nas tradições de casamento aconteceu em relação ao traje da noiva. Naquela época, as moças usavam vestidos nas cores vermelho ou dourado para se casarem, mas ela queria algo diferente, que expressasse sua alegria por aquele acontecimento e, então, optou pelo branco. Um fato interessante é que o casamento de Vitória com o príncipe Alberto foi o primeiro entre a nobreza a acontecer por amor. Inspiradas pela história, diversas noivas quiseram também usar branco, e assim se deu início a essa tradição.

3 – Troca de Alianças

Os anéis começaram a ser usados como símbolos do casamento no Egito, há mais de cinco mil anos. O significado da aliança tem total relação com o seu formato redondo, pois não possui início e nem fim, assim como o amor entre o casal. O dedo escolhido para usar o adorno também faz parte do significado, pois, naquela época, acreditava-se que, no dedo anelar da mão esquerda, existia uma veia que era ligada diretamente ao coração.

4 – Jogar Arroz Sobre os Noivos

Você já foi em um casamento em que na saída foram distribuídos punhados de arroz para serem jogados nos noivos? Embora hoje essa tradição não seja mais tão utilizada quanto no passado, ainda é possível vê-la acontecer em alguns casamentos. Trata-se de um costume que se originou na China, há mais de quatro mil anos. No país, o arroz é considerado um símbolo de fartura, assim, jogá-lo sobre os noivos era visto como uma forma de desejar a eles sorte e abundância.

Você é feliz?

5 – Véu e Grinalda

A tradição do véu é outra que tem origem na antiguidade, mais precisamente na Grécia. Naquela época, as noivas se cobriam com véus para que nenhum homem pudesse vê-las da mesma maneira que o noivo. Já a grinalda, que é uma espécie de coroa que as noivas usam na cabeça, começou a ser usada para destacá-las e diferenciá-las das outras convidadas. Quanto maior e mais brilhante a peça fosse, maior era o status da moça que estava se casando.

6 – Buquê de Flores

Uma tradição que vem desde o início da civilização grega e romana, mas que começou de forma um pouco diferente. No lugar das flores que vemos atualmente, os buquês das noivas eram compostos por ervas, com o intuito de afastar os maus espíritos e atrair boas energias. A partir do século XIV, os franceses adaptaram o costume e passaram a montar os buquês com flores. Inclusive, foi nessa época que se deu início à tradição de a noiva jogar o buquê para as moças solteiras para saber quem será a próxima a se casar.

7 – Bolo de Casamento

Se você pensa que o bolo é apenas um doce saboroso para oferecer aos convidados, se enganou, pois até ele tem um significado especial dentro das tradições de casamento. Porém, na Roma Antiga, era usado de uma forma um tanto quanto diferente da atual. Eram feitos pequenos bolos de mel e trigo que eram esfarelados e jogados sobre a noiva para trazer sorte. Então, mais uma vez, os franceses adaptaram essa tradição e passaram a servir o doce aos convidados, para a alergia e alívio das noivas.

8 – Padrinhos e Madrinhas

No Brasil, é costume que os noivos escolham padrinhos e madrinhas para a cerimônia, já em países como os Estados Unidos, por exemplo, existem apenas as moças, que são chamadas de damas de honra. A origem desse costume vem da antiguidade, as madrinhas ou damas eram as responsáveis por ajudarem a noiva a se vestir. Já os padrinhos serviam como testemunhas dos casamentos perante a sociedade, que eram arranjados pelos pais dos noivos.

Preparamos um teste para VOCÊ descobrir o quanto
é FELIZ! Clique aqui e conheça nosso
“Termômetro da Felicidade” !

9 – Despedida de Solteiros

No dia anterior ao casamento, os noivos costumam sair com os seus amigos, enquanto as noivas fazem o mesmo com as suas amigas. Essa tradição também é bastante antiga e veio da Grécia. Quando os soldados espartanos iam se casar, aproveitavam a noite anterior para comemorar com os seus amigos e se despedirem da vida de solteiro.

10 – Noivos Não Se Encontrarem Antes do Casamento

É bastante comum que os noivos fiquem sem se ver no dia do casamento e, por incrível que pareça, essa é mais uma tradição que tem origem no passado. Na antiguidade, os casamentos eram arranjados pelos pais dos noivos, então, as famílias faziam de tudo para evitar que os dois se vissem antes da cerimônia, para não correrem o risco de acontecer uma desistência.

Você fazia ideia que todas essas tradições de casamento tinham origens tão curiosas? Conhecê-las é uma maneira de entender a razão por trás de cada parte da cerimônia e, assim, honrar ainda mais a pessoa que escolheu para compartilhar a vida.

 

Copyright: 1031107999 – https://www.shutterstock.com/pt/g/paul+crimea

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: