liderar-uma-equipe

Como liderar sua equipe com eficiência

Por: José Roberto Marques | Blog

Para estar à frente de uma equipe e realizar um bom trabalho é preciso considerar certos aspectos em vez de simplesmente dar ordens. As pessoas tendem a acatar o que seus chefes dizem por medo de serem punidas, mas a verdade é que os bons resultados vêm mesmo quando o líder inspira mais do que gera insegurança e é exatamente sobre isso que falarei no artigo de hoje.

Se você deseja liderar a sua equipe com eficiência, precisa considerar que está lidando com seres humanos, assim, poderá usar as estratégias certas para inspirá-los e extrair o melhor que cada um deles tem a oferecer.

10 Formas de liderar sua equipe com eficiência

Se deseja ser mais do que um chefe e exercer um papel de líder dentro da sua equipe, comece por considerar os tópicos a seguir. Aproveite para fazer uma autoanálise, identificando quais deles já aplica em sua postura no dia a dia e quais precisa adotar.

1 – Dar liberdade para que apliquem seus talentos

O bom líder é aquele que sabe que existem momentos em que o melhor que ele pode fazer é se afastar para deixar que seus liderados apliquem seus talentos e trabalhem com autonomia. Essa atitude, além de permitir que os colaboradores se desenvolvam, transmite confiança, o que é ótimo para promover a motivação e o engajamento.

2 – Lidar positivamente com erros

A forma com a qual um líder reage aos erros cometidos por sua equipe determina se o trabalho realizado será mediano ou extraordinário. Isso porque o excesso de rigidez com as falhas leva as pessoas a terem medo de ousar, assim, perdem grandes oportunidades de criarem e encontrarem soluções inovadoras. Portanto, procure lidar com naturalidade com os erros, mostrando que todos podem aprender através deles.

3 – Incentivar o trabalho em equipe

Quando os membros da equipe trabalham juntos, com um direcionamento e uma visão em comum, as metas se tornam muito mais próximas e possíveis de serem alcançadas. Nesse sentido, em vez de incentivar a competitividade entre o seu pessoal, mostre o quando o trabalho colaborativo é poderoso. Os benefícios disso incluem, além dos bons resultados, um clima mais amistoso e o compartilhamento de conhecimento.

4 – Dar abertura para que os colaboradores se expressem

Existe uma forma de saber o que a sua equipe precisa e está sentindo em relação ao trabalho: perguntando e dando abertura para que respondam com sinceridade. Mesmo que não possa atender todas as demandas, irá criar uma conexão e conhecer melhor cada uma das pessoas que trabalham ao seu lado, o que terá um impacto extremamente positivo na sua forma de lidar com elas no dia a dia.

5 – Criar um ambiente agradável

O estado de espírito do líder influencia totalmente o clima do ambiente de trabalho. Chefes que estão o tempo todo estressados e não demonstram muita paciência, levantam o tom de voz e são rudes, transmitem isso aos demais, deixando as pessoas tensas e irritadas.

Por essa razão, se deseja que os seus colaboradores adotem uma postura leve e harmoniosa, cuide para expressar isso a eles através de suas atitudes. Lembre-se que, quanto mais agradável for o ambiente, melhor será o trabalho realizado dentro dele.

Você é feliz?

6 – Manter a objetividade para tomar decisões

Tomar decisões faz parte da rotina de um líder e é preciso que isso seja realizado de forma objetiva, tanto porque as escolhas precisam ser feitas com rapidez, quanto pelo fato de isso passar segurança aos liderados. Para isso, é necessário, em primeiro lugar, estar seguro sobre os objetivos da empresa, e evitar o excesso de perfeccionismo e a procrastinação, que podem colocar coisas importantes a perder e gerar insegurança na equipe.

7 – Desenvolver a inteligência emocional

Essa é uma questão que deveria ser considerada por todos, independentemente de carreira ou outras questões profissionais. Quando se é inteligente emocionalmente, o indivíduo deixa de ser refém das suas emoções para se tornar o gestor delas. Isso é ainda mais importante para quem ocupa cargos que lidam diretamente com pessoas, como é o caso de um líder.

Se as habilidades de gestão das emoções de uma pessoa não estão sob controle, se ela não tem autoconsciência, não é capaz de controlar impulsos, ter empatia e construir relacionamentos de forma eficaz, não importa o quão inteligente seja, ela não conseguirá desempenhar um bom papel de liderança.

8 – Admitir que não possui todas as respostas

Para ser um bom líder é necessário mostrar aos liderados que, assim como eles, é um ser humano que não possui respostas para todas as questões. O fato de não se cobrar a obrigação de ser perfeito e saber tudo, ou fingir que é e sabe, também permitirá que aprenda muito com eles, realizando trocas fantásticas de conhecimento e experiências.

9 – Elogiar e reforçar as boas atitudes

Muitas vezes, com a rotina agitada, alguns líderes se esquecem de elogiar e reforçar as boas atitudes dos seus colaboradores. Assim, se perde grandes oportunidades de motivar profissionais que já são bons e podem se tornar ainda melhores. Quando você mostra para a sua equipe que está ciente do que eles são capazes, a mágica acontece e eles têm sua motivação fortalecida.

10 – Ganhar o respeito deles em vez de impor

Por fim, por mais que ocupe um cargo mais elevado dentro da hierarquia da organização, procure ganhar o respeito das pessoas em vez de impor. E o melhor e mais eficaz caminho para conseguir isso é sendo coerente e agindo da forma que deseja que eles ajam, ensinando através do exemplo.

Se quer ter colaboradores pontuais, corretos, que se dedicam aos objetivos da organização, respeitam os demais, pensam fora da caixa e criam soluções inovadoras, comece por você. Tenha sempre em mente que a postura do líder possui um peso muito grande sobre como sua equipe age.

O grande empreendedor e líder Jim Rohn tem uma citação bastante poderosa que resume o tema deste artigo: “O grande objetivo da liderança é ajudar aqueles que vão mal a se saírem bem e aqueles que já estão bem a se tornarem ainda melhores”.

Aproveite para deixar a sua opinião sobre o assunto abaixo e compartilhar o artigo em suas redes sociais!

 

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: