delegar-importancia

A Importância de Saber Delegar

Por: José Roberto Marques | Blog

O termo Delegar é oriundo da palavra em latim: delego; que por sua vez representa confiar. Na prática significa transferir poder, função, competência ou responsabilidades a outra pessoa. Por isso, seja você um líder ou empreendedor, para seu negócio crescer a alcançar patamares cada vez mais altos; é importante que você desenvolva a maestria para delegar tarefas aos seus funcionários.

O lendário Steve Jobs tinha uma premissa que ajudou muito na construção do seu império da tecnologia. “Concentre-se naquilo que você é bom, delegue todo o resto.”  O líder da empresa deve concentrar-se nas tarefas críticas para sua organização, focar naquilo que realmente é importante e atribuir o restante.

Porém, devemos respeitar cada estágio de maturidade dos profissionais e da empresa, mas sempre buscar criar um ambiente onde isso seja possível realmente. Assim, para ter este papel mais estratégico, e gestor ou empresário, seja de qual for à área de atuação do seu negócio, precisa desenvolver habilidades de delegação e saber atribuir, corretamente, as tarefas aos seus colaboradores.

Conheça os passos que vão te tornar um Líder Extraordinário!
Clique aqui e baixe meu ebook “Leader Coach”!
É um presente!

Delegar – Teoria e Prática

Segundo um estudo realizado pelo London Business School, 30% dos gestores acreditam que sabem delegar, entretanto, apenas um em cada três líderes é reconhecido por sua equipe como um bom delegador. Em resumo, isso quer dizer que apenas um gestor em cada dez sabe realmente delegar. Como consequência disso, vemos dificuldades na gestão dos profissionais, baixa produtividade, falta de confiança e muito, mas muito retrabalho.

Daí, não adianta culpar a equipe pela demanda executada de modo errado, o resultado final de uma tarefa está diretamente ligado à forma de delegação do líder, ou seja, se você não sabe como delegar não espere que seus funcionários saibam o que fazer.

Como Delegar Bem as Tarefas

Esta, certamente, é uma pergunta que não quer calar, pois a habilidade de delegar é muito exigida no ambiente de trabalho e está diretamente ligada à capacidade de gerenciar correta e assertivamente uma equipe.

Um dos primeiros passos para aprender a delegar bem as tarefas é identificar qual o nível de maturidade profissional dos colaboradores e, de acordo, com este, fazer a delegação das demandas. Se, por exemplo, o funcionário é novo e inexperiente é importante que o líder faça um acompanhamento mais próximo, ensine como executar o trabalho e forneça seu apoio durante toda execução.

Por outro lado, quando o profissional já é mais experiente técnica, emocional e comportamentalmente, o gestor consegue delegar as atividades de forma mais livre, ou seja, diz o que fazer, solicita a ação e o colaborador executa suas tarefas sem a interferência direta do líder.

Entretanto, para conquistar este nível de confiança e independência, o gestor tem que sentir e perceber que seu liderado realmente consegue atender a demanda de modo adequado, o que necessita de acompanhamento, observação e avaliação contínua. Isso é importante, pois até mesmo os mais experientes precisam estar em contato com seu líder para poder crescer e expandir outras competências e evoluir na carreira.

Aprenda a Delegar de Acordo com a Maturidade da Equipe

Para delegar com assertividade, o líder deve buscar conhecer qual é o nível de maturidade de sua equipe, para assim dar a tarefa certa para a pessoa certa e evitar que os profissionais “errados” assumam demandas para as quais ainda não estão preparados. Conheça então os estágios e, com base nisso, análise sua equipe.

Estágio Bebê –

É o daquele colaborador novo na empresa que está motivado, tem alto grau de compromisso, mas ainda baixo nível de competência, pois ainda não conhece muito bem o trabalho que irá executar.

Você é feliz?

Neste caso, como líder você deve ser o “Guia” e assumir a direção do funcionário, apresentando as tarefas de forma bastante explicada e específica, monitorando sua execução e acompanhado o profissional novato de forma bem próxima.

Estágio Criança –

Nesta fase, o seu colaborador já sabe como funciona sua empresa, mas ainda precisa ser treinado para corresponder bem as suas expectativas, pois seus conhecimentos ainda não são suficientes para que possa realizar as suas tarefas sem acompanhamento.

Neste caso, o líder proporciona direcionamentos, ensinamentos específicos sobre cada demanda, explica passo a passo cada uma, mas também deve estimular a participação ativa do profissional solicitando ideias ao funcionário.

Estágio Adolescente –

Quando o funcionário já compreende bem quais são suas funções, seu papel na empresa e já possuiu conhecimentos intermediários que o possibilitam fazer seu trabalho de forma correta e sem a intervenção tão direta do gestor, porém ele ainda não está tão seguro disso.

Estágio Adulto – 

Este é o estágio ideal para a delegação, pois nele o seu colaborador já faz por si só as tarefas sem a necessidade da participação direta do líder, que confia em seu trabalho. Aqui tanto o seu nível de compromisso com a empresa como suas habilidades e competências são muito altas; o que lhe permite resolver os problemas, criar soluções, executar suas tarefas e tomar decisões assertivas sem a interferência direta de seu gestor.

Conseguiu visualizar os diferentes níveis de maturidade em cada um dos três estágios? Viu onde você e os funcionários de sua empresa estão neste momento atual? Estes três exemplos mostram como é importante conhecer seus colaboradores para saber a melhor forma de delegar as tarefas.

Como sua empresa está crescendo, você sempre vai encontrar estes quatro diferentes estágios e, quanto maiores forem os desafios da equipe, maior também será a alternância de papéis. De modo geral, para seu grupo evoluir e conquistar maior independência na hora de fazer suas funções; tenha sempre em mente que é sua forma de delegar, desde o início, que vai fazer com que seus profissionais se desenvolvam bem e você possa confiar no trabalho deles.

SABER DELEGAR É FUNDAMENTAL PARA O SUCESSO DE UM LÍDER

Postado em 19 de agosto de 2013 por José Roberto Marques

Ser líder nos dias de hoje exige muita experiência e competência. As organizações investem cada dia mais em profissionais qualificados, capazes de desempenhar ótimos papéis e, principalmente, aqueles que conseguem atuar estrategicamente.

As empresas exigem que o gestor seja capaz de delegar responsabilidades e orientar cada colaborador, ajudando todos a executarem suas tarefas com qualidade e assim alcançar mais rápido os objetivos. Liderança é vista como uma competência fundamental para o profissional, pois já se foi o tempo do chefe, o único responsável pelos projetos e problemas.

Saber utilizar estratégias, auxiliando todos seus subordinados e conduzindo os processos de trabalho com assertividade. Quando o líder divide responsabilidades passa a ter mais tempo para treinar, desenvolver e orientar sua equipe.

A felicidade é imprescindível para uma boa liderança!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como
anda sua felicidade!

Alguns passos estratégicos são necessários para conseguir que uma equipe obtenha grandes resultados:

1° passo: Capacitar todos os colaboradores para que tenham domínio do assunto e consigam se responsabilizar pelos problemas.

2° passo: Orientar sua equipe sobre os planejamentos, as obrigações e deixando claro as responsabilidades de cada um.

3° passo: Promover o diálogo para construir a confiança e envolver toda equipe. Isso proporciona ao líder conhecer cada um, e saber qual profissional mais adequado para determinada função e responsabilidades.

Essas são algumas dicas para que um líder conduza uma equipe muito mais responsável e comprometida com o trabalho.  Com profissionais capacitados, comprometidos e engajados, uma equipe pode alcançar resultados extraordinários.

Fique atento a tudo isso e, antes de delegar, conheça bem sua equipe. Isso fará toda diferença no alcance de resultados extraordinários para você, seus colaboradores e empresa.

 

Copyright: Olena Yakobchuk/Shutterstock

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: