conflito-interno

7 Passos Para Resolver Conflitos Internos

Por: José Roberto Marques | Blog | 05 de janeiro de 2019

Querida pessoa, quero fazer uma pergunta: quais são os seus conflitos internos? Aliás, quero fazer um outro questionamento: como você lida com os seus conflitos internos? Antes de responder estas perguntas é importante entender o quê exatamente são conflitos internos. Para o psicanalista Sigmund Freud, os conflitos internos se dão porque “um lado da personalidade representa certos desejos, enquanto a outra parte luta contra eles e age defensivamente para não ser prejudicada.” Partindo desse princípio freudiano, pode-se concluir que os conflitos internos são uma briga interior que precisa ser resolvida o quanto antes, de modo a evitar que a pessoa se prejudique.

Neste sentido, o PhD em Psicologia Cognitiva, o americano L. Michael Hall, em seu livro intitulado “The Sourcebook of Magic (O Manual da Mágica, sem tradução ainda para o português), apresenta sete poderosas técnicas, sete passos para resolvermos nossos conflitos internos. Conheça cada uma, na tradução de Felipe de Souza.
 

O coaching possui uma série de ferramentas comportamentais.
Conheça mais em nosso ebook. Baixe aqui!

7 Passos Para Resolver Conflitos Internos

1 – Identifique as Partes

Para lidar com os conflitos é importante saber de maneira precisa quais são estes conflitos. Então, se questione:

  • Que parte de você cria este comportamento?
  • Que parte cria esta emoção ou pensamento?
  • Você pode designar um número, por exemplo, a parte 1 diz ou pensa isto, enquanto a parte 2 o contrário.

Ou então, dar nomes. A parte crítica contra a parte confiante, etc.

2- Determine o Desejo Objetivado

Esta etapa também é um momento para questionamentos e respostas altamente reveladoras.

  • O que cada uma das partes quer obter?
  • O que cada uma das partes quer ou deseja?

Por exemplo: uma parte pode estar querendo evitar um problema ou nos defender, enquanto a outra quer novas experiências, etc.

3- Case as Partes

Veja se cada uma das partes entende e valoriza o papel e a função da outra parte. Aqui é quando os conflitos começam a fazer sentido e começam a se tornarem mais fracos. Aqui é importante entender porque existe a interrupção e assim, você entenderá onde há o conflito. Case as partes.

4- Determine a Intenção Positiva

Se a parte 2 não conseguiu ajudar na identificação dos valores positivos de cada parte, então continue a sua busca. Continue a se questionar:

  • A que intenção positiva esta parte busca?
  • Para que ela existe?
  • Com qual finalidade?

Faça este questionamento até descobrir.

5 – Negocie um Acordo

Ponha as duas partes para conversar. Tente chegar ao seguinte acordo: “Você, parte X, valoriza a sua função em minha vida, de forma que se a outra parte concorda em não interromper você; você também fará o mesmo?”. Tente perceber se há um sentimento interno de acordo, com a sensação de que as duas partes conseguiram se harmonizar. Continue de forma a fazer com que as duas partes cheguem a um acordo.

 6- Estabeleça um Contrato

Pergunte a cada parte se ela vai realmente cooperar por um período de tempo significativo, ou seja, se haverá cooperação no longo prazo e não apenas agora. Se cada parte estiver insatisfeita por lhe mostrar momentos específicos em que será necessário novamente negociar um novo acordo.

 7 – Faça o Teste da Ética

“Alguma outra parte de mim mesmo concorda com o acordo? Alguma outra parte poderá entrar em conflito ainda?” Se sim, reinicie o processo até conseguir chegar a um acordo entre todas as partes por um período longo de tempo.

Outra maneira de conseguir fazer com que as duas partes cheguem a um acordo é personificá-las, dê nomes próprios a cada uma das partes. Por exemplo: a parte que está sempre criticando será chamada então de João e a parte confiante de fulano. (Melhor escolher nomes que não sejam de ninguém próximo ou mesmo conhecidos).

Depois de nomear cada uma das partes, dê características a cada uma.

  • Como João seria, falaria, andaria?
  • Como seria o seu rosto?
  • A sua voz?

Tentar criar realmente um personagem como no teatro ou em um romance. Depois de elaborado o personagem, coloque os dois (ou as duas) para conversar sobre a perspectiva de cada uma.

Você também poderá entrar no debate, ora concordando com um, ora com outro. Você também pode ser imparcial e manter a devida distância. Leve a conversa pelo tempo que for necessário até que a negociação e a harmonia entre as partes sejam estabelecidas

E aposto que você deve estar pensando que tudo que disse se parece muito com conflitos externos. Acertei? Mas, eles não são a mesma coisa. Os conflitos externos são aqueles em relação às pessoas a nossa volta, as suas ideias e aos comportamentos que divergem de nossas crenças e valores. Para evitá-los é essencial se colocar no lugar do outro, buscar ver seu lado e não focar apenas naquilo que é conveniente para nós. Antes de lidar com os conflitos externos, é fundamental lidar com os conflitos internos.
 

Solucione seus conflitos com coaching!
Conheça mais em nosso ebook. Baixe aqui!

Como o Coaching pode contribuir com a solução dos conflitos internos?

As técnicas e ferramentas de Coaching contribuem de maneira poderosa para que você entenda os seus conflitos. Com isso, se torna um poderoso aliado no processo de solução destes conflitos internos. E de que maneira o Coaching pode ajudar?

  • Autoconhecimento
  • Desenvolvimento de Inteligência Emocional
  • Melhorias na comunicação
  • Empatia
  • Organização
  • Disciplina

Estas são algumas das inúmeras formas que o Coaching pode ser o seu aliado neste importante e poderoso processo. Para saber mais, conheça o Professional & Self Coaching – PSC e obtenha todos os recursos para vencer seus conflitos internos e ser mais feliz e realizado em sua vida e carreira. O PSC é oferecido pelo IBC, a única escola de Coaching com certificação ISO 9001.

Espero que este conteúdo tenha te ajudado de maneira significativa e poderosa, querida pessoa. Que você tenha a determinação, disciplina e confiança necessárias para solucionar seus conflitos. Se este conteúdo foi importante para você e você acredita que ele poderá fazer a diferença na vida de outras pessoas, curta e compartilhe em suas redes sociais.

Créditos da Imagem: Por hvostik – ID do vetor stock livre de direitos: 730440301

Deixe seu Comentário: