exercicios-emagrecer

6 benefícios dos exercícios físicos para a saúde mental

Por: José Roberto Marques | Blog

A prática regular de exercícios físicos é muito recomendada para a manutenção da saúde. Ela fortalece a imunidade, o coração, os ossos, os músculos, além de prevenir uma série de problemas de saúde física.

Além disso, os exercícios físicos melhoram nossa forma física e nossa autoestima. Eles ajudam a disparar uma série de hormônios e neurotransmissores associados à sensação de prazer e bem-estar, sendo extremamente benéficos também à saúde mental e emocional. Confira, a seguir, 6 destes benefícios:

  1. Redução de estresse

Na correria da vida moderna, é quase impossível viver sem estresse. Trânsito, barulho, trabalho, cuidar de casa, enfim, toda essa rotina é desgastante e provoca uma elevada produção de cortisol, o hormônio do estresse.

Esse hormônio nos deixa tensos e alertas, tornando difícil o relaxamento. Os exercícios físicos, por sua vez, canalizam essa tensão para uma atividade específica, que envolve diferentes grupos musculares. Isso ameniza a tensão, como se você tivesse uma “válvula de escape” para suas preocupações. Além disso, concentrar-se no exercício físico distrai a mente e tira o foco dos pensamentos de suas preocupações.

  1. Melhores noites de sono

Os exercícios físicos liberam neurotransmissores que nos ajudam a manter a energia durante o dia e a sonolência durante a noite. Por isso, o gasto energético durante o dia nos deixa cansados e prontos para uma noite de sono profundo e reparador.

Quando não praticamos atividades físicas e não nos expomos à luz solar, a produção desses neurotransmissores fica comprometida, provocando insônia, já que o cérebro encontra dificuldade em saber quando é hora de ficar alerta e quando é hora de relaxar.

  1. Ânimo e alegria

Como citado anteriormente, o exercício físico regular induz a produção de alguns hormônios. Entre eles, está a serotonina, conhecida popularmente como “hormônio da felicidade”, além da endorfina e da dopamina.

Esses três neurotransmissores são responsáveis por melhorar o humor, amenizar os efeitos da TPM, favorecer o relaxamento, moderar o apetite, melhorar a memória e a concentração e, consequentemente, incorporar mais alegria às nossas rotinas.

Você é feliz?

  1. Disposição

Outro aspecto muito positivo do exercício físico é que todos esses neurotransmissores nos deixam com gostinho de quero mais. Quando criamos uma rotina de exercícios físicos, o organismo vai estranhar se em algum dia você não puder praticá-los.

É quase como um “vício do bem”, já que o corpo se acostuma às atividades e passa a pedir que você esteja ativo diariamente. Essa disposição te motiva a alcançar suas metas, não apenas nos próprios exercícios físicos, mas também em sua vida pessoal, social, profissional, amorosa, e por aí vai.

  1. Benefícios físicos

Mente sã, corpo são. Assim, se você estiver com saúde física, é menos um motivo para sua mente se estressar e se preocupar.

Por isso, saiba que a prática regular de atividade física ajuda a reduzir o mau colesterol e a pressão arterial, controlar os índices glicêmicos, reduzir as chances de problemas cardiovasculares, fortalecer músculos e ossos, melhorar a postura, amenizar dores crônicas e melhorar o metabolismo.

  1. Auxílio nos casos de transtornos mentais

Depressão, ansiedade, síndrome do pânico, entre outros distúrbios da mente estão muito associados aos neurotransmissores produzidos com a prática de exercícios físicos. Obviamente, apenas as atividades físicas não substituem os tratamentos médicos e psicológicos, mas com certeza os complementam e ajudam na recuperação dos pacientes.

Para quem deseja ter um corpo bonito e saudável, autoestima lá em cima e emoções bem administradas, exercícios físicos são uma importante indicação. Ah, e não é preciso exagerar: segundo a Organização Mundial da Saúde, bastam 20 a 30 minutos diários de uma atividade à sua escolha. Não está tão difícil, né?

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: