ancoras-carreira

11 Âncoras de Carreira que você Precisa Eliminar

Por: José Roberto Marques | Blog | 29 de outubro de 2018

Âncoras de Carreira consistem no conjunto de crenças e valores que guiam no mindset profissional, seus comportamentos e que lhe motivam a conquistar seus objetivos e metas na profissão. Segundo Edgar Schein, ex-professor de Gestão da Sloan School Of Management- MIT; as âncoras representam nosso “Eu verdadeiro”, ou seja, aquilo que somos e queremos ter e ser na realidade.

Cada pessoa possui sua história, suas experiências de vida e um perfil comportamental compatível com isso. É como base neste e noutros fatores que um profissional cria cada âncora de carreira e a usa como referência para alcançar seus resultados.

Âncoras de Carreira segundo Edgar Schein

1-Desafio Puro; 2- Estilo de vida, 3- Dedicação a uma Causa; 4- Segurança e Estabilidade; 5- Criatividade Empresarial; 6- Autonomia e Independência; 7-Competência Técnica e Funcional e 8- Competência Administrativa Geral.

Entretanto, nem sempre as âncoras são positivas ou traz os benefícios e as vantagens que a pessoa almeja conquistar em sua carreira. Algumas vezes ao invés de colaborar para o sucesso, elas acabam limitando o crescimento e desenvolvimento do colaborador, que assim, acaba desmotivado e pouco produtivo.

Por isso, é necessário eliminar as âncoras de carreira que impedem você de avançar, crescer e conquistar resultados profissionais extraordinários. Neste sentido, vamos conhecer cinco comportamentos comuns aos profissionais e, que também, podem estar sabotando sua carreira. Confira e livre-se deles!

11 Âncoras de Carreira Negativas – Comportamentos que Sabotam Você!

Falta de Comprometimento – Se atrasar todos os dias para o trabalho, não entregar as demandas nos prazos certos, inventar desculpas e fazer uma má gestão do tempo: são alguns exemplos de âncoras negativas que prejudicam o desenvolvimento do profissional e limita sua evolução. Mude agora, pois independente de qual seja sua motivação principal, se continuar agindo assim, não conquistará nada além de falta de credibilidade e desemprego.

Dependência de Terceiros – Trabalhar em equipe é uma coisa, depender constantemente de um colega ou do chefe para executar seu trabalho e fazer suas tarefas do modo correto, demonstra falta de confiança e de maturidade profissional. Aprenda a melhor forma de fazer suas demandas, sem precisar de ninguém, confie em si mesmo, valorize suas capacidades e habilidades e use-as para ir além.

Foco Negativo – Profissionais, que vivem à sombra do: “Eu não posso”, “Eu não consigo”, “Não vai dar certo”; por melhores que sejam as suas intenções de crescer, ao pensarem e agirem assim, eles dificilmente avançarão em suas carreiras. Para mudar isso, o ideal é trabalhar o sistema de crenças e buscar ressignificar as experiências que causaram o foco no negativo, pois se a pessoa não acredita em si, não terá condições de seguir em frente, vencer os obstáculos e vencer.

Fofocas – Profissionais que fazem e espalham fofocas, desvirtuam as informações e causam problemas entre colegas e superiores, também se ancoram em comportamentos nocivos para crescer. Evite este tipo de atitude além de altamente negativa, prejudica os resultados e a reputação da pessoa, e devem ser abolidos.

Falta de Foco – Passar o dia nas redes sociais, não dar atenção aos detalhes e não entregar o trabalho, do modo esperado: são exemplos de atitudes que devem ser evitadas para que possamos crescer. Por isso, evite consumir seu tempo com distrações e foque em suas demandas e crescimento.

Defender Verdades AbsolutasNum ambiente em que o trabalho coletivo é o que dá resultados, as pessoas não podem ficar na defensiva, acreditando que somente suas opiniões são válidas. Quando estiver debatendo com o restante da equipe, o indivíduo não pode ficar preso a sua ideia, sem ouvir os argumentos dos demais. Essa atitude também é má vista quando levada para momentos sociais, como conversas depois do almoço e que envolvem temas como religião, futebol, política, entre outros temas polêmicos.

ReclamaçãoNinguém gosta de conviver com pessoas que estão o tempo todo reclamando. Além disso, saiba que ficar mal-humorado por ter que realizar essa ou aquela tarefa pode prejudicar a forma como o seu chefe te vê. Como citei acima nas atitudes positivas no trabalho, é importante ser proativo, pois o contrário é visto como “preguiça” e falta de profissionalismo.

Deixe a frase “eu não recebo para isso” do lado de fora das paredes da empresa. Seja otimista e dê o seu melhor, pois nenhuma empresa gosta de profissionais que não vestem a camisa e só reclamam de tudo!

InflexívelNão ter flexibilidade na comunicação e vontade de entender o que o outro está falando, é uma das principais atitudes negativas dentro do trabalho. Você precisa falar a linguagem do seu receptor. Não se fala com o dono da empresa da mesma forma que com o auxiliar de limpeza. Ambos têm entendimentos diferentes acerca de um mesmo problema. Ter empatia também “vai bem”. Se coloque no lugar do outro e tenta se comunicar de uma forma gentil.

Não estabelecer metas Cada pessoa tem uma meta individual: dinheiro, reconhecimento, promoção. Mas, se elas não encontram um objetivo em comum que faça a equipe caminhar junto, todo o trabalho se torna comprometido. Será uma equipe desalinhada. O trabalho flui e funciona se a equipe focar num mesmo objetivo.

Desequilíbrio emocionalCuide para que o equilíbrio emocional esteja em ordem. É prejudicial ao andamento do trabalho da equipe e você ainda pode correr o risco de terminar isolado pelos outros. Procure separar o pessoal do profissional para não se melindrar demais diante de críticas construtivas.

Desvalorizar o trabalho do colegaCuidado para não validar demais um colaborador e ignorar e desvalorizar o esforço e dedicação dos demais. Este é um erro muito comum dentro do ambiente de trabalho. Como líder de equipe você pode transparecer como arrogante.

E se você quer potencializar ainda mais sua carreira, eliminar âncoras negativas e ir além nos aspectos técnicos, emocionais e comportamentais, invista em seu autodesenvolvimento profissional. Faça a formação: Professional & Self Coaching – PSC; e permita-se crescer extraordinariamente.

 

Copyright: 582437932 – https://www.shutterstock.com/pt/g/ingkadjiw

Deixe seu Comentário: