retorno-negativo-entrevista

8 Dicas de Como dar um Retorno Negativo de Entrevista de Emprego

Por: José Roberto Marques | Blog | 29 de agosto de 2019

Por não saber, ao certo, como dar um retorno negativo de entrevista de emprego sobre o desempenho dos candidatos em processos seletivos, muitos recrutadores deixam de dar um feedback aos participantes, que não foram aprovados para a próxima etapa ou mesmo para a vaga.  Esta é uma das maiores reclamações dos profissionais que estão em busca de recolocação no mercado, pois mesmo dizendo que vão ligar ou mandar um e-mail, muitas empresas não dão o retorno sobre os motivos pelos quais os concorrentes ao emprego não foram selecionados.

Imagine então ficar esperando dias por uma resposta que não vai vir do selecionador e, pior – ter esperanças de um retorno positivo e não obter absolutamente nada. Realmente é uma situação ruim, pois mesmo não sendo aprovado para a vaga, saber as razões porque não foi escolhido é muito importante. Ou seja, para que em próximos processos seletivos, o candidato possa corrigir os aspectos apontados e tenha um melhor desempenho.

Além isso, a falta de retorno da empresa desanima muito os profissionais, que acabam pensando mil e uma coisas negativas, o que mina sua autoestima, acaba sabotando suas esperanças e diminuindo o otimismo em arrumar um novo emprego logo.   Portanto, é essencial que os recrutadores se coloquem no lugar dos candidatos e aprenda como dar um retorno negativo e seja a resposta positiva ou negativa, sempre deem um retorno aos profissionais.

O Coaching pode te ajudar a desenvolver uma comunicação mais assertiva!
Descubra mais clicando aqui! Conheça “O Poder do Autoconhecimento”!

Dicas de Como Dar um Retorno Negativo de Entrevista de Emprego

 Veja dicas práticas de como dar feedbacks assertivos aos candidatos em processos seletivos nos quais eles não foram escolhidos para ir adiante:

Se você disse que vai ligar, ligue!

Um balde de água fria é ouvir do recrutador que ele vai ligar tal dia e nunca receber esta ligação de verdade. Neste sentido, há pessoas que estão esperando até hoje por um retorno que nunca virá. Portanto, mostre profissionalismo, seja ético e respeitoso. Se você disse que vai ligar, ligue na data combinada e explique ao candidato os motivos pelos quais não foi selecionado, deseje boa sorte a agradeça por ter participado do processo seletivo.

Isso é importante para que o profissional não deixe de buscar outras oportunidades, enquanto espera um retorno positivo da empresa que disse que ia ligar e não ligou.

Dê Feedbacks Claros!

Antes de ligar é importante que verifique, na ficha do candidato, os motivos pelos quais ele não foi aprovado e só, então, faça a ligação. Ao falar com ele seja objetivo, mas apresente sempre as razões pelas quais, naquele momento, a empresa não o selecionou para a vaga e forneça pelo menos um retorno sobre seu desempenho.

Por exemplo – Neste momento a empresa busca um candidato mais experiente na área. Como feedback de melhoria, acreditamos que você tem potencial e, que se melhorar sua comunicação interpessoal ou investir no desenvolvimento de sua liderança, você irá aumentar ainda mais as suas chances de recolocação.

Viu como é simples? Isso é tanto agregador ao recrutador, que desenvolve a competência de dar feedbacks aos seus candidatos, como também aos aspirantes à vaga, pois é uma oportunidade que têm de evoluir e de se colocarem melhor em suas próximas seleções.

Seja Objetivo! 

Seja por telefone ou e-mail, seja sempre bem objetivo ao dar feedbacks e respeitoso para escolher a forma de comunicação certa. Nada de diminuir o candidato por ele não ter uma ou outra competência. Foque em analisar sua participação e seu currículo, ofereça o retorno sobre os motivos de não ter sido escolhido (falta de experiência, falta de formação técnica, falta de x habilidade…).

Por fim, agradeça sua participação no recrutamento, informe sobre o banco de vagas da empresa e, se o candidato tiver potencial, guarde seu contato para futuras seleções.  Aproveite estas dicas e sempre dê um retorno aos seus candidatos em processos seletivos, pois eles merecem estes feedbacks sobre seu desempenho.

Seja rápido no feedback

Logo após ser tomada a decisão do candidato escolhido, é hora de ligar para quem não foi selecionado. Não espere muito tempo para isso. Ele pode estar esperando seu contato para seguir com os próximos processos seletivos de outras empresas. Não deixe que eles esperem e sofram com ansiedade e se sintam com sua autoestima baixa. Demonstre respeito com todos os candidatos. 

O Coaching pode te ajudar a desenvolver uma comunicação mais assertiva!
Descubra mais clicando aqui! Conheça “O Poder do Autoconhecimento”!

Tenha inteligência emocional nessa hora

Tenha empatia e consideração com o candidato para que ele não se sinta tão mal emocionalmente. Ligue para ele e fale objetivamente e com assertividade. Ele e qualquer outro candidato merece ter esse feedback. Nessa hora é importante você usar de inteligência emocional.

Converse no positivo

Quando for dar a notícia para o candidato, que ele não foi um dos selecionados, fale positivamente. Enalteça seus pontos fortes, suas qualidades e experiências e explique que, para aquela função ele não está preparado embora tem ótima capacidade para exercer várias outras funções. Deixe as portas da empresa abertas para uma nova oportunidade. Se precisar fazer uma crítica ou observação sobre ele, faça de forma construtiva e sinalizando à ele as melhorias que você achar pertinente que ele trabalhe. 

Evite ser impessoal

A superficialidade nessa hora não é uma boa alternativa. Evite enviar respostas prontas, que servem para qualquer candidato. Seja pessoal, agradeça o tempo que ele dedicou em participar do processo seletivo e avise que seu currículo irá ficar no banco de dados da empresa para qualquer outra oportunidade que surgir. 

Escute o feedback do candidato

A avaliação do candidato em relação à empresa também é importante. Peça que o candidato avalie a empresa, como foi o processo de entrevista. Tenha certeza que será até mais esse contato para dizer que ele não foi selecionado. Ele se sentirá importante. 

Esta é uma forma de a empresa demonstrar seu respeito e de deixar uma imagem positiva frente aos profissionais que se candidataram a uma vaga em seus quadros. Lembre-se disso e use sempre esta prerrogativa em seus processos seletivos!

Copyright: Sunabesyou/Shutterstock

Deixe seu Comentário: