tecnicas-lideranca

20 Técnicas Essenciais de Liderança

Por: José Roberto Marques | Blog | 14 de dezembro de 2018

Ser líder é inspirar as pessoas ao redor, identificar e gerenciar talentos de forma a alcançar objetivos. Apenas através dessa curta descrição já se pode constatar que a liderança vai muito além de ocupar cargos de chefia e dar ordens, pois envolve conquistar o respeito e a confiança dos liderados. Continue acompanhando e confira vinte técnicas de liderança que os grandes líderes dominam e utilizam para alcançar o potencial máximo de suas equipes.

20 Técnicas de Liderança Que os Grandes Líderes Dominam

Se deseja se tornar um expert em liderança, é fundamental que esteja disposto a estar sempre em busca de aperfeiçoar suas habilidades, pois um grande líder é, também, um eterno aprendiz. Veja, a seguir, vinte técnicas essenciais para gerenciar uma equipe de sucesso.

1 – Ter Visão de Futuro

Defina uma visão para o futuro da equipe, pois as pessoas precisam ter um alvo para mirar. Lembre-se da velha expressão que diz: “Se você não sabe para onde está indo, qualquer estrada irá servir”. Mantenha sempre o grupo informado sobre para onde vocês estão indo e qual a melhor maneira de chegar lá.

2 – Ser Verdadeiro

Um líder é, acima de tudo, um ser humano que, como qualquer outro, tem suas vulnerabilidades, erros e acertos. É claro que é importante passar confiança para os liderados, entretanto, deve ser algo genuíno, pois ninguém é perfeito durante toda parte do tempo.

3 – Fazer Perguntas Poderosas

Uma das melhores maneiras de promover o desenvolvimento de um indivíduo é fazendo a ele perguntas que o levem a refletir. Além disso, através dos questionamentos certos, é possível conhecer melhor uma pessoa e extrair dela todo o seu potencial.

4 – Manter uma Comunicação Aberta

Um bom líder é aquele que mantém uma comunicação aberta com a sua equipe e incentiva todos a agirem da mesma maneira. Assim, mesmo assuntos mais delicados são abordados, porque apenas dessa maneira os problemas poderão ser resolvidos.

5 – Ouvir os Liderados

Por mais que os líderes geralmente tenham cargos mais elevados dentro de uma organização, eles não são detentores de todo o conhecimento. Por esse motivo, é muito importante saber ouvir o que os colaboradores têm a dizer e considerar a opinião deles ao tomar decisões.

6 – Saber Identificar Talentos

O primeiro passo para ter uma equipe forte é selecionar as pessoas certas para fazerem parte dela. Para isso, é necessário identificar os tipos de talentos, que podem vir prontos ou seres lapidados com o tempo. Cabe ao líder saber os perfis que ele precisa para montar um grupo coeso e pronto para enfrentar os desafios que surgirem.

7 – Incentivar o Trabalho em Equipe

Em uma equipe heterogênea, é natural que alguns se destaquem mais do que os outros. Entretanto, o tratamento deve ser sempre igual e, por mais que os esforços de cada um possam ser valorizados, é necessário manter o trabalho coletivo.

8 – Utilizar de Dados Concretos

A tecnologia possibilita que um líder tenha acesso a uma série de dados extremamente valiosos. Através dessas informações é possível mostrar para os liderados quais são os melhores caminhos a serem seguidos e, claro, tomar decisões mais assertivas.

9 – Saber Ouvir Críticas e Sugestões

Quando os liderados ouvem tudo o que o líder diz sem questionar é necessário entender o que está acontecendo. Independente se estiverem acomodados ou confiando cegamente no supervisor, é necessário quebrar esse padrão, pois as críticas e sugestões são fundamentais para o crescimento de todo o grupo.

10 – Motivar Cada Liderado Individualmente

A motivação é uma questão pessoal, pois o que pode ser extremamente motivador para mim pode não ser para você e vice-versa. Por esse motivo, é necessário que o líder conheça seus liderados e encontre o fator motivador de cada um.

11 – Capacitar os Membros da Equipe

Mesmo que um profissional seja extremamente qualificado, sempre há algo novo a aprender. Investir na capacitação dos membros da equipe é dar a ele ferramentas necessárias para que faça a diferença na organização.

12 – Ter Flexibilidade

Para lidar com pessoas e extrair delas seu potencial máximo é importante saber ser flexível. Regras rígidas demais podem ser desestimulantes e comprometer o desenvolvimento dos profissionais.

13 – Confiar nos Liderados

Determinadas tarefas realmente devem ser realizadas pelo líder, entretanto, é preciso que ele confie nos seus liderados para evitar centralizar todo o poder. A delegação é uma ação indispensável para o bom andamento do trabalho do grupo e da empresa.

14 – Dar Feedbacks Individualmente

Dar feedbacks é indispensável para que os colaboradores se desenvolvam e aprendam com suas falhas. Contudo, é importante tomar alguns cuidados, como escolher as palavras certas e fazer isso individualmente, sem expor ou constranger o profissional.

15 – Reconhecer os Esforços dos Liderados

Todo ser humano precisa de reconhecimento, pois é através disso que cada um pode confirmar se está ou não no caminho certo. Então, lembre-se de reconhecer os esforços dos seus liderados, através de elogios ou utilizando outros meios adotados pela empresa para tal.

16 – Conhecer as Expectativas dos Liderados

Saber o que os seus liderados esperam de você como líder é essencial para que afinem os ponteiros e possam construir uma relação positiva. Desse modo, mantenha um diálogo aberto ou realize uma pesquisa perguntando como eles gostariam que fossem os feedbacks, as reuniões e o relacionamento de vocês como um todo.

17 – Manter o Equilíbrio Entre a Seriedade e a Falta Dela

Para impor respeito não é necessário manter uma postura sisuda e séria demais, por outro lado, exagerar nas brincadeiras também não é indicado. O ideal é encontrar o equilíbrio entre esses dois perfis e inspirar respeito ao invés de impô-lo.

18 – Saber Agir Perante Erros

Imagine que delegou uma tarefa a um colaborador que não a executou como deveria. Nesse caso, evite simplesmente fazer por ele, converse e ajude-o a encontrar a falha, para que aquilo sirva de aprendizado e a situação não volte a acontecer.

19 – Definir Prioridades

Quando tudo é considerado urgente, nada é realmente visto como importante. Nesse sentido, cabe ao líder definir a lista de prioridades e apresentá-las à equipe, para que os colaboradores não se sintam perdidos e saibam quais tarefas devem realizar primeiro.

20 – Ser um Bom Planejador

Um bom líder é aquele que sabe se planejar com antecedência, facilitando o seu próprio trabalho e, também, dos seus liderados. Quando tudo é feito em cima da hora e com prazos curtos corre-se o risco de a qualidade não ser a mesma.

Gostou das dicas? Quais considera as mais importantes? Contribua deixando sua opinião nos comentários!

Créditos da Imagem: Por Khakimullin Aleksandr – ID da foto stock livre de direitos: 688975858

Deixe seu Comentário: