planejamento-financeiro

10 Passos para um planejamento financeiro empresarial eficaz

Por: José Roberto Marques | Blog | 25 de julho de 2020

Para ter uma empresa lucrativa e consolidada no mercado, é essencial fazer um planejamento financeiro consistente e que esteja alinhado com a realidade das finanças corporativas. Mais do que saber exatamente os montantes de entradas e saídas, é necessário traçar uma estratégia para impulsionar o crescimento da companhia em seu segmento de mercado.

Conheça os 10 passos para fazer um planejamento financeiro empresarial eficaz

A seguir listei os 10 passos fundamentais para elaborar um planejamento financeiro eficaz para ajudar a posicionar a sua empresa como uma das líderes do seu mercado.

1 – Saiba o que é planejamento financeiro

Para fazer um planejamento financeiro eficiente é importante entender esse conceito. Mais do que administrar o dinheiro que entra e que sai, trata-se de elaborar um conjunto de ações, procedimentos e controles para ser mais bem-sucedido no mercado.

Esse planejamento demanda ter a definição e implementação de metas. Uma ferramenta que pode ser utilizada em curto prazo, para resolver questões como a do capital de giro, ou que pode ser utilizada em longo prazo para a aquisição de maquinário novo, por exemplo.

2 – Faça uma análise do cenário atual

Agora que você já entendeu o conceito de planejamento financeiro, deve ter em mente que, para estruturar uma estratégia de posicionamento no mercado, deverá fazer uma análise profunda do cenário atual. Identifique qual é a posição da sua companhia em relação aos seus concorrentes e qual o potencial de crescimento dentro desse mercado.

Essa análise deve ser feita a partir do ponto de vista dos objetivos definidos para o empreendimento. Por exemplo, um gestor que deseja abrir uma filial deve conhecer em detalhes seus números antes de partir para a construção de uma segunda unidade. Faça uma análise objetiva dos seus desejos e das possibilidades oferecidas pelo mercado.

3 – Faça uma análise do cenário futuro

Após ter feito um estudo completo a respeito das condições do mercado atual. é importante fazer algumas projeções para o futuro, ou seja, tentar prever eventuais oportunidades e ameaças que podem se apresentar. Faça projeções de receitas e despesas de acordo com as circunstâncias atuais. lembrando que elas variam de acordo com o seu segmento de atuação.

A ideia central é compreender se. daqui alguns meses ou anos. os passos que estão sendo dados no presente terão como se manter consolidados. Não adianta abrir uma filial hoje se amanhã não haverá como sustentá-la no mercado e suas portas precisarão ser fechadas. Planejamento financeiro é sinônimo de planejamento de ação, ou seja, de considerar o que pode trazer resultados efetivos.

4 – Não comprometa o capital de giro

No decorrer da elaboração do planejamento financeiro e da própria gestão do seu empreendimento, ficará claro que saúde financeira não significa, necessariamente, ter muito dinheiro, mas sim saber administrar assertivamente os valores que se tem.

Você é feliz?

O bom gestor identifica os pontos financeiros sensíveis e potenciais oportunidades de aplicação sem jamais comprometer o capital de giro, isso garante a manutenção da operacionalidade. O desenvolvimento de alguns projetos demandará empréstimos no banco, por exemplo, algo que pode ser saudável desde que feito com consciência.

5 – Investigue a fundo os seus custos

Nos passos anteriores, apresentei questões básicas para entender o que é planejamento financeiro e saúde das finanças de uma empresa. A partir desse passo, o empresário adentra no universo das questões práticas. Tão relevante quanto conhecer o cenário atual e futuro do seu empreendimento, é saber quais são os custos que seu negócio tem para atender aos seus consumidores.

É necessário se debruçar sobre os registros da sua companhia para entender quais são os recursos consumidos para entregar seus produtos ou serviços para os clientes. Defina os valores de tudo que é consumido para a oferta do serviço ou produto para fazer uma precificação assertiva, disso depende alcançar a sustentabilidade para seu negócio.

6 – Mantenha-se atento à movimentação financeira do empreendimento

O empresário deve utilizar ferramentas de acompanhamento da movimentação financeira do seu negócio, como balanço financeiro, DRE e fluxo de caixa. A partir dessas ferramentas se torna possível acompanhar a situação das finanças da sua empresa em diferentes momentos e ter base de dados para fazer projeções para montar o planejamento financeiro.

7 – Registre os dados do fisco

O registro de operações financeiras, como a emissão de nota fiscal, é fundamental para se manter em dia com o fisco. Além da importância de estar em dia com suas obrigações em relação ao pagamento de impostos, é positivo contar com esses dados para definir os caminhos futuros da sua companhia no mercado. O empresário passa a contar com a possibilidade de determinar o melhor regime tributário para adotar, assim como quais são as ações de marketing mais pertinentes.

8 – Use o orçamento como seu aliado

Planejamento financeiro é um grande aliado do orçamento, o empresário deve observar o passado da companhia e fazer projeções do futuro para determinar a melhor maneira de empregar o seu dinheiro para geração de crescimento para o negócio.

Com o passar do tempo, ficará ainda mais simples fazer um planejamento considerando os valores a serem gastos e serem recebidos para manter o fluxo financeiro em dia. Faça um planejamento de orçamento detalhado e, preferencialmente, por departamento. Trabalhe com a determinação de metas e objetivos sem se esquecer de fazer a conferência quanto a sua pertinência.

9 – Avalie resultados através de indicadores

É importante estabelecer quais são os indicativos mais relevantes para fazer uma avaliação do quanto as medidas adotadas estão trazendo os resultados esperados. Na hora de determinar quais serão os indicadores utilizados, considere quais são os mais relevantes para avaliar o esperado para a sua companhia. O gestor precisa ter em mente exatamente o que espera do seu negócio no futuro para saber o que precisa ser medido.

10 – Fortaleça o hábito de fazer o planejamento financeiro

É fundamental que o empresário adquira e fortaleça o hábito de fazer o planejamento financeiro. Uma empresa somente conseguirá se fortalecer para crescer e se consolidar em seu mercado se trabalhar de maneira mais saudável com suas finanças. Mais uma vez ressalto que saúde financeira não está relacionada necessariamente com ter um capital significativo, mas saber gerenciá-lo corretamente.

Seguindo esses passos o gestor conseguirá criar um ciclo positivo de gestão de suas finanças através de um planejamento financeiro! 

 

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: