Voltar

Série Os Ativadores Mentais – “Por que”

Publicado em | 0 comentários

Khakimullin Aleksandr/Shutterstock As perguntas são as respostas, por isso entender os seus porquês é fundamental

No universo do Coaching, ao qual eu domino muito bem, existe uma máxima que diz que – “As perguntas são as respostas”, ou seja, precisamos compreender verdadeiramente e, na essência, quais são os nossos porquês.

Nosso cérebro, esta máquina fantástica, é dividido entre mente consciente e mente inconsciente, entre aquilo que está na superfície e o que está submerso, na parte mais profunda de nossa psique. Estes dois elementos-chave é que nos ajudam a analisar as situações, construir nossa percepção de mundo e tomar as nossas decisões.

Por isso mesmo, tudo, absolutamente tudo que fazemos, precisa ter um sentido lógico, uma razão de ser para que possamos justificar mentalmente a nossa ação e agir em determinada direção. Quando, por exemplo, estamos analisando nossas atitudes ou ainda os comportamentos de outras pessoas, nada mais estamos a fazer do que tentando defender e entender “os porquês”, nossos e de cada indivíduo ou situação, a fim de compreender melhor tudo isso.

Responda e Entenda os seus Porquês

Veja o caso das crianças, elas, sem dúvida, são as campeãs dos questionamentos. Se você tem filhos, sobrinhos, afilhados ou netos; sabe bem do que estou falando. Quando uma criança chega com uma pergunta, seja ela engraçada, diferente, complicada ou até mesmo cabeluda e embaraçosa, ela está buscando, na realidade, ter as respostas para informações que ainda não lhe foram dadas.

Isto demonstra uma curiosidade natural, que nós mesmos já tivemos quando éramos menores, e que reflete a nossa necessidade de descobrir o mundo, desvendar seus mistérios e entender tudo à sua volta. Mais uma vez, fica claro porque as perguntas são as respostas e como é importante fazer os questionamentos certos, às pessoas certas, para obtermos as respostas que buscamos.

O ativador mental do “por que” é aquela lâmpada que ainda precisa ser acesa em nossa mente, é um espaço de conhecimento ou de autoconhecimento ainda vazio, que precisa ser preenchido em nós. Sem isso as perguntas jamais seriam feitas e muito menos poderíamos dar-lhes as respostas.

O Porque da Missão e do Propósito

Quando abordando o tema – missão de vida, por exemplo, estamos falando exatamente da nossa razão de ser. E quando buscamos definir o nosso propósito de vida estamos querendo entender o porquê de ser quem somos; como somos e de fazer o que fazemos.

Toda vez que ativamos este gatinho mental, estamos tentando encontrar um sentido que explique o sentido de cada coisa. Os porquês são as nossas respostas; são os nossos autofeedbacks, os argumentos que damos e ouvimos para justificar a visão de cada ser humano e os sins e os nãos da vida.

Por isso, podemos dizer que sem dúvida, “o porquê” é um importante ativador mental, em especial nos processos de Coaching, onde verdadeiramente, as perguntas são as respostas.  Toda pessoa, tenha ela mais ou menos instrução, com mais ou menos senso crítico, toma suas decisões baseadas nas razões que, segundo a sua própria lógica, considera serem as mais pertinentes.

Isto é de todo ser humano e é muito utilizado nos processos de vendas, onde o vendedor tem que entender muito bem as razões para seus clientes comprarem. Bem-estar, conforto, status, comodidade, exclusividade, escassez, marca, urgência, preço; tudo isso deve ser levado em conta.

A Propaganda Quer nos Dar um Porquê!

Veja a propaganda da Tv, por exemplo – você já parou para pensar no que te leva a comprar um produto x, de uma marca tal ao invés do produto Y, de outra? Parou para avaliar por que você compra determinado carro, roupa, shampoo ou sabão em pó de uma e não de outra marca?

Simples, porque aquela que você escolheu, consciente e inconscientemente, atende muito melhor aos seus porquês do que à concorrente. Isso se aplica à escolha do seu emprego (porque você preferiu trabalhar nesta e não naquela empresa), no porque decidiu ficar com esse e não com aquele namorado, estudar nesta e não naquela universidade ou mesmo fazer seu curso de Coaching com o Instituto Brasileiro de Coaching e não com outra instituição.

Com certeza, as razões foram muito pertinentes para te fazer tomar estas decisões, uma vez que levaram em conta tudo aquilo que você colocou na balança e considerou mais importante, naquele momento. Lembre-se disso toda vez que estiver buscando as soluções para os seus questionamentos. Ao entender os seus porquês, certamente, você estará muito mais próximo de encontrar as respostas, dentro e fora de si mesmo, e o sentido que busca para sua vida e existência.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!