Voltar

Profissão –  Coach de Saúde

Publicado em | 0 comentários

Gajus/Shutterstock Assim como em outras carreiras, os Coaches de Saúde devem investir em sua evolução contínua e buscar sempre os feedbacks de seus clientes

Começamos esse artigo trazendo alguns questionamentos importantes a todos os coaches em atividade no segmento de Saúde. Como saber se estou preparado para atuar como Coach em Saúde? E, como saber se minha atuação está sendo satisfatória?

É importante pensarmos que nunca estamos, de fato, prontos, mas devemos desenvolver uma sensação de segurança que vem com o conhecimento. Após encontramos o “norte” desse processo temos que nos arriscar e ir nos lapidando aos poucos.

A leitura sempre será uma peça fundamental da preparação de qualquer profissional, mas também a presença em cursos de especialização é indispensável. Você já é um coach formado? Quantas formações você já fez? Já participou da formação em Psicologia Positiva, por exemplo? Já fez o curso de Hipnose Ericksoniana?

O Instituto Brasileiro de Coaching – IBC oferece uma série de formações importantes para sua atuação no Coaching e Saúde. Além disso, os livros que a Editora IBC lança periodicamente, sempre pensando no seu aperfeiçoamento e crescimento.

Mensure seus Resultados

Como saber se estou preparado para atuar como Coach em Saúde, ou como saber se minha atuação está sendo satisfatória? Em toda carreira os feedbacks são os mais importantes na mensuração de performance. Os resultados são dados por números estatísticos, gráficos, comparações etc., mas nem sempre um resultado positivo vem de um desempenho positivo.

O Coaching é um processo. Logo, os fins não justificam os meios, pois nosso foco está justamente nos meios, nas formas de se conseguir alcançar o objetivo delimitado previamente. Sendo assim, embora o resultado seja um indicador positivo de sua atuação, não pense que ele é o único ou o mais confiável.

Os feedbacks parte dos outros, eles são uma avaliação externa. Com certeza são importantes, mas geralmente são difíceis, no caso da saúde, de serem sinceros e livres de avaliações secundárias. Se você, por exemplo, numa situação de Life Coaching atende uma pessoa que está passando por um tratamento quimioterápico e tenta retornar ao mercado de trabalho, quando esse objetivo for alcançado e você solicitar um feedback ao coachee, ele, muito provavelmente, dirá que está bastante satisfeito.

Mas o processo, os meios que você utilizou para chegar ao objetivo, o modo como você, coach, conduziu e utilizou das estratégias corretas ou não, dificilmente virá à tona nessa situação de feedback.

Vejo que para esse caso o autofeedback a partir da autoavaliação deve ser utilizado e estimulado. Claro que o sucesso dessa técnica depende única e exclusivamente da sua sinceridade, honestidade e compromisso com sua própria carreira. Mentir pra si mesmo é só uma maneira de sabotar sua evolução contínua. Invista em seu crescimento e boa sorte!

Gostou do artigo? Curta, comente e compartilhe em suas redes sociais

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!