Voltar

Exemplos de Transtorno de Personalidade

Publicado em | 0 comentários
Transtorno de Personalidade

Mike Focus/Shutterstock A bipolaridade é um exemplo de transtorno de personalidade

Cada ser humano tem um jeito único de ser e se relacionar com o mundo: alguns são mais extrovertidos, outros mais introspectivos, entretanto, quando, além disso, a pessoa apresenta comportamentos “anormais”, dizemos que suas atitudes também pode revelar algum tipo de Transtorno de Personalidade.

Estas perturbações emocionais e comportamentais estão classificadas como doenças mentais, porém, suas causas ainda são claras para a ciência. O fato é que estas doenças acometem, em todo mundo, milhões de pessoas; que em decorrência disso também têm sua vida pessoal, profissional e social bastante prejudicada.

Neste sentido, um dos fatores que mais dificultam o tratamento é o fato de que nem sempre os indivíduos e, aqueles à sua volta, conseguem identificar os sinais e sintomas como um problema realmente. Por isso, muitas pessoas acometidas por transtornos de personalidade acabam passando anos e anos sofrendo as consequências de sua doença sem ter um diagnóstico correto ou sem receber um tratamento adequado.

Transtorno de Personalidade – Conheça Tipos Mais Comuns

  • Obsessivo-compulsiva
  • Limítrofe (Borderline)
  • Histriônica
  • Equizotípico
  • Antissocial
  • Esquizoide
  • Narcisista
  • Dependente
  • Bipolar
  • Paranoide

Estes são alguns dos principais distúrbios existentes, entre eles destacamos exemplos que são mais comuns, como os transtornos de personalidade: narcisista, dependente, antissocial e o transtorno obsessivo-compulsivo, o popular TOC.

Assim, embora os seus indícios variem de acordo com cada tipo de perturbação psicológica, o fator comum a todos é que em decorrência de seu problema, a maioria das pessoas acaba tendo dificuldades em suas relações com o outro, com o mundo e, especialmente, consigo mesma.

Para evitar que os prejuízos decorrentes de um transtorno de personalidade tomem uma proporção ainda maior e, limitem o bem-estar e a qualidade de vida da pessoa, o primeiro passo é admitir que o problema sim, existe, e que você precisa de ajuda para tratar a questão e aprender a lidar com esta adversidade.

Neste sentido, buscar a orientação de profissionais especializados em doenças mentais é muito importante para diagnosticar o distúrbio corretamente e tratá-lo com o devido cuidado e o respeito que o paciente merece. Outro ponto importante de ser esclarecido é que a pessoa que sofre com algum transtorno de personalidade não é menos capaz ou intelectualmente limitada.

O problema não tem nada a ver com seu grau de inteligência ou capacidade de aprendizado, mas sim com determinados pensamentos, comportamentos e emoções que acabam influenciando suas atitudes negativamente, afetando sua personalidade e prejudicando suas relações e resultados.

Portanto, tratar é o melhor caminho para lidar com o problema, superar os bloqueios e limitações impostos pela doença e ter bem-estar, satisfação e uma vida mais equilibrada, produtiva e positiva. Pense nisso e boa sorte!

 

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!