area-atuacao

Como Escolher a Área de Atuação Mais Adequada ao Seu Perfil?

Por: José Roberto Marques | Blog | 10 de janeiro de 2018

Escolher a profissão se mostra uma tarefa desafiadora na vida de muitos jovens, afinal as opções são inúmeras e as dúvidas também. Uma forma de facilitar a escolha é pensar primeiro na área de atuação que tem mais a ver com o seu perfil e, então, começar a analisar as possibilidades dentro dela. Optar por algo com o qual se tenha afinidade é fundamental para ser feliz no âmbito profissional e, assim, conseguir dar o seu melhor no trabalho todos os dias.

A Importância de Fazer uma Boa Escolha

A profissão ocupa uma parcela significativa da nossa vida, com isso, estar satisfeito com ela é uma condição fundamental para a felicidade. Um administrador de empresas que não gosta da rotina no escritório, por exemplo, dificilmente conseguirá se realizar profissionalmente. Então, é muito importante se dedicar para fazer uma boa escolha e, assim, evitar frustrações futuras.

O mercado também é algo que deve ser considerado ao se decidir. Afinal, não basta escolher uma profissão que tenha tudo a ver com você se ela não oferecer boas oportunidades. A ideia não é focar a decisão em possíveis salários, mas sim nas chances de crescimento e desenvolvimento, pois é isso que irá te motivar a prosseguir e crescer cada vez mais.

Dicas Para a Escolha da Área de Atuação

Mesmo que tenha dúvidas, todos têm aquelas áreas pelas quais já se interessam e elas devem ser consideradas. Contudo, é importante se permitir conhecer outras possibilidades, a fim de descobrir novos interesses ou confirmar aqueles que já conhecia. Partindo desse princípio, confira dicas que irão te ajudar a fazer uma escolha sábia e segura sobre a sua área de atuação.

1 – Conheça a Si Mesmo

Fazer uma boa escolha em relação à área em que irá atuar profissionalmente é algo que requer, acima de tudo, autoconhecimento. Ninguém melhor do que você mesmo poderá saber as coisas que mais gosta e tem interesse, mas, para isso, é importante se voltar para si a fim de buscar as respostas.

Procure refletir sobre suas habilidades, preferências e personalidade, dessa forma, depois poderá fazer um cruzamento com as informações referentes a cada área e conhecer aquelas com as quais tem mais afinidade. Aproveite para anotar todas as conclusões as quais chegar. Assim, terá um retrato de quem é por meio de palavras, o que, certamente, facilitará bastante a sua escolha.

2 – Analise as Opções

Procure saber mais a respeito de cada área, mesmo aquelas que você acredite não ter nenhuma afinidade. Dar uma chance ao novo pode fazer com que conheça possibilidades que nem havia cogitado. Veja, a seguir, as opções de áreas de atuação e procure pensar em cada uma delas, relacionando-as com o seu perfil.

  • Administração;
  • Artes e Design;
  • Ciências Exatas e Informática;
  • Ciências Sociais e Humanas;
  • Comunicação e Informação;
  • Engenharias;
  • Meio Ambiente;
  • Saúde e Bem-estar.

Como são áreas amplas, selecione aquelas que mais se encaixarem contigo e liste as possibilidades de carreira que cada uma oferece. Dentro de Comunicação e Informação, por exemplo, estão as seguintes profissões: jornalismo, publicidade, cinema, relações públicas, entre outras.

3 – Faça um Cruzamento de Informações

Depois de investir no autoconhecimento e buscar maiores informações sobre as áreas que mais lhe interessam, é necessário cruzar as informações, identificando as opções que mais combinam contigo. Pense nas profissões que melhor irão aproveitar as suas principais habilidades e considere, também, as atividades relacionadas a elas que mais lhe agradam e desagradam, criando listas.

Com essas listas em mãos você poderá visualizar com maior clareza os prós e contras das profissões de selecionadas cada área de atuação. Assim, terá maior facilidade para definir as opções que tenham mais prós do que contras e focar nelas até que esteja certo sobre qual é a ideal para o seu perfil.

4 – Converse Com Profissionais das Áreas Que Mais Interessarem

Ao buscar maiores informações a respeito das áreas e cruzar os dados com o seu perfil, já será possível eliminar aquelas com as quais não se identifica. Dessa forma, poderá focar nas opções que sobraram e fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre elas, o que pode incluir conversar com profissionais que vivem a realidade dessas profissões.

Se estiver inclinado a optar por algo dentro da categoria Saúde e Bem-estar, por exemplo, poderá tirar suas dúvidas com aqueles que a conhecem na prática. Vale dizer que, como as áreas são amplas, é interessante que crie uma lista de profissões dentro delas que tenha interesse, para facilitar a busca pelas pessoas certas.

5 – Mantenha a Calma

Essa dica deve ser seguida durante todo o processo, pois ela é fundamental para que cada etapa seja realizada com calma e sem afobação. Quanto mais tranquilidade tiver, melhor irá enxergar todo o cenário, se conhecer, pesar os prós e os contras e, assim, tomar uma decisão inteligente e segura.

Entendo que se trata de uma fase delicada da vida em que há muitas cobranças, tanto internas quanto externas. Contudo, é importante ter em mente que perder a calma apenas tornará todo o processo mais complicado e doloroso e não precisa, e nem deve, ser assim. O momento de escolher uma área de atuação e, consequentemente, sua profissão, pode ser bastante enriquecedor e o início de grandes oportunidades de adquirir conhecimento e desenvolver habilidades.

A Ajuda do Coaching na Escolha da Profissão

Poder contar com o apoio de um profissional de Coaching pode ajudar a descomplicar essa fase de inseguranças e descobertas. A metodologia possui uma série de ferramentas capazes de mapear o perfil do coachee, que é o cliente, ajudando-lhe a se conhecer e, assim, compreender as áreas de atuação mais condizentes com seu perfil comportamental.

Durante as sessões, o coach, profissional de Coaching, fará perguntas-chave que irão gerar a reflexão da pessoa que está em dúvida sobre qual profissão escolher. Através dessas reflexões serão descobertas as habilidades, motivações e os sonhos do indivíduo, para que, juntos, coach e coachee possam chegar às respostas necessárias para que a melhor escolha seja feita.

Além disso, existem ferramentas de mapeamento comportamental, como o Coaching Assessment, que podem ajudar a identificar a zona de habilidades do futuro profissional e apoiá-lo, na prática, a compreender quais são seus principais talentos, motivações e habilidades e, especialmente, para que áreas ele pode direcionar melhor tudo isso.

Portanto, se você está passando por essa fase de escolha da profissão, considere investir em Coaching de Carreira, pois tenho a certeza de que o apoio de um profissional irá te ajudar a passar por isso com mais serenidade, assertividade e confiança. Além disso, será uma grande oportunidade para se conhecer e descobrir todo o potencial que tem para ser um excelente profissional na área em que escolher. Desejo-lhe luz e sucesso!

Copyright: 595911581 – https://www.shutterstock.com/pt/g/yindee