Crenças Limitantes e o Coaching

Por: José Roberto Marques | Blog | 06 de novembro de 2015

PathDoc/Shutterstock Identificar as origens e influências de nossas crenças limitantes é essencial para eliminá-las de vez

 

O ser humano constrói sua história por meio das realizações que considera serem as mais importantes em sua vida. Entretanto, muitas possibilidades de sucesso esbarram em suas crenças limitantes; que são influências, conscientes e inconscientes, que se manifestam de maneira negativa em nosso dia a dia.

O que são crenças limitantes

As crenças limitantes são sistemas de valores, concepções, ideias e comportamentos que, na maioria das vezes, são herdados na infância e adolescência, de nossos pais, parentes próximos, professores e amigos. Representam aqueles pensamentos que nos fazem acreditar que não somos capazes de realizar nossos sonhos e conquistar nossas metas e objetivos.

Você é fraco! Você não é capaz! Você nunca vai conseguir ter sucesso; você não é inteligente como fulano; você é muito “burro”; seu irmão é melhor do que você; você sempre faz tudo errado; você só faz o que não presta; você sempre precisará de mim; sozinho você não vai conseguir nada; você é feia; o seu jeito está errado; você será um fracassado!

Estas frases acima, representam alguns dos tipos de influências negativas a que muitas pessoas são submetidas ao longo de suas vidas. E o que é pior: estas palavras pesadas, quando repetida várias vezes, é o que acaba por fazer com que a pessoa acredite que realmente não é merecedora da felicidade.

As crenças limitantes estão presentes em vários setores da vida do ser humano. Na infância por exemplo, caso os pais cobrem perfeição na realização das tarefas de casa, a pessoa passará a vida com a ideia de que para ser aceita e alcançar a felicidade, ela precisa ser bem sucedida em tudo, sem espaço para erros. No aspecto amoroso, caso um relacionamento termine de forma traumática, o indivíduo pode sustentar a ideia de que ele nunca será feliz com outra pessoa e não conseguirá manter uma relação duradoura.

Já em âmbito profissional, o colaborador pode acreditar que para conseguir a aprovação do gestor e ser promovido, ele deve concordar com tudo que é dito na empresa, sem expressar a sua opinião. Essas crenças alimentadas e retroalimentadas são os elementos que limitam o desenvolvimento do potencial infinito do indivíduo e o alcance de novos patamares em sua carreira e vida pessoal.

Exemplos de crenças limitantes

Conheça algumas crenças limitantes comuns no dia-a-dia do ser humano:

  • “Eu não consigo fazer isso”;
  • “Preciso fazer as vontades dos outros, se não serei rejeitada”;
  • “Eu não tenho dinheiro para viajar”;
  • “Eu não vou mudar o meu jeito”;
  • “Não tenho mais idade para isso”;
  • “Nada dá certo para mim”;
  • “Não tem como mudar essa situação”;
  • “Eu não tenho tempo para nada”;
  • “Só serei feliz se conseguir isso”;
  • “Não sou inteligente o bastante”;
  • “Eu não tenho habilidades suficientes para isso”;
  • “Eu não consigo emagrecer”;
  • “Minha saúde não me permite isso”;
  • “Para ser feliz, eu tenho que ficar nesse relacionamento”;
  • “Não sei o que quero da minha vida”;
  • “Não posso trabalhar com o que eu gosto”;
  • “Não vou fazer isso, minha família nunca me apoiaria”;
  • “Eu não consigo ser uma pessoa organizada”;
  • “Preciso ser perfeito em tudo, se não nunca terei sucesso”;
  • “Não vou falar o que penso, as pessoas podem me julgar”.

Por isso, é fundamental identificar, o quanto antes, quais são as origens de cada uma de suas crenças limitantes, os malefícios que elas trazem e escolher ferramentas efetivas para eliminá-las completamente. Saiba como vencer as crenças limitantes:

Acredite em você

O primeiro passo é acreditar verdadeiramente em você. O nosso pensamento tem grande poder sobre nossas ações, por isso, visualize que você é capaz, que seus pontos fortes te auxiliarão nessa caminhada e que se você aprimorar tal aspecto, novas possibilidades podem surgir. Portanto, não duvide de você mesmo!

Identifique sua crença limitante

Analise e identifique quais são as crenças limitantes que estão impedindo a sua evolução. A partir desse movimento, você será capaz de traçar ações para elimina-la da sua vida.

Entenda porque a crença limitante não traz benefícios

Sabendo qual é a sua crença limitante, liste porque a mesma está impedindo seu desenvolvimento e quais são as suas consequências. Através desse pensamento, você potencializa seu empenho em reverter tal situação.

Encontre o motivo da existência da crença limitante

Reflita em que momento a crença limitante se instalou na sua vida, bem como seus motivos para ela existir. Dessa forma, você será capaz de identificar e trabalhar as emoções desencadeadas pela crença limitante de forma consciente.

Queira mudar

De nada adianta identificar a crença limitante e seus motivos para ela existir, se você não querer verdadeiramente mudar essa situação. Por isso, seja flexível, desenvolva sua resiliência e saia da sua zona de conforto. Só dessa forma você será capaz de potencializar seus pontos fortes, minimizar seus pontos negativos e evoluir como pessoa.

Defina seus objetivos  

Chegou a hora de definir os objetivos que você deseja alcançar e assim, conduzir seus recursos e competências para o alcance dos mesmos. Ao realizar esse movimento, você deixa de focar nas suas limitações e se auto sabotar e passa a enxergar apenas os benefícios de se alcançar tais objetivos.

Troque a crença limitante por uma motivação

Quando temos uma crença limitante, ela acaba ditando nossos hábitos e emoções, nesse sentido, quando você a troca por uma motivação, você se torna apto a conduzir seu pensamento e comportamento e assim, não perder o foco.

Torne a motivação um hábito

Para que a crença limitante se torne uma motivação, você deve mentalizar o resultado que deseja alcançar a partir dela. Com isso, você condiciona o seu cérebro e assim, trabalha a favor do alcance dos seus objetivos.

Coaching para eliminar crenças limitantes

O Coaching é uma poderosa ferramenta de desenvolvimento humano que trabalha o ser humano em todas as suas dimensões. Proporciona à pessoa maior autoconhecimento, o aprimoramento de suas competências e o desenvolvimento contínuo de novas habilidades técnicas, emocionais e comportamentais.

Entretanto, para alcançar todos estes benefícios, antes, este processo trabalha na identificação das crenças limitantes, ou seja, dos fatores internos e externos, que boicotam o sucesso do indivíduo. Experiências negativas vividas na infância, estímulos ruins vindos dos pais, heranças comportamentais da família; tudo pode levar a formação de limitadores emocionais.

O processo de Coaching, com suas técnicas, métodos e ferramentas, oferece o apoio necessário para que o cliente consiga ressignificar suas crenças limitantes. Na prática, isso representa aprender a buscar aprendizados positivos, nestas experiências e influências negativas, e transformá-las em motivação para mudar, ousar e fazer diferente.

Embora não seja possível mudar o passado e os acontecimentos ruins que lá vivemos, com certeza, ao eliminar crenças limitantes, é possível desenvolver novos comportamentos, novas percepções de mundo e melhorar a imagem que faz de si mesmo e das pessoas à sua volta.

Tudo isso é uma questão de escolher ferramentas efetivas, como o Coaching, e de ter abertura e disposição para realmente mudar tudo àquilo que limita e causa desequilíbrio em sua vida.

Então, quer apoio para eliminar de vez suas crenças limitantes também? Faça a Formação Professional & Self Coaching – PSC; desenvolva novos comportamentos e pensamentos positivos e permita-se evoluir como ser humano!