Vício em Tecnologia - Devemos Ficar Atentos e Tomar Muito Cuidado - JRM Coaching
tecnologia

Vício em Tecnologia – Devemos Ficar Atentos e Tomar Muito Cuidado

Por: José Roberto Marques | Blog | 14 de undefined de 2018

A tecnologia nos proporciona incontáveis benefícios, através dela podemos, por exemplo, realizar, em minutos, atividades que antes demandavam muito tempo e nos comunicar com pessoas que estão do outro lado do mundo. Para mim é um grande privilégio fazer parte de uma geração que testemunhou e que agora vivência os benefícios de todos esses avanços. Muitas mudanças aconteceram e tornaram, em muitos aspectos, nossa vida bem melhor.

Mas claro, como tudo na vida, às novas tecnologias nos trouxeram também alguns desafios, como saber manter o equilíbrio ao fazer uso de aparelhos eletrônicos, em especial, do celular e da internet. Trago este alerta porque o vício em tecnologia se tornou uma realidade e, é um problema que pode comprometer seriamente a saúde e o bem-estar de uma pessoa.

Os Principais Sintomas do Vício em Tecnologia

Não é porque você passa algumas horas por dia no celular que pode ser considerado um dependente de tecnologia. A verdade é que, de alguma forma, todos nós dependemos dela, seja para fazer transações bancárias, enviar e-mails ou ler as últimas notícias do dia. Entretanto, a situação se torna um problema quando a dependência deixa de ser funcional e passa a ser emocional. Veja quais são os principais sintomas do vício em tecnologia.

Passar Muitas Horas Conectado

O vício em tecnologia pode se manifestar, principalmente, na dependência da internet e de jogos eletrônicos. O primeiro ponto a ser considerado para verificar se o indivíduo se tornou um dependente é verificar a quantidade de horas que ele passa realizando tal atividade todos os dias.

Não há um padrão pré-estabelecido para que o uso, principalmente da internet, seja considerado vício, já que tudo irá depender da rotina de cada um. Contudo, quando a tecnologia passa a ocupar o dia de alguém quase que em sua totalidade, é necessário ligar o sinal de alerta.

Não Conseguir Parar

O principal indício de uma dependência é não conseguir parar de realizar tal atividade. No caso da tecnologia, a pessoa simplesmente não consegue abrir mão dela e, quando consegue, faz de tudo para voltar para ela o quanto antes. É como se vida passasse a apenas fazer sentido quando se está conectado ou jogando. Na grande maioria dos casos, há um sentimento de negação, uma tentativa de mostrar para os outros e para si mesmo que tem controle da situação.

Falta de Interesse Pelo Mundo Real

Quando há um vício, todas as outras coisas parecem perder o seu encanto. Com isso, os relacionamentos pessoais, os estudos e o trabalho são prejudicados, já que o indivíduo passa a se dedicar quase que exclusivamente ao elemento do qual se tornou dependente. Além disso, quando ele se vê obrigado a estar longe de tal atividade, não consegue se concentrar e se sente extremamente ansioso.

Caso tenha se identificado com esses sintomas ou alguém próximo esteja apresentando esse tipo de comportamento, é fundamental procurar ajuda médica. O vício em tecnologia tem malefícios como qualquer outro tipo de dependência, é sério e precisa de tratamento para ser superado.

Dicas Para Prevenir o Vício em Tecnologia e Usá-la Com Equilíbrio

Muitos leem artigos como este e pensam que estão longe de se tornarem verdadeiramente dependentes, entretanto, se fecharmos os olhos, todos estaremos sujeitos a isso. Então, mesmo que ache que está muito distante de um quadro de dependência, o que precisa ser avaliado sempre com critérios assertivos, é importante se atentar para prevenir. Esse cuidado é indicado, também, para aqueles que têm filhos, para que se mantenham atentos e os incentivem a ter uma relação saudável com a tecnologia. Confira!

1 – Dê Preferência Para o Contato Pessoal

Quantas vezes parou de dar atenção para alguém que está na sua frente para responder uma mensagem no celular? Se já fez isso, saiba que não é o único, o que não é uma desculpa para continuar agindo dessa maneira. Pense comigo, é no mínimo incoerente dar mais atenção para alguém que está longe, sendo que existe uma pessoa na sua frente. A mensagem poderá ser respondida depois, já o momento que está vivendo é único. Por isso, deixe o celular de lado e desfrute do aqui e agora.

2 – Encontre Outras Formas de Passar o Seu Tempo Livre

A tecnologia se tornou o passatempo mais popular nos últimos tempos. Basta ter alguns minutos livres para sacar o celular do bolso para acessar as redes sociais, jogos e e-mail. Você já parou para pensar que, com isso, está perdendo oportunidades de realizar outras atividades? Ler um livro, dar um passeio, conversar com uma pessoa especial, realizar novos projetos, meditar, praticar um esporte são apenas algumas opções que podem te ajudar a relaxar e ter momentos de qualidade.

3 – Desative as Notificações do Celular

Parece complicado se manter longe do celular com tantas notificações chegando a todo o momento, não é mesmo? Então, que tal silenciá-las um pouco? Por mais que utilize o aparelho para contatos profissionais, não são todas as mensagens que precisam ser respondidas imediatamente. Além disso, é possível alterar as configurações e manter apenas as que são realmente importantes. Faça isso e veja o quanto seus dias se tornarão mais tranquilos e produtivos.

4 – Use a Tecnologia a Seu Favor!

Como sabiamente disse Milton Erickson, o pai da hipnose moderna, no veneno está o antídoto. Nesse contexto essa frase se aplica ao fato de que a tecnologia é tão extraordinária que nos oferece muitas ferramentas que nos ajudam a fazer um bom uso dela. Atualmente, existem aplicativos que monitoram a quantidade de horas que se passa conectado e que ajudam neste autogerenciamento. Então, com essa informação em mãos, fica mais fácil se policiar e diminuir o ritmo quando perceber que está se excedendo.

5 – Evite o uso Excessivo de Aparelhos Eletrônicos Antes de Dormir

Se você tem o costume de deixar o celular ao lado da sua cabeceira para usá-lo antes de dormir e logo que acorda, especialistas alertam para esse hábito. Encerrar e iniciar o dia com uma grande carga de informações pode comprometer a qualidade do seu sono e impactar na sua energia pela manhã e ao longo do dia. O ideal é se desconectar cerca de uma hora antes de dormir e esperar um pouco para voltar a utilizar o aparelho no dia seguinte, permitindo-se despertar calmamente.

Gostou das dicas? Bem, minha intenção com este artigo não é que você abra mão da tecnologia, mas sim que aprenda a usá-la com sabedoria. Por mais que seja maravilhoso poder ter acesso a tantas informações, conversar com amigos e clientes com apenas alguns cliques, todo exagero deve ser evitado. Use as ferramentas tecnológicas com inteligência e sabedoria e desfrute de seus benefícios sem prejudicar sua qualidade de vida e suas relações.

Copyright: 538028968 – https://www.shutterstock.com/pt/g/disobeyart

Deixe seu Comentário: