Woman,Working,At,A,Bakery,Wearing,A,Facemask,To,Avoid

Quais as principais características de um empreendedor de sucesso?

Por: José Roberto Marques | Blog

Empreender é um desafio enorme, mas, ao mesmo tempo, é uma grande oportunidade para fazer a diferença na vida de muita gente e ainda conseguir prosperar financeiramente. Ser um empreendedor não necessariamente é ser dono de uma empresa, já que você pode carregar as características empreendedoras dentro de si e exercer a liderança, mesmo sem estar num cargo de chefia.

Mas quais características seriam essas? O que difere um empreendedor comum de um empreendedor de sucesso? Separamos as 9 competências abaixo para que você as conheça e as desenvolva, especialmente caso esteja pensando em fazer do empreendedorismo o seu propósito de vida!

Conheça os passos que vão te tornar um Líder Extraordinário!
Clique aqui e baixe meu ebook “Leader Coach”! É um presente!

  1. Visão

O empreendedor é uma pessoa que sonha. Ele olha para algum problema ou questão que possa ser melhorada e faz deles uma empresa. São pessoas que, com alta motivação, determinam objetivos, estudam e planejam cada detalhe para fazer do empreendimento um sucesso.

São indivíduos atentos ao que se passa na sociedade. Observando os principais desejos e necessidades das pessoas, os empreendedores têm ideias criativas para produtos e/ou serviços que resolvam essas questões encontradas, tornando a vida da população mais fácil e mais feliz. No entanto, é importante que essas soluções apresentem um diferencial em relação ao que a concorrência já oferece, de modo a conquistar o consumidor e, consequentemente, uma fatia maior do mercado.

  1. Atitude

Empreendedores de sucesso otimizam a sua capacidade de fazer escolhas e de tomar decisões, pois elas são muito frequentes e, geralmente, são complexas. Por isso, evitam se apegar às coisas e deixam para trás tudo aquilo que já não acrescenta em nada.

Além do mais, faz parte do empreendedorismo ter coragem, já que toda decisão a ser tomada envolve riscos calculados. Nesse sentido, é importante desenvolver o plano B, o plano C, e por aí vai. Por isso, os empreendedores de sucesso são indivíduos que sabem estabelecer prioridades e administrar muito bem o seu tempo para pensar e para agir.

  1. Resiliência

O dia a dia de um empreendedor é marcado por desafios. Às vezes, as empresas que dirigem estão dando um baile na concorrência, mas também pode acontecer de enfrentarem crises. Errando ou acertando, é preciso ter resiliência nesses altos e baixos. Aprender com os erros e adversidades é a melhor forma de se recuperar e recomeçar.

Algumas das decisões tomadas surtem efeitos positivos, enquanto outras não produzem os resultados esperados. Por isso, cabe ao empreendedor recalcular a rota sempre que necessário, já que não há tempo a perder nos negócios. Ser resiliente significa vivenciar os momentos difíceis, aprender com eles, recompor as energias e seguir em frente.

  1. Autoconfiança

O empreendedor acredita em suas ideias, mais do que qualquer outra pessoa. Por isso, ele entende que ninguém vive sem medo, mas consegue agir apesar dele. Com planejamento e motivação em alcançar os seus objetivos, ele não hesita em agir, mesmo que amigos e familiares digam que as suas ideias são loucuras e que jamais darão certo.

Ser autoconfiante não é ignorar os riscos, mas acreditar que as suas qualidades o tornam capaz de vencer os obstáculos. Empreender é um desafio, pois são muitas as obrigações, preocupações e tarefas a serem realizadas. Para não perder o ânimo nessa sinuosa trajetória, é fundamental acreditar em si mesmo.

  1. Inovação

Uma questão que precisa ser ressaltada no universo empreendedor é que não vale a pena entrar nesse meio para fazer o que os outros já fazem. Se você quiser crescer e ter sucesso, é preciso se diferenciar em seu segmento, oferecendo algo novo aos seus clientes. Isso facilitará a sua atração e a sua fidelização.

Você é feliz?

Você não precisa “reinventar a roda”, mas deve oferecer à sociedade algum benefício que não faça parte das ações dos concorrentes. A criatividade e a inovação pesam muito nessa hora. Portanto, todo empreendedor deve sempre fazer pesquisas, acompanhar as tendências e ampliar o seu repertório individual de conhecimentos e referências inspiradoras para soluções inovadoras.

  1. Senso de oportunidade

Muitas ideias de negócios que revolucionaram o mundo surgiram quando os seus fundadores estavam fazendo ou observando algo corriqueiro e prosaico. Por isso, empreendedores estão sempre atentos aos comportamentos das pessoas, aos avanços das tecnologias, aos problemas da sociedade e aos mercados inexplorados.

Isso revela um elevado senso de oportunidade, isto é, a capacidade de identificar pequenos fatos da sociedade e de transformá-los em oportunidades de negócios. Assim, o empreendedor é, acima de tudo, alguém que sai de casa, que conhece diferentes realidades e que se propõe a transformá-las para melhor.

  1. Atualização

Empreender é sinônimo de aprender constantemente. Não importa se já concluiu os seus estudos formais, um empreendedor de sucesso estará sempre marcando presença em eventos, cursos, treinamentos e viagens. Além disso, os empreendedores estão sempre lendo notícias e livros para expandir os seus horizontes e alimentar a sua capacidade criativa.

Isso quer dizer que atualizar os seus conhecimentos é um processo fundamental do ato de empreender. Sempre é tempo de aprender algo, dado que, quanto mais conhecimento o empreendedor tiver, maior será a sua capacidade de edificar soluções inovadoras.

  1. Planejamento estratégico

Se, por um lado, o empreendedor é alguém visionário e criativo, por outro, ele tem que ser um indivíduo com os dois pés no chão. Não adianta ter uma ideia de negócios incrível sem planejá-la adequadamente.

Empreender é uma atitude que demanda recursos intelectuais, humanos, financeiros e tecnológicos. É preciso “orquestrar” essas quatro frentes por meio de metas e objetivos que sejam alcançados passo a passo, de modo planejado. Por isso, é preciso reunir esses recursos, alocá-los adequadamente, iniciar as atividades da organização e mensurar constantemente os resultados obtidos. Sem planejamento, não há negócio que sobreviva, por mais incrível que seja a sua ideia.

  1. Networking

Por fim, já que foi levantada a questão dos recursos humanos, é fundamental lembrar que um empreendimento é construído essencialmente por pessoas. Portanto, todo empreendedor precisa desenvolver a capacidade de lidar com outros indivíduos que possam auxiliar no desenvolvimento da sua ideia.

Investidores, parceiros, sócios, fornecedores, amigos, funcionários e potenciais clientes são alguns dos grupos de interesse com os quais um bom empreendedor aprende a lidar. Por isso, criar e cultivar uma boa rede de contatos — o famoso networking — é um grande auxílio para essa atividade.

O ato de empreender, portanto, é um conjunto de características que tornam as pessoas mais proativas e capazes de oferecer à sociedade soluções criativas. Se você deseja ser um empreendedor de sucesso, atente-se aos 9 pontos acima e procure desenvolvê-los constantemente em seu dia a dia.

E você, querida pessoa, identifica uma veia empreendedora em seu ser? Quais das competências acima você tem? Quais delas precisa desenvolver mais? Deixe o seu comentário no espaço abaixo. Além disso, lembre-se de compartilhar este artigo com todos os seus amigos, familiares, colegas e com quem mais se interessar sobre empreendedorismo, por meio das suas redes sociais!

Imagem: Por Dragana Gordic

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: