artista-significado

O Real significado da Palavra Artista

Por: José Roberto Marques | Blog | 14 de março de 2019

O artista é um sujeito que produz arte, que tem habilidades e vocação para criar. É uma pessoa sensível e criativa que se expressa através dos diversos tipos de arte que existem. Desse modo há uma grande variação de artistas, desde aqueles que atuam, cantam e dançam, até aqueles que produzem artes plásticas e visuais.

Existem filósofos que possuem dificuldade em classificar o que é a arte, porque do ponto de vista deles, ela é subjetiva. O que alguns consideram arte não necessariamente pode ser entendido assim pelos demais. Dessa maneira percebemos que o significado da palavra “artista” pode ter uma ampla explicação, por isso convido você a abrir sua mente e se permitir extrair o melhor dessa explicação.

A palavra “arte” vem do latim “ars”, que por sua vez corresponde ao termo grego “tékne”. Ambos os conceitos podem ser traduzidos como as técnicas, os meios para se criar, fabricar ou produzir algo. Mas o conceito de arte pode variar tanto na forma de ser produzida quanto na forma de ser percebida. Afinal, arte é o resultado da cultura de cada povo, dos valores, dos anseios e da subjetividade da vida humana.

Por meio da arte podemos expor nossos sentimentos, aquilo que consideramos belo, o que nos revolta, o que é sagrado, o cotidiano e podemos representar personagens históricos importantes. Ao produzir arte, aprendemos e ensinamos muito sobre a cultura, a história e o comportamento humano, e também sobre a realidade e suas possibilidades de transformação. A arte pode ser ainda a válvula de escape para aquele que a produz, um meio de exprimir emoções que de outro modo não fariam sentido.

As primeiras manifestações artísticas da humanidade surgem no período pré-histórico com as pinturas rupestres que são representações gráficas em cavernas que mostravam a realidade, cotidiano, eventos importantes e marcantes para o homem daquela época. Deixavam, portanto, um marco histórico nestes locais.

Hoje conseguimos entender melhor sobre o início da vida humana por meio dessas pinturas. Desse modo podemos perceber que a arte é algo intrínseco e caraterístico do ser humano. Faz parte de nossa natureza.

O artista tem uma aguçada percepção do poder de sua arte e sabe exatamente como utilizá-la para proporcionar os mais diversos tipos de sensações em seus apreciadores. Além disso, ele usa sua arte como forma de despertar nas pessoas sentimentos que elas nem imaginavam que pudessem experienciar. Ele usa sua vocação da forma como acredita ser mais adequada, para lançar Luz sobre a Alma Humana.

Toda forma de arte pode gerar reflexão, provocar, chocar e estimular o senso crítico, ou pode simplesmente nos fazer sentir Amor, Compaixão, Paz interior, a presença de Deus na Terra e a positividade quântica do Universo. Tudo dependerá da nossa interpretação.

É comum que artistas sejam incompreendidos em seu período pois tendem a trazer para a sociedade ideias, pensamentos e sugestões que na grande maioria das vezes soam como “insanas”, ou “impossíveis”.

Eu, José Roberto Marques, me considero um artista. Sou um artista da vida, autor de minha própria história e um cientista do comportamento humano que um dia resolveu colocar Alma no processo de Coaching, e por isso fui considerado por muitos, um “maluco”, um “pirado da cabeça”. Mas hoje, os que me viam dessa forma, acompanham meu crescimento e me veem de forma diferente.

Muitos são os exemplos daqueles que em sua época, foram incompreendidos pela sociedade, rejeitados e até mesmo esquecidos. Alguns, tempos depois, tiveram sua arte redescoberta e passaram a ter um novo valor para as pessoas. Outros deixaram esse mundo sem que tivessem o devido reconhecimento, mas hoje são apreciados e sua arte vale milhões. Isso porque a arte tem para as pessoas o valor financeiro que a percepção delas aponta.

Há diversos tipos de arte com diferentes classificações, como por exemplo, as Artes Plásticas que se referem a esculturas e artesanato; Artes Visuais que se referem àquelas criadas para serem observadas, como é o caso da pintura. Há também as que envolvem apresentações como é o caso do teatro e da dança. Música, literatura, cinema, fotografia também são expressões da arte.

Com o avanço tecnológico, novos tipos de arte e novos meios de produção e divulgação continuam surgindo e vem sendo classificados como manifestações artísticas. Percebe-se, portanto, que além dos diversos tipos de arte, são também diversos os tipos de artistas existentes na atualidade. Seja como for, nem sempre o artista será compreendido, pois cada pessoa dará à sua obra, seja ela qual for, uma interpretação única e pessoal.

O artista muitas vezes percebe o mundo de forma diferente, vê o que poucas pessoas são capazes de ver, e dá às suas criações significados que muitas vezes precisam ser explicadas, por isso podem ser incompreendidos ou rejeitados em um primeiro momento.

Artistas costumam ser rotulados pela sociedade como pessoas boêmias, que se rebelam contra o sistema, que não tem um emprego estável, e dizem até mesmo que suas habilidades são um “dom”. Muitas vezes são marginalizados e percebidos como pessoas deprimidas, que “precisam sofrer ou estar sozinhas para criar”.

Fico curioso para saber de você, qual a sua visão sobre o significado da palavra “artista”? O que, do seu ponto de vista, caracteriza um artista?

Seja qual for o rótulo utilizado para caracterizá-los, ele, muitas vezes, faz parte apenas do julgamento das pessoas, e não da realidade do artista, que apenas utiliza técnicas para transmitir ao mundo os sentimentos, percepções e interpretações de sua Alma sobre os mais variados assuntos.

Sabendo disso, o que pode ser considerado “arte” na atualidade? Quem é o artista moderno? Muitos podem considera que pessoas famosas são artistas, mas, a fama em si não está necessariamente conectada à arte. Há muitos artistas excelentes ainda desconhecidos e pessoas famosas que são reconhecidas pelo público geral, mas que não apresentam nenhum tipo de talento ou expressão de arte.

Você acredita que novelas, músicas populares, festas e tradições folclóricas são um tipo de arte? Aqui entramos no mérito da diferenciação da Arte Erudita e da Arte Popular.

A Arte Erudita geralmente é encontrada em grandes museus ou apresentada em forma de consertos sinfônicos, ballets e literatura. É estudada e apreciada por grandes acadêmicos e pessoas com maior poder aquisitivo, por isso costuma ser mais restrita à elite. Artistas que desenvolvam Arte Erudita, e pessoas que possuam algum tipo de relação com esse tipo de arte também costumam ser mais valorizadas e reconhecidas socialmente.

Já a Arte Popular, como o próprio nome diz, está muito mais envolta na cultura popular de cada País. Reúne festas, artesanatos, diversos tipos de músicas, danças e histórias, sendo, de modo geral, mais acessível às pessoas, e por isso, da mesma maneira que as influencia, sofre influencias que variam de região para região.

A Cultura Popular Brasileira é muito rica neste sentido, possui diversas formas de expressão e dificilmente conseguimos caracteriza-la de forma sucinta.  Nosso País, além de ter um território incrivelmente extenso, possui influência de muitos povos, e consequentemente muita riqueza e diversidade artística.

Apesar de ser um conceito amplo, “artista” pode ser descrito em poucas palavras como aquele que cria algo, com intuito de gerar reflexão e despertar a Luz interior das pessoas, independentemente de ser reconhecido financeiramente ou não por isso. O que o artista almeja é tocar a Alma Humana. A fama e a riqueza são, por vezes, apenas consequência de sua realização, mas não são seus objetivos principais.

Ao compreender o que verdadeiramente significa ser um artista, percebemos que todos podemos criar nossa própria arte, podemos expressar nossa existência, nosso desejo de mudança, nossa Luz e nossa Sombra que, diga-se de passagem, também é necessária à nossa existência. Nós somos livres para transmitir a mensagem que desejarmos ao mundo, e na realidade, todos os dias fazemos isso, desde o momento em que acordamos.

A forma como nos vestimos, o que pensamos, nossos comportamentos, nosso Estado de Espirito, o que criamos, o que destruímos, o que acreditamos, o que compartilhamos, tudo o que somos são a representação de nossa existência no mundo. Todos somos artistas de nossa própria história.

Qual a mensagem que você tem transmitido ao mundo sobre a sua existência? Como você gostaria de ser visto? O que precisa mudar para que as pessoas enxerguem a sua verdade? Que marca você quer deixar no mundo quando não estiver mais aqui? O que você tem feito para ajudar a tornar o mundo um lugar melhor de se viver?

Você é um artista, é o autor e o protagonista de sua própria história. Que papel você tem representado? Você pode ser pai, filho, amigo, colaborador de uma empresa, um membro ativo de nossa sociedade. Está feliz com os papeis que vem desempenhando?

Pense em algo que você faria pelo resto de sua vida com tanto amor, que dinheiro e fama seriam apenas possíveis consequências de suas realizações.  O que você faria? O que realmente e verdadeiramente você percebe como missão de vida? Qual o seu Chamado do Universo?

A arte e a manifestação dela estão presentes em todos os lugares. Há belezas inimagináveis por todos os lados, às vezes nos mais sutis detalhes. O artista, por sua percepção aguçada enxerga essas belezas no mundo, capta o que há de mais precioso e compartilha por meio de sua arte esses encantos.

Um artista da vida é aquele que consegue perceber o belo nos mais escassos territórios, por isso tem maior facilidade em expressar gratidão. Ele compreende que até mesmo um dia de chuva pode ser maravilhoso se fizermos dele um dia maravilhoso; percebe as necessidades das pessoas e dá a elas o que precisam de forma simples e significativa; consegue transformar um dia triste em um dia feliz.

O artista da vida é criativo para resolver os problemas, pois não foca sua energia na dificuldade, mas sim na solução. É um visionário, enxerga além daquilo que está na superficialidade, tem um pensamento crítico e não se prende aos moldes antigos, pois sabe que para ser diferente é preciso pensar diferente, sair da caixinha e quebrar padrões.

O artista da vida corre atrás de seus sonhos, não espera que ninguém faça por ele. Tem consciência de que o Poder da criação e da realização estão verdadeiramente em suas mãos; acredita em si mesmo e na capacidade que possui de contribuir para que outras pessoas descubram seus talentos únicos.

Qual é o seu talento? No que você é verdadeiramente bom, extraordinário, talentoso? Você se percebe como um artista na condução e criação de sua existência? Acredita que está verdadeiramente fazendo o seu melhor? De que maneira você tem utilizado sua criatividade, percepção e sabedoria para desempenhar seus papeis no dia a dia? Tem explorado todo o seu potencial?

Todos temos uma Missão e um Propósito que precisam ser vivenciados com o melhor de cada um de nós, com nossa criatividade, nossa Luz, nossa resiliência e nossa capacidade de nunca perder a Fé na Vida.

Seja sempre sua melhor versão, busque crescimento, aprendizado e aperfeiçoamento. Todo artista, seja ele qual for, Erudita ou Popular, está sempre se aperfeiçoando. Como você poderia ser ainda melhor?

Somos o que desejamos ser, a vida é feita de uma sequência de escolhas. O que você escolhe ser? Qual papel quer desempenhar a partir de hoje e de qual papel escolhe abrir mão? O que você poderia fazer, que se você fizesse, poderia tornar o mundo um lugar melhor de se viver? De que forma você pode utilizar o seu talento único para deixar a sua marca no mundo?

Todos nascemos artistas. Quando crianças, percebemos o mundo com todos os nossos sentidos, nos permitimos experimentar emoções das mais diversas e de todos os sentimentos que compartilhamos com o mundo, o mais frequente é o amor. Para quase tudo o que fazemos quando crianças, utilizamos nosso Self 2, nossa emoção. Quando crescemos, é como se uma parte de nossa mente adormecesse e nos deixamos dominar pela razão, pelo Self 1.

Para ser um artista, é preciso antes de mais nada sentir, ver, olhar e ouvir… é preciso, como diria Olavo Bilac, ser capaz de ver e ouvir estrelas. Desperte sua mente e ouse ir além. Você tem valor e merece estar no centro do palco de sua vida. Permita-se sentir.

 

http://historia-da-arte.info/o-que-e-arte.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Artista

https://www.todamateria.com.br/o-que-e-arte/

https://www.todamateria.com.br/cultura-popular/

https://www.todamateria.com.br/cultura-erudita/

https://conceitos.com/artista/

https://www.infoescola.com/artes/definicao-de-arte/

https://brainly.com.br/tarefa/1735638

 

Copyright: 1141912151 – https://www.shutterstock.com/pt/g/vientocuatroestudio

Deixe seu Comentário: