importancia-individualidade

O Que é Individualidade e Qual a Importância Para a Nossa Vida

Por: José Roberto Marques | Blog | 01 de dezembro de 2017

Os seres humanos possuem diversos tipos de relações entre si, como as amorosas, familiares, profissionais e de amizade. A proximidade com outras pessoas é algo muito positivo, pois promove o crescimento e dá aos indivíduos a oportunidade de se aprimorar e evoluir. Contudo, é necessário estar ciente sobre o que é individualidade e qual a sua importância em todos os aspectos da vida, pois por mais que você tenha uma ligação forte com outras pessoas, é muito importante valorizar sua personalidade e suas particularidades.

O Que é Individualidade e Qual a Sua Importância?

A individualidade é o mesmo que saber distanciar a relação e os sentimentos que cultiva por alguém daquilo que você é, incluindo suas ideias, emoções e vontades pessoais. Nesse sentido, entenda a distância como algo positivo e que te ajudará a manter um relacionamento saudável, de modo que o outro não tenha papel de complemento, mas sim de alguém que agrega ainda mais valor à sua vida.

É fato que as relações que mantemos com outros indivíduos, de alguma forma, interferem nas decisões que tomamos. Mas é importante manter a atenção para que os limites da individualidade não sejam ultrapassados. Em um relacionamento amoroso, por exemplo, a ideia de que duas pessoas se tornam uma só pode ser uma metáfora bonita para se referir ao sentimento. Contudo, quando o casal reconhece a importância de manter sua individualidade demonstra maturidade e respeito às suas diferenças.

Como Manter a Individualidade Sem Prejudicar as Relações

É possível manter a individualidade sem prejudicar as relações que tem com as pessoas que ama ou ainda sem ser uma pessoa autocentrada e egoísta. Mas, para isso, é necessário que você e o outro tenham maturidade e conheçam os seus sentimentos, para que não confundam este comportamento evoluído com falta de amor ou consideração. Existem atitudes que ajudam a manter a individualidade sem prejudicar os laços, veja algumas delas.

Atividades: por mais afinidade que se tenha com a outra pessoa, é natural que cada uma tenha suas atividades preferidas, como a prática de um esporte, por exemplo. É importante que se mantenha esse costume, para que cada um possa continuar fazendo o que gosta e tenha seus momentos.

Amigos: as amizades são muito importantes na vida de qualquer pessoa, assim como outros tipos de relacionamentos. Então, mantenha contato com os seus amigos mesmo após iniciar um namoro ou se casar, por exemplo. Uma coisa não deve excluir a outra.

Respeito ao Outro: lembre-se sempre que a pessoa já tinha uma vida antes de se relacionar com você, então respeite isso. Cada indivíduo tem os seus hábitos, que podem passar por algumas mudanças, mas, na essência, serão sempre os mesmos.

Equilíbrio: quando se ama alguém é natural se preocupar com ela, entretanto, tome cuidado para não exagerar e transformar o seu zelo em excesso de cobrança. Ligar várias vezes ao dia, por exemplo, para saber onde a pessoa está, além de não ser saudável, é uma invasão à individualidade do seu parceiro ou parceira.

Segurança: quando se tem segurança sobre o que se sente por alguém e sabe que é correspondido, não há espaço para ciúme. Então, evite desperdiçar o seu tempo com brigas sem fundamento.

Diálogo: é natural que existam divergências de opinião entre duas pessoas, isso é mais uma prova de que a individualidade é importante. Contudo, é importante saber a forma certa de se lidar com as diferenças. O ideal é que se tenha diálogo para chegar a um consenso, sempre com muito respeito e tolerância, e, caso não cheguem a um ponto comum, o que é bastante natural, que cada um saiba o momento certo de ceder, recuar ou avançar na questão.

Parceria: veja a pessoa que gosta como uma parceira de vida e não como uma propriedade sua. Essa mudança na visão a respeito do outro irá te ajudar a se relacionar de forma mais saudável e sem invadir o espaço alheio e sem sabotar a sua individualidade e a individualidade do outro.

Demonstrar Sentimentos: cada indivíduo tem a sua forma de demonstrar sentimentos e isso deve ser respeitado. Entretanto, para um relacionamento ser mantido, é necessário alimentá-lo por meio de diversos tipos de atitudes, como respeito, companheirismo, lealdade, carinho, compreensão. A cumplicidade entre as pessoas as torna mais unidas e evita o surgimento de inseguranças que impedem que a individualidade seja preservada.

Incentive o Autoconhecimento Para Promover a Individualidade

Buscar o autoconhecimento é uma condição indispensável para se entender o que sente e as emoções geradas através disso. Ao adquirir esse entendimento é possível ter relacionamentos muito mais saudáveis e aprender a respeitar a individualidade das outras pessoas. Isso porque grande parte dos problemas nas relações tem ligação com a insegurança, pois se acredita que a distância seja capaz de diminuir o amor. Então, o autoconhecimento entra em cena e torna os indivíduos mais autoconfiantes e seguros.

Se você está em um relacionamento e sente que a outra pessoa demonstra estar insegura, incentive-a a se conhecer também. Conversem abertamente sobre o que sentem, mostre que o respeito à individualidade será positivo para as duas partes e que o fato de querer manter uma distância saudável não tem nenhuma relação com falta de amor. Nem sempre aquelas pessoas que estão juntas em todos os momentos são as que mais se amam e se respeitam.

A confiança é algo que deve ser construído dia após dia, para que se torne cada vez mais forte e duradoura. Ela é a chave do respeito à individualidade, pois quem confia entende que é desnecessário manter a outra pessoa próxima a todo o momento para manter uma relação.

Individualidade é Diferente de Individualismo

Talvez, o que deixe as pessoas inseguras seja fruto de uma confusão envolvendo individualidade com individualismo. Por isso, é necessário deixar claro que se tratam de coisas completamente diferentes. A primeira diz respeito a se enxergar como indivíduo, com ideias e vontades próprias. Já o segundo tem a ver com desconsiderar a outra pessoa ao tomar decisões e agir de forma egoísta.

Para termos relações saudáveis é necessário encontrar o equilíbrio e saber considerar aqueles que amamos ao agir e tomar decisões, mas sem sufocar suas características individuais. Isso é perfeitamente possível e é sinal de maturidade. O segredo para um relacionamento dar certo é deixar claro que as duas pessoas são livres e se mantêm unidas por vontade e não por obrigação.

E você, consegue respeitar a individualidade das pessoas que ama? Acredita que o seu espaço também está sendo respeitado? Suscite o diálogo sobre esse assunto com seu cônjuge, familiares e amigos, essa é a melhor maneira de iniciar o entendimento e ter relacionamentos mais saudáveis.

Copyright:  548542591 – https://www.shutterstock.com/pt/g/connect_world

Deixe seu Comentário: