bom-ansiedade-dicas

O que é Bom para Ansiedade

Por: Equipe JRM | Ansiedade | 26 de abril de 2019

É comum que pessoas ansiosas tenham dificuldade em admitir que possuem Ansiedade. Entretanto, quando percebem seus sintomas, buscam informações na internet antes de recorrerem a especialistas. Uma das buscas mais realizadas é “o que é bom para Ansiedade”, e as respostas são as mais diversas.

Fala-se sobre o que é Ansiedade e seus sintomas, dicas para controlar a Ansiedade, quais são os tipos de Ansiedade, mas não existe nenhuma resposta específica para esse questionamento. Afinal, o que é bom para Ansiedade?

A Ansiedade não é por si só algo ruim. Ela faz parte da natureza Humana e de nossos dias. Quando ansiamos pela chegada de alguém que não vemos a muito tempo, ou pela resposta de uma oportunidade de emprego, a Ansiedade não se mostra como uma característica prejudicial à saúde. O que acontece é que o ritmo de nosso dia a dia é cada vez mais acelerado, e consequentemente, acabamos permitindo que o mundo externo interfira em nosso mundo interno.

Esse distúrbio que se dá no sistema de percepção de algumas pessoas, pode causar angústia, dor, sofrimento e sintomas claros de Ansiedade como irritabilidade, choro, dor no peito, palpitação, falta de ar, medo, apreensão, insegurança e sensação de que algo extremamente ruim possa acontecer a qualquer momento.

Estima-se que cerca de 33,7% da população mundial sofra de algum tipo de Transtorno Mental relacionado à Ansiedade, e de acordo com especialistas o tratamento para esses distúrbios requer uma abordagem multidimensional, o que significa que embora medicamentos sejam necessários, também é recomendado o acompanhamento terapêutico e a utilização de técnicas de relaxamento, além do apoio da família e adoção de hábitos mais saudáveis.

É importante ressaltar que Ansiedade não possui uma cura definitiva. O que existe são formas de controlá-la com medicamentos químicos e naturais, chás, técnicas de respiração e meditação, além da prática de exercícios físicos e cuidados com o sono e a mente.

Alguns dos melhores hábitos para combater a Ansiedade e todos os pensamentos negativos e bloqueadores que a acompanham são:

  • Medite

Um estudo realizado pela Universidade de Waterloo, comprovou que 10 minutos de meditação diária podem ser suficientes para conter os pensamentos negativos e acalmar a mente. Claro que se for confortável e possível, você pode meditar por mais tempo. Quanto mais praticamos, melhores nos tornamos.

  • Invista nos Chás

Pode parecer clichê, mas uma xícara de chá de Camomila pode ser verdadeiramente útil para amenizar alguns dos diversos sintomas de Ansiedade. Um estudo de 2009, realizado pela Universidade da Filadélfia, comprovou a eficácia da utilização da Camomila no controle desse distúrbio. Outra opção é o chá Verde, que possui um tipo de aminoácido que ajuda a reduzir a pressão sanguínea e a frequência cardíaca da pessoa ansiosa.

Você é feliz?

  • Exercite-se

Exercitar-se diariamente pode ajudar a combater a Ansiedade e a Depressão. Isso porque ao praticar exercícios, nosso organismo produz serotonina, responsável por manter a qualidade de nosso humor, e reduz a produção de cortisol, que nos causa estresse e tantas sensações negativas. Quando se está no meio de uma Crise de Ansiedade, caminhar por 5 ou 10 minutos pode ajudar a controlar e aliviar bastante a tensão.

  • Faça Anotações

Quando a Ansiedade toma conta de nossa mente, é comum tendermos a alimentar pensamentos negativos. Por isso é importante recorrermos a práticas que nos permitam colocar para fora os sentimentos ruins que esses pensamentos geram. Anotar o que sentimos no momento em que sentimos pode ser uma forma de aliviar nossas dores e preocupações do momento. Ao escrever, podemos analisar a situação por uma outra perspectiva, por isso essa pode ser uma boa forma de aliviar os sintomas da Ansiedade.

  • Afaste-se de Pessoas e Situações Tóxicas

Há momentos em que nossa Ansiedade parece derivar de certas pessoas e situações que roubam nossa felicidade e sugam a nossa energia, com isso ficamos tensos, desconfortáveis e nos sentimos infelizes. Manter-se afastado de situações e pessoas tóxicas pode parecer difícil quando esse alguém é tão próximo, mas é um processo necessário e que traz benefícios significativos às nossa vida.

  • Fale com Si Mesmo

Durante uma Crise de Ansiedade a mente de uma pessoa ansiosa tende a ficar repetindo para ela mesma mensagens negativas e destrutivas. Uma excelente maneira de controlar esses pensamentos é falando com si mesmo, em voz alta. Acalme a si mesmo com palavras tranquilizadoras, fale com você na segunda pessoa. Diga coisas como “fique calmo, esse sentimento é apenas seu cérebro pregando uma peça. Logo essa sensação ruim vai passar”.

  • Lembre-se de que você não está só

Uma das práticas mais comuns de pessoas ansiosas é julgar a si mesma quando passa por uma Crise. Não seja tão duro com si mesmo. Lembre-se que 1 em cada 3 pessoas sofre de Ansiedade de algum tipo, portanto, você não é o único. Além disso, há pessoas que te amam e que te querem bem, que estão dispostas a te apoiar em seu tratamento, portanto, valorize-as.

O que é bom para Ansiedade então? É olhar com sabedoria e amor para si mesmo, cuidando de seus pensamentos, alimentando-os de positividade e boas energias a cada novo dia. É buscar ajuda de pessoas que possam contribuir com seu autocontrole e te encorajem a encontrar recursos e respostas dentro de si mesmo.

Lembre-se de que ter Ansiedade é normal. O que você talvez precise é ajustar a importância que dá a opiniões e situações externas, não permitindo que elas afetem e desequilibrem de alguma maneira seu mundo interno.

Lembre-se sempre de se lembrar de nunca mais se esquecer que nosso mundo externo é apenas reflexo do nosso mundo interno, por isso cuide do seu corpo, cuide de sua saúde e de seus pensamentos. Permita-se viver uma vida com menos Ansiedade e busque ajuda de um especialista se julgar necessário.   

 

Copyright: 1173699871 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: