Não Ouça a Tristeza – Ela é Má Conselheira!

Por: José Roberto Marques | Blog | 02 de maio de 2017
Mulher sorrindo vencendo a tristeza

XMEE/Shutterstock Ouça emoções e sentimentos positivos. Eles são bem melhores que qualquer tristeza

A tristeza é má conselheira. Já parou para pensar no quanto ela tenta te sabotar em seus momentos de maior vulnerabilidade? Pois é, quando estamos menos felizes, ela aparece trazendo ideias ruins, medos e sentimentos destrutivos que nos fazem desacreditar em nós mesmos e perder nosso otimismo.

Diferente da depressão, que é uma doença marcada por uma sensação constante e, às vezes, inexplicada de consternação profunda, a tristeza é mais pontual, pois acontece quando alguma coisa não sai como desejamos, quando somos surpreendidos por notícias ruins ou quando estamos descontentes com algo em nós ou nas pessoas próximas.

Entretanto diferente de estar deprimido, quando estamos apenas tristes é bem mais fácil reverter esta situação, pois estamos mais abertos a mudar nosso estado mental. Este, por sua vez pode ser revertido por meio de ações e emoções positivas em relação ao acontecimento que nos causou, em determinado momento, aquele entristecimento.

Não Ouça a Tristeza!

No dia a dia, acontecem muitas coisas que nos deixam tristes, entretanto, saiba que isso não pode ser maior que sua vontade de ser feliz, de ficar bem consigo mesmo e com as pessoas à sua volta. Para isso, é importante entender que algumas coisas estão fora do nosso controle, portanto, não podemos mudá-las depois que acontecem. Mas olhe só, você tem o poder de escolher como vai reagir a tudo isso e de ir além.

Na prática, eu quero dizer que as coisas só nos atingem quando permitimos. O caminho para isso é fazer uma blindagem emocional que lhe permita perceber quando as coisas apenas sabotam você, só servem para te desanimar, enfraquecer e quando, mesmo uma tristeza pontual, pode agregar algum aprendizado e fortalecimento para sua vida.

De modo geral, a tristeza vai tentar te sabotar em todos os momentos, vai te fazer sentir medo em momentos decisivos, vai barrar seu crescimento profissional quando você precisar mostrar seu potencial, te fazer recuar quando precisar se posicionar pessoalmente. E sabe por quê? Porque quando estamos tristes, nos sentimos inseguros para fazer o que precisamos fazer e perdemos a confiança em nossas competências, habilidades e sonhos.

Alimente Pensamentos e Sentimentos Positivos

Quando esta vozinha triste e negativa fica gritando em nossa mente coisas ruins, para que não se transformem numa depressão, é preciso que seja veementemente combatidas diariamente. Em outras palavras, você precisa ser mais forte psicologicamente, ter ações firmes e alimentar ideias e sentimentos positivos que te façam combater seus momentos de dificuldade com inteligência emocional, prudência, assertividade e até mesmo bom humor. Afinal, se não for bom para você, o melhor mesmo é mandar estas emoções negativas irem embora de uma vez, ao invés de ficar remoendo tristezas que apenas tentam derrubar sua força interior e boicotar sua felicidade.

Portanto, quando a tristeza quiser te abater e te enfraquecer falando coisas ruins, faça um contra-ataque: pense em coisas positivas, lembre-se de todas as suas vitórias, superações, busque soluções para seus problemas pessoais e profissionais, leia mensagens de otimismo, use sua inteligência, experiência e conhecimentos para encontrar boas soluções e bons motivos para seguir em frente, pois você merece ter o sucesso e o bem-estar emocional que busca conquistar. E, se quiser uma dica final: aproveite cada dia para ser muito feliz!

Deixe seu Comentário: