linkedin-dicas

O Que é LinkedIn e Como Utilizar Essa Ferramenta Para Se Destacar Profissionalmente

Por: José Roberto Marques | Blog

A primeira rede social foi criada em 1995 com o objetivo de facilitar a comunicação entre colegas de escola e faculdade. De lá para cá, novas mídias surgiram, como Facebook, Twitter, Instagram, todas com o intuito de conectar pessoas através de mensagens, fotografias, vídeos. Apesar de empresas utilizarem esses sites para divulgarem seus produtos e serviços, o foco sempre foi mais direcionado ao entretenimento.

Contudo, existe uma em especial que foi desenvolvida para relacionamentos profissionais, e é exatamente a respeito dela que falarei no artigo de hoje. Continue acompanhando para entender melhor o que é LinkedIn e como você pode utilizar essa ferramenta para se destacar profissionalmente.

O Que é LinkedIn e Como Surgiu?

Conhecido popularmente como “Facebook Para Negócios”, o LinkedIn é uma rede social que tem como objetivo conectar profissionais. Nele, é possível criar um perfil com informações sobre suas qualificações, experiências de trabalho, área de atuação, entre outras. Podemos dizer que se trata de uma representação virtual do chamado network, que significa rede de contatos. Afinal, ao criar um perfil, você tem a oportunidade de encontrar oportunidades de trabalho, parceiros de negócios e, até mesmo, buscar profissionais para trabalharem na sua empresa.

Foi criado por um grupo de amigos que se conheceram na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. A ideia inicial surgiu no final da década de 90, quando Reid Hoffman e Konstantin Guericke começaram a pensar sobre o quanto seria interessante ter um meio online para que pudessem fazer contatos profissionais. Alguns anos depois, mais precisamente em 2002, eles se juntaram a Allen Blue, Eric Ly e Jean-Luc Vaillant, e deram início ao projeto que se tornou o LinkedIn, que é utilizado por milhões de pessoas ao redor do mundo.

10 Dicas Para Criar um Perfil Interessante no LinkedIn

Ter um perfil no LinkedIn é importante porque muitas empresas recorrem a ele quando desejam buscar candidatos para uma vaga ou para conhecer melhor alguém que tenha tomado a iniciativa de se candidatar. Sabe aquelas informações que não dá para colocar no currículo porque o deixaria extenso demais? Coloque no LinkedIn! Assim, poderá apenas acrescentar o link no currículo e aqueles que tiverem interesse poderão acessar o seu perfil para conferir.

Aproveite e confira dez dicas que irão te ajudar a criar um perfil interessante e que faça com que se destaque no mercado, independente se o seu objetivo é encontrar novas oportunidades ou apenas fazer contatos de negócios.

1 – Deixe o Seu Perfil o Mais Completo Possível

Como disse anteriormente, o LinkedIn oferece mais espaço do que um currículo tradicional, o que permite que acrescente diversas informações a respeito de sua trajetória profissional. Apenas é importante considerar que o que vale é a qualidade e não a quantidade. Portanto, coloque dados que sejam relevantes e que tenham relação com os seus objetivos em relação à sua carreira.

2 – Capriche no Resumo

Uma parte bastante interessante de um perfil do LinkedIn é o resumo, em que o usuário tem a oportunidade de se descrever em algumas linhas, incluindo sua área de atuação, suas qualidades de maior destaque e seus objetivos profissionais. Aproveite esse espaço com sabedoria, atentando-se ao conteúdo e também à escrita, que também costuma ser avaliada.

Você é feliz?

3 – Escolha uma Foto Adequada Para o Perfil

Assim como em outras redes sociais, o LinkedIn também oferece a opção de colocar uma foto de perfil. Como o foco é profissional, é necessário tomar alguns cuidados e evitar, por exemplo, fotografias descontraídas demais. Por outro lado, também não é necessário exagerar na formalidade e colocar uma imagem séria, no estilo 3×4. Escolha uma foto simpática, que passe certo grau de seriedade, mas que não beire à sisudez.

4 – Descreva Cada uma das Suas Experiências Profissionais

Mais do que colocar uma lista com todos os locais em que já trabalhou, o ideal é descrever cada uma dessas experiências. Afinal, nem sempre o nome do cargo deixa claro quais são as atividades que fazem parte dele. Desse modo, quanto mais descritivo for, melhor, mas, claro, sempre tomando cuidado para não escrever textos longos demais.

5 – Encontre o Equilíbrio Entre Formalidade e Informalidade

O LinkedIn não é informal como o Facebook e Instagram, em que é natural compartilhar imagens engraçadas e fotos de um final de semana na praia, contudo, também não é formal como um currículo, em que não há espaço para nada além de informações escritas e uma foto 3×4. Então, é interessante que encontre o equilíbrio entre formal e informal, pois é exatamente esse o estilo dessa rede social.

6 – Cite Suas Conquistas Profissionais

Recebeu um prêmio por um projeto que realizou? Coloque no LinkedIn! Uma das partes mais interessantes da rede é a possibilidade de acrescentar informações como essa, que agregam à imagem do profissional e que, muitas vezes, não cabem em um currículo tradicional. Por isso, lembre-se de registrar suas conquistas, pois elas podem te levar a alcançar muitas outras.

7 – Adicione Mídias Que Possam Agregar

Além de textos, o LinkedIn também permite que os usuário publiquem fotografias e vídeos. Assim, você pode compartilhar mídias que tenham relação com a sua carreira, como, por exemplo, vídeos de eventos e palestras que participou, entre outras. Apenas tome cuidado com a qualidade dessas mídias, evitando colocar, por exemplo, imagens pouco nítidas e vídeos com problemas de som.

8 – Faça Recomendações nos Perfis dos Seus Contatos

Uma funcionalidade muito interessante do LinkedIn é a que permite que os usuários recomendem habilidades uns dos outros. Dessa maneira, você pode acessar o perfil de um colega de trabalho, por exemplo, e escrever uma mensagem dizendo o quanto ele é capacitado para realizar determinada atividade. Faça isso e aumente as chances de as pessoas retribuírem e fazerem o mesmo contigo.

9 – Adicione Pessoas Com Quem Tenha Algum Tipo de Relação

Ao criar o seu perfil, evite sair adicionando pessoas desconhecidas sem nenhum tipo de critério. Prefira focar em indivíduos que já conhece e não tenha pressa, pois a ideia é realmente construir a sua rede de contatos com o passar do tempo. Uma forma interessante de divulgar o seu perfil é acrescentando um QR CODE ou mesmo o endereço do link no seu cartão de visitas.

10 – Mantenha Seu Perfil Sempre Atualizado

Por fim, lembre-se que, apesar de parecer um currículo, o LinkedIn é uma rede social, que precisa das pessoas para se manter interessante. Então, visite o seu perfil com frequência e atualize-o sempre que algo de novo acontecer. Assim, ele ganhará cada vez mais visibilidade e, consequentemente, sua carreira também.

Gostou de saber mais a respeito do LinkedIn e de como ele pode te ajudar a se destacar profissionalmente? Então compartilhe este artigo em suas redes sociais e leve a informação adiante!

 

Copyright: 563919091 – https://www.shutterstock.com/pt/g/boo+photo

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: