infancia-feliz

Um futuro de sucesso depende de uma infância feliz. Saiba mais

Por: José Roberto Marques | Blog | 29 de novembro de 2019

Você sabia que as experiências vividas por um indivíduo na infância possuem um grande impacto sobre o seu futuro? Isso mesmo, porque é na fase inicial da vida que se forma caráter, valores e outras características importantes. Por essa razão, se deseja que o seu filho seja um adulto de sucesso, é preciso que o incentive desde já. Continue a leitura e entenda melhor essa relação, além de conferir dicas de como incentivar crianças para que se tornem pessoas extraordinárias.

Os impactos da infância na vida adulta

Os pais e irmãos mais velhos são os primeiros exemplos que uma criança tem. Assim, o modo com eles agem perante diferentes situações da vida, além da harmonia familiar, tem uma forte influência sobre o adulto que esse ser tão pequeno irá se tornar no futuro. Quanto mais incentivado ele é, mais confiante em relação ao seu potencial será.

Pesquisas realizadas por diversas universidades norte-americanas mostram como cada tipo de situação impacta no futuro de uma criança, confira!

1 – Presenciar os pais em conflito

Um estudo da Universidade de Illinois mostrou que crianças que cresceram em famílias onde os conflitos são resolvidos abertamente crescem mais equilibradas do que aquelas que viam os pais resolver tudo a portas fechadas. O fato de presenciar discussões e vê-las sendo resolvidas, faz com que cresçam mais seguras e confiantes, o que certamente influencia no sucesso profissional.

2 – Habilidades sociais no jardim de infância

Pesquisadores das universidades de Duke e da Pensilvânia analisaram o comportamento de 700 indivíduos da infância até completarem 25 anos de idade. Dentre as informações obtidas, constataram que as crianças com habilidades sociais mais bem desenvolvidas e que se relacionavam bem com os colegas, tiveram mais chances de ingressar em uma boa universidade e construir uma carreira de sucesso.

3 – Filhas de mães que trabalham fora

Segundo uma pesquisa da Universidade de Harvard, as filhas de mães que trabalhavam fora frequentavam a escola por mais tempo, tinham maior probabilidade de ter um emprego como supervisoras ​​e 23% mais renda em comparação às colegas criadas por mães que ficavam em casa.

4 – Tentar parecer legal para se encaixar

É comum que alguns adolescentes tentem adotar uma postura diferente, a fim de parecerem legais para os colegas e, assim, serem aceitos pelo grupo. Um estudo analisou esse comportamento e constatou que aqueles que passaram por esse tipo de experiência se tornaram mais propensos a apresentarem problemas com álcool e drogas na fase adulta.

5 – Assistir programas violentos

Essa é uma informação controversa, mas que, como todas as outras, foi obtida através de uma pesquisa que acompanhou crianças ao longo de vários anos. Foi contatado que aquelas que cresceram assistindo programas de TV violentos, principalmente em que o autor das ações é recompensado, se mostraram mais propensas a se tornarem adultos agressivos.

Você é feliz?

6 – Aprendizado de matemática

É provável que já saiba que aprender matemática desde cedo auxilia nos estudos. Entretanto, uma pesquisa descobriu que os benefícios vão além, estendendo-se até mesmo para melhores habilidades de leitura.

7 – Ser vítima de bullying

O bullying é um problema grave e que pode prejudicar seriamente o desenvolvimento emocional de um indivíduo. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Duke concluiu que as vítimas de bullying na infância estão mais propensas a sofrerem com transtornos de ansiedade na idade adulta. Além disso, tanto as vítimas quanto os agressores apresentaram o risco de ter depressão e transtorno do pânico.

8 – Bebês que assistem TV

A TV é, para muitos pais, uma ferramenta de tranquilidade, porque basta colocar um desenho animado para passar para que os pequenos fiquem entretidos assistindo. Porém, um estudo mostrou que a televisão reduz o tempo de comunicação entre pais e filhos, o que pode prejudicar as habilidades comunicativas e de aprendizado das crianças.

9 – Criação com limites

Indivíduos que são criados com limites e que aprendem desde cedo a ter autocontrole têm maior probabilidade de se tornarem adultos saudáveis e financeiramente seguros do que aqueles que não conseguem controlar seus impulsos.

10 – Atenção dos pais

Um estudo realizado com pessoas nascidas em situação de pobreza constatou que as crianças que receberam os devidos cuidados e a atenção dos pais nos primeiros três anos de vida, tiveram relacionamentos mais saudáveis ​​e maior desempenho acadêmico na vida adulta.

Vale lembrar que todas essas informações foram obtidas através de pesquisas que acompanharam crianças ao longo dos anos. Nenhum desses dados é uma regra, mas eles podem servir como base para ajudar pais que desejam proporcionar aos seus filhos uma infância tranquila e feliz, para que se tornem adultos equilibrados, corretos e produtivos.

Como proporcionar uma infância feliz a uma criança?

Essa é uma pergunta bastante comum entre os pais e que é bastante pertinente, afinal, como vimos ao longo do artigo, a infância tem um grande impacto sobre toda a vida de uma pessoa. Um ponto importante a ser citado é que, para proporcionar isso ao seu filho, não é preciso ter uma condição financeira abastada, principalmente porque a coisa mais valiosa que você pode oferecer a ele são valores sólidos e amor.

É claro que existem algumas necessidades básicas que precisam ser supridas, como saúde, roupas, alimentação, educação, lazer, mas tudo isso pode acompanhar as condições que os pais têm a oferecer. O fato de você não ter como dar ao seu filho as melhores roupas ou matriculá-lo na melhor escola não irá impedi-lo de ter sucesso no futuro. Basta que o ensine a acreditar em seu potencial e lutar por tudo o que deseja.

Existem pais que, na ânsia de motivarem seus herdeiros, acabam se excedendo nos elogios. Assim, a criança tem grandes chances de crescer acreditando que é superior em relação aos demais. O melhor a fazer é sempre manter o foco do elogio no esforço dela, em vez de simplesmente dizer o quanto é inteligente, por exemplo. Dessa maneira, ela crescerá sabendo que é capaz, mas entendendo que precisa se esforçar para conseguir o que deseja.

Por trás de cada criança que acredita em si mesmo existe uma família que acreditou nela em primeiro lugar. Pense nisso e mostre ao seu filho que ele é capaz de tudo o que desejar e se dedicar a alcançar!

Copyright: 611459207 – https://www.shutterstock.com/pt/g/photographeeeu

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: