lideranca-autoritaria

Conheça a Liderança Autoritária e seus Impactos na Organização

Por: José Roberto Marques | Blog | 11 de setembro de 2019

Se você trabalha há algum tempo, provavelmente, já percebeu que existem diversos tipos de liderança. Há a liderança autoritária, centralizadora, democrática, desleixada e muitos outros estilos. 

No fim das contas, não há um líder que age de forma 100% certa ou 100% errada. O que acontece é que o líder ou gestor é um ser humano, como todos nós, e que comete erros e acertos todos os dias. Apesar de ser importante ter isso em mente, também é fundamental entender que existem comportamentos que não são adequados, não importa qual é a liderança. Atitudes mal educadas, desrespeitosas, discriminatórias, racistas, machistas ou elitistas colocam negatividade à imagem de qualquer tipo de profissional.

Como os estilos de liderança são variados, no artigo de hoje, vou te mostrar apenas um deles. Hoje você vai conhecer um pouco mais sobre a liderança autoritária, que não é muito bem-vinda na maioria das empresas. Acompanhe para saber mais!

Seja reconhecido como um líder extraordinário!
Acesse agora mesmo meu ebook “Leader Coach”!

O que é uma liderança autoritária

O líder que é focado apenas na execução, cumprindo tarefas, as regras e as normas regidas pela empresa, pode ser denominado como autoritário ou autocrático. Isso acontece, pois o seu desempenho leva em consideração somente as opiniões do chefe, ou seja, é feito de forma individual, sem ouvir o que os liderados têm a dizer. Será que é esse o caminho mais adequado para incentivar o trabalho em grupo do time, bem como o incentivar o crescimento da produtividade e da qualidade das entregas? 

Agindo da forma que contei acima, o gestor define o que será feito, como será feito e quem o fará sem perguntar nada a ninguém. Sua convicção nas suas habilidades técnicas, intelectuais e comportamentais é tão grande que ele opta por decidir tudo sozinho. Esse tipo de atitude acaba sendo ineficiente, pois tende a trazer insatisfação aos colaboradores, que, por consequência, não desenvolvem o trabalho em um clima harmonioso.

Principais indicadores de um líder autoritário

Para ajudar você a perceber o que é uma liderança autoritária na prática, fiz uma seleção com as principais características. Confira:

  • Decisões tomadas com base no poder, ou seja, sem consultas prévias a qualquer profissional que esteja trabalhando com ele. 
  • Preocupação extrema com o cumprimento de processos, sem permitir que eles sejam desenvolvidos para que se adequem às mudanças da empresa e da sociedade.
  • Fã da ideia de que os fins justificam os meios, mesmo que isso afete outros colaboradores no processo.
  • Falta de habilidade para dar feedback construtivos, o que dificulta o seu autodesenvolvimento, bem como a evolução do time individualmente ou coletivamente.
  • Incapacidade de ouvir na essência, dificultando o compartilhamento de novas ideias, sugestões e experiência profissionais relevantes. 
  • Baixa competência para lidar com pessoas de um modo geral, causando desconforto entre os próprios liderados e com outros times da empresa.
  • Falta de aderência com a cultura organizacional da corporação, levando os liderados a não entrarem em contato com a mesma também. Aqui é importante ressaltar que, em algumas empresas, a liderança autoritária é bem-vinda, portanto, não há problema de ligação com a cultura organizacional. 
  • Cobrança excessiva por resultados, mesmo que isso traga problemas para o time.
  • Determinação de punições severas para quem comete erros, sem entender contextos ou estimular o aprendizado.
  • Dificuldade e criar, sustentar e estimular o relacionamento interpessoal.
  • Extrema preocupação com a sua imagem profissional técnica, deixando de lado o seu marketing pessoal. 

Você já trabalhou com alguém que possui uma ou mais características acima? Se sim, conte como foi a sua experiência no fim do artigo. Sem citar nomes, acredito que será uma oportunidade de desabafar e mostrar a outras pessoas que estão passando por situações parecidas, que elas não estão sozinhas. 

Agora que você já conhece mais sobre o conceito e os principais comportamento de uma liderança autoritária, vou te mostrar um dos resultados que esse cenário pode trazer. Continue lendo para saber mais!

Seja reconhecido como um líder extraordinário!
Acesse agora mesmo meu ebook “Leader Coach”!

O líder ditador

Uma das possíveis consequências que o modelo de liderança autoritária pode trazer é a falta de mobilização por parte do liderado. Isso é possível de acontecer, pois, como o líder autoritário sempre está à frente de tudo, tomando todas as decisões, o colaborador simplesmente não faz questão de participar, cumprindo somente o que mandam a ele. O sentimento de insatisfação predomina e ele acaba se sentindo uma máquina de produção, assim que termina um trabalho, já enviam outro, apenas para que ele o execute.

Nesse contexto, esse tipo de gestor é comparado a um ditador, já que, estando ou não presente, sua figura denota cobrança e punição severa em caso de erros. O líder com esse perfil faz elogios, críticas e julgamentos de forma pessoal, desconsiderando os fatores profissionais que devem existir e predominar nas relações de trabalho.

Não é recomendado que esse tipo de gestão seja utilizada com funcionários novos que ainda não foram treinados e desconhecem as tarefas que irão desempenhar, bem como as regras e normas da empresa. Ela também funciona com pessoas que precisam de acompanhamento constante e de uma grande quantidade de detalhes nas informações e ordens. Outro caso é quando o liderado tenta desafiar seu superior, desrespeitando-o e não cumprindo com as suas obrigações. 

Em ambos os casos, o melhor caminho para o líder é buscar o entendimento e não à opressão. Do mesmo modo, é interessante que o profissional busque consultoria com outros gestores e também os próprios liderados. Dessa forma, ele tem mais chances de se tornar um líder que é reconhecido de forma positiva e não negativa.

Uma maneira de chegar a esse amadurecimento é contando com o coaching. O método ajuda o profissional que é líder ou que gostaria de ser, a progredir nos pontos em que já é forte e a desenvolver as características que são sabotadoras no dia a dia. Com exercícios de autoconhecimento, inteligência emocional, autoconfiança e autodesenvolvimento, o profissional consegue chegar a resultados extraordinários, que estimulam o despertar do seu potencial infinito. 

O coaching traz resultados em curto, médio e longo prazos que podem ser benéficos tanto dentro do trabalho, quanto fora. Isso faz parte de um processo com resultados progressivos, e mais importante do que isso, constantes. Afinal, como eu disse acima, o método ensina o autodesenvolvimento, essencial para qualquer ser humano que deseja evoluir. 

Gostou do que aprendeu hoje? Então, compartilhe esse artigo nas suas redes sociais!

 

Copyright:© Depositphotos.com / alphaspirit

Deixe seu Comentário: