interagir-com-pessoas

Como Interagir Com as Pessoas?

Por: José Roberto Marques | Blog | 26 de novembro de 2017

Para muitos indivíduos interagir com os outros é algo natural, entretanto, para alguns, socializar é algo realmente desafiador. Se esse é o seu caso, acredito que irá gostar das dicas que darei de como interagir com as pessoas para ter relacionamentos mais positivos com familiares, colegas de trabalho, amigos e em seus ciclos sociais de uma forma geral. Lembre-se que os nós humanos são seres sociais e é perfeitamente possível conviver em harmonia respeitando a sua essência. Quer saber como? Continue lendo e saiba mais!

10 Dicas de Como Interagir Com as Pessoas em Diversas Situações

Se você se sente um frio na barriga sempre que precisa interagir com pessoas com as quais não tem intimidade, saiba que isso é mais natural do que possa imaginar. A boa notícia é que é perfeitamente possível resolver essa questão em seu interior e tirar de letra qualquer situação que envolva interação. As dicas que darei a seguir vão te ajudar a ter mais segurança em suas conversas e, assim, consiga agir com naturalidade.

1 – Descubra a Origem da Sua Insegurança

Quando um indivíduo se conhece, consegue identificar melhor o que sente e, assim, analisar suas atitudes com maior racionalidade. Então, invista no autoconhecimento para conseguir entender a razão pela qual sente insegurança ao interagir com outras pessoas. Algumas razões podem incluir timidez ou medo da rejeição, que, muitas vezes, é gerado ainda na infância. Crianças que eram muito reprimidas e criticadas podem continuar projetando o que sentiam no decorrer da vida adulta, se fechando por medo de serem rejeitadas.

Pare para refletir sobre a sua vida e os seus sentimentos. Qual história você conta da sua história e de tudo o que viveu? Pensar na resposta para essa pergunta irá te ajudar a entender melhor o que sente e encontrar formas de trabalhar essas questões em seu interior. Se você passou por um episódio de rejeição ou excesso de críticas, não permita que isso te limite mais. Busque ressignificar as experiências negativas e encontrar nelas motivação para agir de maneira diferente e conseguir se relacionar positivamente com os demais.

2 – Tenha Interesse Pelas Pessoas

A interação com outras pessoas é gerada por algum tipo de interesse que se tem em relação a elas. Então, permita-se se interessar pelos indivíduos ao seu redor e isso inclui querer saber mais a respeito deles e apreciar as suas características e histórias. Há quanto tempo você não conversa com pessoas com as quais convive? Pense nisso e comece a enxergar com outros olhos seus familiares, amigos, colegas de empresa ou até os mesmo os desconhecidos conhecidos que encontra todos os dias no caminho para o trabalho, na academia, igreja ou demais lugares onde frequenta. Manter uma interação mais próxima pode ser bastante enriquecedor, trazer grandes aprendizados e amizades para a sua vida e te ajudar a crescer como ser humano.

3 – Tenha Empatia

Ter empatia é o mesmo que colocar-se no lugar do outro para imaginar com ele se sente em determinada situação. Alguém que tem empatia dificilmente vai agir de forma grosseira com outra pessoa, pois irá pensar antes no impacto negativo que aquela atitude pode ter. Esse cuidado é indispensável para interagir com aqueles que estão ao seu redor de forma mais positiva e amistosa.

4 – Reconheça Quando Errar

Qualquer pessoa está sujeita a cometer erros, pois eles fazem parte da vida e do processo de evolução pelo qual todos passam. A diferença está na atitude que se tem após cometer o erro. Portanto, se você deseja manter um bom relacionamento com aqueles que o cercam, reconheça e peça desculpas. Além de essa atitude fortalecer os relacionamentos com outras pessoas, fará bem para o seu crescimento como ser humano em todos os sentidos.

5 – Tenha Discrição

Ao começar a interagir com as pessoas, é natural que sejam criados laços de amizade com aquelas com as quais se tem maior afinidade. Com isso, muitas se sentem à vontade para se abrir e contar coisas pessoais. Quando isso acontecer, é indispensável manter a discrição e honrar a confiança que lhe foi depositada. Ou seja, não saia contando por aí o que a pessoa lhe confidenciou.

6 – Saiba Ouvir

Cada indivíduo tem a sua maneira de ser e, enquanto uns gostam de falar bastante, outros são mais calados e reservados. Independente de qual seja o seu perfil, saiba que saber ouvir é tão, ou mais, importante quanto falar, pois como diz um velho ditado popular: não é à toa que temos dois ouvidos e apenas uma boca. Muitas pessoas querem apenas alguém que ouça o que elas têm a dizer, sem a necessidade de buscar nenhuma solução para os problemas. Assim, quando você dedica o seu tempo a ouvir o que o outro tem a dizer sobre o que pensa, sente ou o que viu da vida, pode construir uma relação de confiança e criar laços duradouros e positivos, o que é muito bom.

7 – Saiba Perdoar

Como disse anteriormente, errar é algo normal e que pode acontecer com qualquer um. Assim como é importante reconhecer as suas falhas, é necessário, também, saber perdoar quando outra pessoa errar contigo. Sentir decepção e tristeza por algum acontecimento é natural, mas permitir que a mágoa se instale pode não te fazer nada bem. Exercite o perdão e autoperdão também!

Cada situação é única e não há como padronizar as relações e julgar o que é certo ou errado, pois cada pessoa enxerga o mundo de uma forma. Independente do caso e, mesmo que o relacionamento se torne diferente após o ocorrido, sempre há espaço para o perdão. Faça sua parte e procure eliminar os sentimentos negativos de mágoa e ressentimento e siga em frente.

8 – Haja de Forma Espontânea

Após um longo período vivendo de forma reservada e sem muito contato com outras pessoas, é natural que, no início, pense um pouco mais antes de tomar atitudes. Entretanto, sugiro que comece, aos poucos, agir de forma mais espontânea, natural, ou seja, sem pensar demais antes de agir. Pare de se julgar e analisar qualquer movimento que faça ou palavra que diga, permita-se ser que é, honre e respeite a sua história e valorize-se.

9 – Não Se Importe Com as Opiniões dos Outros

Pessoas que têm dificuldade para interagir costumam se importar demais com o que os outros pensam a respeito delas. Isso, geralmente, é causado pela insegurança, timidez e o medo da rejeição. Para resolver essa questão, procure racionalizar o que sente e chegará à conclusão de que não deve basear suas atitudes sobre algo que nem tem certeza que outras pessoas pensam. Coloque as suas vontades em primeiro lugar e não permita que terceiros influenciem nas suas decisões.

10 – Pratique!

Interagir com as pessoas é uma habilidade que é desenvolvida com o tempo, assim como tantas outras que desenvolvemos no decorrer da vida. Então, encare seus medos e comece a praticar. Aproveite situações do dia a dia, como a hora do café para interagir com seus colegas de trabalho ou sua ida à padaria, por exemplo. Além de poder treinar, irá conversar com pessoas dos mais diferentes perfis e, certamente, terá experiências muito enriquecedoras.

Espero que estas 10 dicas poderosas te ajudem a sentir maior segurança para interagir com as pessoas ao seu redor e, com isso, que você consiga construir relacionamentos positivos em todos os setores de sua vida. Permita-se vivenciar novas experiências: fale, ouça, brinque e construa grandes relações.

Copyright: 321406304 – https://www.shutterstock.com/pt/g/rawpixel

Deixe seu Comentário: