empreendedorismo-sustentavel

Como adotar um empreendedorismo sustentável?

Por: José Roberto Marques | Blog | 01 de julho de 2020

Por muito tempo, imperou no mundo a ideia de que o planeta sempre seria capaz de abastecer as necessidades humanas, provendo todos os recursos. Com a revolução industrial, no entanto, a produção das máquinas adquiriu uma velocidade que a natureza não consegue acompanhar. Além disso, os resíduos da vida urbana e industrial deixam as marcas de poluição sobre o meio.

Nesse contexto, a humanidade passou a perceber que nosso planeta é um organismo vivo e não uma máquina. Muitos recursos naturais são de fato finitos, de modo que é preciso organizar a sua utilização, bem como pensar em possibilidades de repor o que extraímos da natureza.

O empreendedorismo sustentável

O conceito de sustentabilidade diz respeito à capacidade de a humanidade executar suas atividades econômicas provocando o mínimo possível de prejuízo ao meio ambiente, de modo que seus recursos sejam preservados e ainda estejam à nossa disposição futuramente.

Parece antagônico que as empresas que extraem matéria-prima da natureza e as transformam em produtos, gerando resíduos, consigam encontrar algum espaço dentro do conceito de sustentabilidade. É aí que surge o empreendedorismo sustentável, aquele em que as empresas, independentemente de seu porte, conciliam sua busca por lucro com a preservação do meio ambiente.

O que faz um empreendimento ser sustentável?

Para ser sustentável, um empreendimento deve controlar suas emissões de gases poluentes, dar um destino adequado ao lixo que produz, não prejudicar a saúde e a qualidade de vida de toda e qualquer espécie (inclusive a humana), não extrair da natureza mais recursos do que realmente necessita e, por fim, tentar repor, de alguma maneira, aquilo que extrai.

Você é feliz?

Não é preciso que um empreendimento esteja diretamente associado ao meio ambiente para ser considerado sustentável. Qualquer empresa pode implementar medidas de sustentabilidade, como: reciclagem de lixo, utilização de materiais reciclados, redução no consumo de plásticos, controle dos gastos com água e eletricidade e priorização de documentos eletrônicos aos impressos. Esses são apenas alguns dos exemplos de ações de empreendedorismo sustentável.

Quais são as vantagens do empreendedorismo sustentável?

Hoje em dia, ser sustentável não é apenas um diferencial, mas uma real necessidade para o futuro da humanidade. Se cada empresa conseguisse amenizar seu consumo energético e reduzir o lixo que produz, já conseguiríamos garantir a existência dos recursos da natureza por muito mais tempo.

Além dos benefícios para o meio e para a humanidade como um todo, as próprias empresas podem se beneficiar do empreendedorismo sustentável. Alguns projetos, por exemplo, podem receber isenções fiscais. Além disso, o próprio retorno em marketing é potencializado, pois empresas que associam suas marcas à preservação da natureza obtêm, segundo pesquisas, a preferência do consumidor, mesmo quando seus produtos são um pouco mais caros.

Portanto, empreendedores de todo o mundo devem entender que o empreendedorismo sustentável não é um truque de marketing ou um modismo, mas uma real possibilidade de conservar os recursos naturais para as gerações que estão por vir.

 

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário: