piramide-maslow-saiba-mais

A Pirâmide das Necessidades Humanas de Maslow

Por: José Roberto Marques | Blog | 19 de julho de 2019

Temos dado, ultimamente, menos atenção a Maslow do que o seu estudo realmente merece. Junto com a “Terapia Centrada na Pessoa”, desenvolvida por Carl Rogers, a Hierarquia das Necessidades Humanas, de Maslow, foi uma das grandes responsáveis pelo impulsionamento do movimento transpessoal da Psicologia, a partir da década de 1940.

Maslow apontou em seu estudo que muito do comportamento humano pode ser explicado pelas suas necessidades e pelos seus desejos. Quando uma necessidade, em particular, se torna ativa, ela pode ser considerada um estímulo à ação e uma impulsionadora das atividades do indivíduo. Essa necessidade determina o que passa a ser importante para o indivíduo e molda o seu comportamento como tal.

Conquiste a motivação necessária necessária para atingir seus objetivos!
Acesse meu eBook “Tudo Sobre Coaching” e trilhe o caminho do sucesso!

Pirâmide de Maslow e a motivação

Na Teoria de Maslow, portanto, as necessidades se constituem em fontes de motivação. Elas estão agrupadas em sete níveis, como a ilustração que abre esse capítulo.

Esses sete níveis também representados como pirâmide, hierarquizados, constituem também o quanto estamos mais ou menos ligados às necessidades mais básicas ou às mais transcendentais e, por conseguinte, o que nos motiva no dia a dia.

Sem motivação, é impossível estar bem em qualquer aspecto. Isso porque a vida pessoal e a profissional andam sempre juntas, de forma que se uma não vai bem, a outra tende a ir pelo mesmo caminho. Por isso, todos nós precisamos ter um “motivo para a ação”.

Ninguém gosta de trabalhar desmotivado. A desmotivação prejudica não apenas o rendimento e a produtividade, como também diminui o foco e afeta a autoestima, gerando desgaste, insatisfação e estresse.

Necessidades básicas do ser humano

Básicas

Abraham Maslow propõe que na base da pirâmide, no primeiro nível, estão as necessidades básicas, essenciais para a nossa sobrevivência, como comer ou dormir, que recebem o nome de necessidades fisiológicas. Por serem primordiais, quando privadas, impedem que os colaboradores consigam pensar ou realizar qualquer outra coisa, enquanto não forem satisfeitas.

Como são muito básicas, achamos que não tem tanta importância em relação às outras, mas nos enganamos pensando assim. Grande parte de nossas buscas no dia a dia é para suprir essas necessidades básicas, por isso não podemos trata-las com menos importância. 

Segurança

A segunda necessidade é a de segurança. Essa demanda pode ser traduzida como uma demanda por estabilidade, como a certeza de ter meios de pagar as contas do mês ou de poder dormir tranquilo com a família todas as noites. Necessidades que, normalmente, são sanadas pelos benefícios concedidos pela empresa, como plano de saúde, seguro de vida, vale transporte e estabilidade no emprego.

É uma necessidade que faz com que fiquemos mais seguros para lidar com as adversidades da vida. Quando nos sentimos seguros em relação ao nosso emprego, por exemplo, fica tudo mais fácil. O contrário disso causa uma instabilidade emocional, por pensar que nossa família poderá sofrer com a falta do emprego e de dinheiro.

Amor e Pertencimento

No terceiro degrau da pirâmide estão as necessidades afetivas, como relacionamentos amorosos ou sociais. Ela está vinculada à máxima de que “não somos uma ilha”, todos somos seres sociais e buscamos o convívio com o outro para o bem-estar comum. Nas organizações, elas representam o bom convívio entre os colaboradores e a existência de espaço para que possam trabalhar em conjunto e de forma harmoniosa, sem que haja conflitos. 

Todo nós precisamos do sentimento de pertencimento. É importante sentirmos que fazemos parte de algo, de alguém ou de algum grupo. Muitas pessoas buscam isso na igreja, nas comunidades, ou na própria empresa. Que seja, mas é importante não se isolar do mundo. Fomos criados para nos socializarmos com pessoas.

Autoestima

No meio da pirâmide de Maslow encontramos a Necessidade de Autoestima, a busca por reconhecimento pelo que fazemos. Todos precisamos nos sentir estimados, valorizados, inclusive para que possamos introjetar esse sentimento de autovalorização, de validação. O elogio por um trabalho bem feito e gratificações como bônus, aumento salarial e promoção são dispositivos que podem ser utilizados pelos gestores para conseguir suprir essa demanda.

O reconhecimento e a validação – do trabalho executado – pelo líder, faz uma grande diferença para elevar a autoestima da equipe. Não deixe de elogiar um colaborador que está todo o tempo empenhado para dar o seu melhor dentro da empresa. Os resultados serão mega extraordinários!

Estética

Já a quinta é a Necessidade de Estética, que está relacionada a apreciação da beleza, do simétrico e ao que consideramos belo. Se relaciona com a visão que temos de nós mesmos (bonitos ou feios) e das pessoas à nossa volta.

Cognitiva

Aqui também encontramos outro importante conceito, o da Necessidade Cognitiva (Conhecimento e compreensão). Esta, por sua vez, diz respeito à busca constante por novos aprendizados e conhecimentos. Isso é o que nos leva a expansão da consciência. Buscar a compreensão é estar focado também na sua inteligência emocional e cognitiva. 

Autorrealização

Por fim, no topo da pirâmide de Maslow está a Necessidade de Autorrealização, que são todas as coisas que buscamos fazer para nos sentirmos plenamente realizados. Além do sucesso na organização, esse aspecto está ligado a busca de conhecimento, novas experiências e tornar-se cada vez melhor tanto no âmbito pessoal quanto profissional.

Este é o nível da pirâmide mais desejado por todos. É onde todos querem estar depois de buscar incessantemente a autorrealização para nos sentirmos completo. 

Evolução constante

De acordo com Maslow, é necessário preencher uma necessidade de cada vez antes de subir mais um degrau da pirâmide. Isso significa que, para atingirmos a segurança, precisamos primeiro sanar as ausências básicas, e assim por diante.

Por natureza, o ser humano tende a nunca se satisfazer com sua situação atual e sempre busca evoluir constantemente, seja em campo acadêmico, espiritual, amoroso ou empresarial. Sendo assim, quando consegue satisfazer uma necessidade, logo a seguinte precisa ser preenchida. Acredito ser essa uma atitude normal e até salutar para o ser humano, por ser a evolução muito constante. 

Quando uma organização consegue sanar todas as necessidades propostas pela pirâmide de Maslow, ela pavimenta uma sólida estrada para a motivação dos funcionários, e, como consequência, para o sucesso do seu negócio. Segundo pesquisa realizada pela revista Exame, todas as maiores e mais lucrativas empresas possuem um ponto em comum: todas elas têm funcionários com altíssimo nível de satisfação e são constantemente apontadas como lugares ideais para se trabalhar.

Aplicabilidade da Teoria de Maslow no dia a dia da empresa

Existem diversas vantagens na aplicabilidade da Teoria de Maslow para as empresas, mas para isso é necessário que o departamento de RH ou gestão pessoal faça esse alinhamento focando nos objetivos dos setores de cada empresa. Dessa forma cada departamento será avaliado se está ou não indo de encontro ao que cada empreendedor deseja. 

O departamento que cuidará de diagnosticar o desempenho desse funcionário deve estar muito alinhado ao nível da pirâmide que se encontra o colaborador e quais são seus objetivos. Dessa forma é capaz de fazer tais avaliações para uma possível necessidade de adequação.

Através desse será possível detectar se os objetivos da empresa realmente estão de acordo, ou seja, estão claros ou não. Caso não haja clareza nesses objetivos, é hora de começar a se mobilizar para implementar uma boa comunicação entre empresa e funcionário para as questões como missão, visão, valores, princípios organizacionais. 

Para desenvolver uma equipe coesa e com produtividade acima da média, é preciso investir na equipe. O Coaching Corporativo, possui ferramentas excepcionais para isso. Desenvolvido pelo IBC, o objetivo dele é oferecer às empresas ferramentas para o desenvolvimento de seus funcionários, sua equipe, ferramentas essas que atentam a necessidade de cada negócio com assertividade. É excelente para gestores, líderes, empreendedores. 

Conquiste a motivação necessária necessária para atingir seus objetivos!
Acesse meu eBook “Tudo Sobre Coaching” e trilhe o caminho do sucesso!

Coaching como ferramenta de motivação

Podemos dividir as sete necessidades que foram hierarquizadas na pirâmide de Maslow em dois grupos. No primeiro, vamos colocar as três primeiras, que classificaremos como objetivas. Essas demandas são preenchidas por questões simples e que normalmente estão presentes em todas as empresas, como banheiros e vale-refeição.

No segundo grupo, estão as necessidades subjetivas, que nem sempre podem ser preenchidas com algo material. Embora tão essenciais quanto as objetivas, essas são mais difíceis de serem conquistadas, exigindo dos gestores atitude proativa para identificar qual a melhor forma de provê-las. Nesse sentido, a formação em coaching poderá lhe dar as ferramentas necessárias para conseguir suprir todas as necessidades propostas pela pirâmide de Maslow.

Copyright: https://www.shutterstock.com

Deixe seu Comentário: