saude-financeira-equilibrada

7 Atitudes Para Manter a Saúde Financeira Equilibrada

Por: José Roberto Marques | Blog | 15 de março de 2019

Muitas pessoas têm preocupação com carreira, saúde, família, realização pessoal, mas se esquecem de uma parte bastante importante e que pode influenciar todas as que citei anteriormente: finanças. Em uma escala de 0 a 10, o quanto você se dedica a cuidar do seu dinheiro? Caso ainda não tenha parado para pensar a respeito do assunto, saiba que sempre é tempo de rever seu comportamento e adotar hábitos positivos para gerenciar o fruto do seu trabalho e esforço.

7 Passos Para Cuidar da Sua Saúde Financeira e Ser Mais Feliz

Muitos cresceram ouvindo que dinheiro não traz felicidade e acabaram adquirindo uma visão distorcida disso, considerando que aqueles que o têm em abundância são infelizes. Para mudar isso é necessário ressignificar o dinheiro em sua mente, para que entenda que ele, sozinho, realmente não fará com que se sinta feliz, mas que não há problema algum em desejar tê-lo e se dedicar para tal. Mas, claro, sempre com equilíbrio e com objetivos que vão além de apenas ter uma conta bancária recheada.

Querer ter uma vida mais confortável e oferecer isso para sua família, poder se aposentar com tranquilidade, fazer viagens e conhecer novos lugares, cuidar da sua saúde, tudo isso são desejos normais e saudáveis. Para fazer com que deixem de ser sonhos e se transformem na sua realidade é fundamental que comece a cuidar do seu dinheiro e passe a utilizá-lo com sabedoria. Para saber como fazer isso, é só continuar fazendo a leitura deste artigo e colocar os passos a seguir em prática.

1 – Identifique a Sua Situação Financeira Atual

A primeira atitude a ser tomada ao iniciar qualquer tipo de processo de mudança é identificar qual é o seu estado atual. Em se tratando de finanças, é necessário que faça um levantamento geral, incluindo qual é a sua renda mensal, suas despesas fixas, os gastos que acredita que estão em excesso e, claro, as suas dívidas. Vale lembrar que dívida é qualquer tipo de parcela que tenha a pagar, mesmo que não estejam em atraso.

2 – Separe os Seus Ganhos Por Área

Com o levantamento de todas as suas informações financeiras em mãos, é hora de direcionar porcentagens para áreas específicas. Para isso, imagine a sua renda como se fosse um bolo e que precisa dividi-lo em fatias. A forma com a qual você era partir o seu bolo é bastante pessoal, contudo, especialistas em finanças pessoais costumam sugerir que a divisão fique mais ou menos assim:

  • Até 60% para os gastos básicos, como aluguel, água, luz, internet, telefone, alimentação, entre outros.
  • 10% para objetivos de curto prazo, como comprar uma TV no final do ano, fazer uma viagem, reformar a casa.
  • 10% para objetivos de longo prazo, como comprar um carro, um imóvel ou qualquer outra coisa mais grandiosa.
  • 20% para gastos livres, afinal, todo mundo precisa se divertir e desfrutar do dinheiro que recebe através de seu trabalho.

3 – Registre os Seus Ganhos e Despesas

Um erro bastante comum entre as pessoas consiste em não registrar os seus ganhos e despesas, porque sem um registro fica muito mais fácil perder o controle. Por esse motivo, é importante fazer isso, seja utilizando uma planilha no computador, um aplicativo no celular ou mesmo o bom e velho bloco de papel, caso não tenha familiaridade com tecnologia. O que importa é que seja um meio fácil para que utilize no dia a dia e anote todo o dinheiro que entrar na sua conta e para onde ele está sendo destinado.

4 – Dê um Nome Para o Seu Dinheiro

Separar uma parte do seu dinheiro todos os meses para poupar é essencial para manter uma boa saúde financeira. Entretanto, é necessário “dar um nome” para ele, para que se sinta verdadeiramente motivado e não desista das suas metas no meio do caminho. O dinheiro da meta de longo prazo, por exemplo, pode se chamar “casa própria”. Assim, saberá exatamente o motivo pelo qual está se esforçando para poupá-lo.

5 – Adote Pequenos Hábitos Para Economizar

Economizar não precisa ser um sacrifício, inclusive nem é indicado que seja, afinal a vida é uma só e precisamos aproveitá-la, claro, sempre com responsabilidade e equilíbrio. Existem diversas atitudes que você pode tomar para reduzir os seus gastos, como cortar serviços de assinatura que não está usando, negociar taxas no seu banco, oferecer carona para colegas de trabalho e dividir os custos do combustível e assim por diante.

6 – Reflita Antes de Gastar

Um dos maiores vilões quando se trata de saúde financeira é o impulso, porque muitos se rendem a ele e acabam gastando com coisas que não são verdadeiramente necessárias. Para evitar que isso aconteça contigo, reflita antes de fazer uma compra e se questione se precisa mesmo daquilo. “Eu realmente preciso de um sapato novo? Já tenho algum modelo parecido em casa?”; “Se eu comprar outro celular, ficarei mais distante da minha meta, preciso mesmo dele?”. Faça isso e veja como as suas escolhas se tornarão mais positivas.

7 – Converse Sobre Dinheiro Com a Sua Família

Por último, comece a conversar sobre dinheiro com a sua família, principalmente com o seu cônjuge. Afinal, em um casamento, nos tornamos sócios da pessoa amada na empresa que se chama vida, e é muito importante falarmos sobre o assunto, a fim de sintonizar os objetivos e as expectativas. Ah, e lembre-se de inserir esse tema também na educação dos filhos, para que eles aprendam desde pequenos a ter uma relação positiva com o dinheiro e saibam dar valor a ele.

Se você costuma dizer que finanças é um tema chato, comece a mudar a sua visão, pois tudo depende da forma com a qual você o enxerga e lida com ele. Hoje, existem diversos canais no YouTube que tratam a respeito desse assunto de forma simples e clara. Você também pode ampliar os seus conhecimento através de livros, cursos, palestras, quanto mais aprender, melhor saberá lidar com o seu dinheiro e fazê-lo crescer.

Espero que tenha gostado do artigo e que o conteúdo que compartilhei te ajude a zelar pela sua saúde financeira e, claro, pela sua felicidade e qualidade de vida.

 

Copyright: 1038717511 – https://www.shutterstock.com/pt/g/deandrobot

Deixe seu Comentário: