Voltar

Indicadores de Produtividade: Quais são os melhores?

Publicado em | 0 comentários

Indicadores de produtividade são ferramentas utilizadas pelas empresas para avaliar o nível de desempenho e eficiência de seus processos internos. Por meio deles, é possível determinar a viabilidade produtiva e definir as melhores maneiras de gerar resultados e reduzir custos.

Todas as empresas devem criar seus próprios indicadores de produtividade para avaliar os índices e verificar se a utilização dos recursos disponíveis tem sido eficaz. A gestão de produtividade ajuda a orientar as estratégias de produção, evitar quedas e assegurar que a qualidade dos bens oferecidos não caia em decorrência da falta de planejamento.

Executar esse processo de forma assertiva faz toda a diferença na entrega do produto final. A análise é importante para manter a qualidade do produto, mesmo que, em alguns momentos, seja preciso fazer reduções de custos, por exemplo. Com isso, além de evitar prejuízos para a empresa, o cliente também não sai prejudicado.

Indicadores de Produtividade: Quais são os melhores?

Rawpixel/ Shutterstock Indicadores de produtividade servem para avaliar o nível de eficiência das  empresas.

Como são obtidos os Indicadores de Produtividade

e modo geral, os indicadores de produtividade medem a eficiência da organização. Os seus índices ajudam a identificar como as empresas têm utilizado os seus recursos. A partir disso, é possível solucionar problemas ou preveni-los. O foco dessas ações deve ser sempre a elaboração de produtos e serviços que não tragam prejuízos aos clientes.

Os indicadores de produtividade devem ser aliados com os de qualidade para que a empresa possa desfrutar de melhor desempenho global. Esse resultado é possível porque o primeiro processo permite avaliar os esforços empregados para gerar artigos, enquanto o segundo contribui para obter resultados de acordo com as expectativas dos clientes.

A quantificação da produtividade da empresa é realizada comparando o que foi gerado com o que foi empregado de recursos para a produção. Escolher a melhor ferramenta para obter esses resultados contribuirá para identificar precisamente a quantidade de insumo que está sendo utilizada na produção de cada unidade produzida. Os indicadores de produtividade, portanto, oferecem uma relação entre duas medidas diferentes: uma que representa os recursos utilizados e outra que estabelece as saídas produzidas.

Além de identificar essas duas quantidades, também é importante estabelecer um padrão de valores aceitáveis para o processo que será analisado. Dessa forma, a empresa poderá chegar à “eficiência do processo”, a relação entre o resultado obtido pelo indicador de produtividade e o índice estabelecido como padrão do processo.

Como melhorar os Indicadores de Produtividade

Investir em melhorias constantes é uma forma de obter uma boa produtividade. Confira alguns dos fatores que influenciam positivamente nos indicadores de produtividade.

Capacidade de Inovação

Este atributo se refere à capacidade das empresas de inovar e trazer evoluções importantes para seus processos produtivos. Com isso, além de mostrar que estão atentas às mudanças no mercado, as organizações provam, na prática, que estão abertas a trazer os benefícios da inovação para melhorar seus próprios processos internos.

Investimento em Qualificação

A qualidade da mão de obra é essencial para garantir que os produtos e serviços sejam entregues conforme a empresa deseja. Por isso, quanto mais preparados os colaboradores estiverem, melhores serão os resultados e sua produtividade. Neste sentido, empresas que investem na qualificação de funcionários, saem na frente.

Controle de Qualidade

A mensuração constante é fundamental para identificar a qualidade da produção, bem como o nível de produtividade e assertividade de uma empresa. Para isso é importante ter parâmetros claros no que tange os itens avaliados e os pontos de referência para mais e para menos.

Produção Sustentável

Produzir de maneira sustentável é tanto reduzir os custos de produção dos produtos e serviços, assegurando sua manutenção e viabilidade, como também diminuir a quantidade de resíduos que esse processo produtivo lança no meio ambiente, evitando assim poluição e destruição da natureza.

Índice de Flexibilidade

Estar atento ao mercado e conseguir se adaptar rapidamente às suas mudanças e exigências é fundamental para garantir o nível de produtividade das empresas. Desse modo, mesmo que existam retrações, é possível acompanhar o momento sem que a produção caia e com isso, diminuam também o nível de lucratividade.

Ao unir todos esses e outros indicadores, as empresas tem maiores chances de se manterem ativas, mesmo em momentos de crise. Com isso, além de expandir o negócio, também podem aumentar a produtividade e investir na capacitação contínua de seus profissionais.  Crie seus indicadores e boa sorte!

Gostou do texto? Compartilhe em suas redes sociais!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!