medo-de-se-relacionar

Por Que Você Tem Medo de Se Relacionar?

Por: José Roberto Marques | Blog | 10 de novembro de 2017

Em um relacionamento seja ele de amor ou amizade, nós nos entregamos para aquele sentimento para vivê-lo por inteiro. Entretanto, nem todas as pessoas conseguem viver essa entrega, pois estão presas a receios e inseguranças, criados ao longo de sua vida ou herdados de outras pessoas. O medo de se relacionar, por exemplo, é algo bastante comum entre aqueles que sofreram grandes decepções, os que se sentem inseguros e temem se decepcionar ou, pior, não corresponder às expectativas do outro.

A estratégia de defesa das pessoas que sentem medo de relacionamentos é se fechar e, com isso, acabam se afastando cada vez mais daqueles que o cercam, eliminando as possibilidades de criar laços de amor e amizade, que são tão importantes para se ter uma vida plena e feliz. Elas fogem das relações para não sofrerem, mas sofrem por se sentirem sozinhas, gerando um paradoxo que só chegará ao fim quando esse medo for curado.

Motivos Que Levam as Pessoas a Terem Medo de Se Relacionar

Existem diversos motivos que levam uma pessoa a sentir medo de se relacionar, e é muito importante identificar a razão para conseguir resolvê-la em seu interior e se livrar, de uma vez por todas, das amarras da insegurança. Alguns dos principais motivos são:

Decepções

As decepções do passado, principalmente aquelas relacionadas a traições, são os principais motivos que levam alguém a ter medo de confiar novamente nas pessoas. O fato de ter confiado em alguém que não correspondeu à altura gera um sofrimento que muitos não desejam sentir novamente.

Medo de Não Ser Correspondido

Um relacionamento, seja ele de amor ou amizade, acontece quando há troca de sentimentos entre duas pessoas. Neste sentido, algo que pode gerar medo é a incerteza de ser correspondido. Há, ainda, o receio de não conseguir corresponder o que o outro sente e espera e, com isso, de decepcionar o parceiro ou parceira.

Traumas de Infância

Grande parte dos problemas psicológicos que as pessoas adultas têm são resultado de algo que sofreram na infância. O medo de se relacionar costuma acontecer com indivíduos que passaram por situações de abuso quando crianças; sejam eles: físicos, emocionais ou psicológicos. O trauma gera o medo e faz com que a pessoa se afaste daqueles que se aproximam dela.

Ansiedade

A ansiedade é considerada o mal do século e ela é realmente capaz de causar diversos transtornos, incluindo o medo de se relacionar. O indivíduo ansioso não consegue viver o momento presente e está sempre agitado, pensando no futuro e se privando de viver o seu tempo presente. Com isso, está sempre preocupado com o que pode vir a acontecer, como uma decepção, um término, uma traição, pensamentos esses que lhe impendem de ter uma relação plena.

Você se identificou com alguns desses motivos? Agora vamos para o próximo passo, que é sobre como se livrar desse medo e dar a oportunidade para que as pessoas façam parte da sua vida.

Como Perder o Medo de Se Relacionar

Parece clichê dizer isso, mas existem algumas situações na vida em que a única pessoa que você te ajudar é você. Quando se trata do medo de se relacionar, essa é mais uma grande verdade. Ninguém poderá curar as suas feridas e te dar coragem, a não ser você mesmo. Para isso, é preciso que você aprenda a se conhecer e se permita buscar a resposta em seu interior, e fazer as perguntas certas. Reflita sobre estas questões e se dê uma chance!

Autoconhecimento

O autoconhecimento é o principal caminho para resolver diversos tipos de dilemas que temos em nossas vidas, pois quando entendemos os nossos sentimentos podemos finalmente assumir o controle sobre eles e conduzir melhor a nossa vida. A chamada inteligência emocional nos ajuda a lidar melhor com os medos, traumas e inseguranças. Então, busque se conhecer melhor, entender sua essência, olhe para o seu interior e trabalhe para se libertar de emoções negativas e crenças limitantes.

Qual a Sua Motivação?

Você tem medo de se relacionar, mas, ao mesmo tempo, se sente mal por não permitir que as pessoas façam parte da sua vida, então, deseja perder esse receio. Mas, qual é a real motivação que te leva a desejar viver um relacionamento? Nesse caso me refiro especificamente ao amoroso.

Se a intenção é encontrar alguém que te complete, aconselho que pare e pense: é justo colocar uma responsabilidade tão grande sobre alguém que ainda nem faz parte da sua vida? A verdade é que não é justo nem com esse alguém e nem contigo. Acredite: você é um ser maravilhoso, importante especial e tudo que é te faz capaz de se completar sozinho. Assim, quando encontrar este alguém especial, este irá somar ao que já existe em você, pois já se sentirá completo. O primeiro passo para não se decepcionar é não esperar demais do outro e deixar as coisas acontecerem de forma natural.

Cuide da Sua Autoestima

Enquanto você passar a vida repetindo em sua mente que não é capaz de despertar o interesse em ninguém e que não é uma boa companhia, estará reforçando ainda mais o muro que existe que te separa das outras pessoas. As chamadas crenças limitantes são todos esses pensamentos negativos que muitos têm a respeito de si, que os prendem e os colocam sempre para baixo. Trata-se de um círculo vicioso que, se nenhuma atitude for tomada, se tornará cada vez mais forte em seu dia a dia e relações.

Ao invés de manter o foco no lado negativo, comece a pensar nas suas qualidades. Ao ampliar sua visão, eu tenho a certeza de que fará uma lista enorme de competências, dons e talentos. Apenas pense nos pontos de melhoria que forem possíveis de serem melhorados, afinal é ótimo buscar ser a sua melhor versão, mas, ainda assim, seja gentil com você e não se maltrate. Quando aprender a se valorizar verá que as pessoas ao seu redor irão mudar a visão que têm de você e sua vida será mais leve e feliz e, com relações cada vez melhores também.

Seja Fiel a Você

O tema fidelidade tem bastante ligação com o medo de se relacionar, pois ela é um dos motivos que citei que geram essa insegurança. A pessoa que sofre com uma infidelidade precisa entender que, por pior que tenha sido, ela deve se manter fiel a si mesma. Para isso, é essencial não carregar para sua vida futura e para o seu tempo presente às amarras de uma pessoa que não foi leal a você e não alimentar o pensamento de que todos são iguais e irão agir assim com você. Se fechar frente à oportunidade de viver algo novo é o mesmo que se impedir de ser feliz. Permita-se viver uma relação melhor e deixe o passado onde ele merece estar, lá!

Por fim, se dê uma chance de encontrar sua felicidade em seus relacionamentos. Se você sente falta de se relacionar com as pessoas, não se prive de tentar. Não há como prever quando alguém irá nos decepcionar, mas certamente nós podemos escolher como lidar com isso, caso aconteça. Permita que as feridas do passado cicatrizem e se transformem em aprendizados e experiências. Esta é a beleza da vida e de ressignificar.

Copyright: 288970127  – https://www.shutterstock.com/pt/g/ines%20bazdar