Voltar

O que é Gestão de Riscos e Como a Empresa se Beneficia dela?  

Publicado em | 0 comentários
Gestão de Riscos

ESB Professional/Shutterstock Fazer a Gestão de Riscos do negócio mostra inteligência empresarial!

GRIS é a sigla para Gestão de Riscos ou Gerenciamento de Riscos, uma prática empresarial que consiste em gerenciar de perto determinadas ações e fazer seu acompanhamento e controlar suas variáveis. Fazer este tipo de gestão é fundamental, uma vez que toda empresa que deseja crescer e ir além, em dados momentos, precisa assumir vários tipos de riscos.

No dia a dia de uma organização, por mais que planejemos muito bem as estratégias e façamos isso com antecedência e muito cuidado; realmente existem certos tipos de situações onde não há certeza alguma de que estas ações trarão os efeitos desejados. O que fazer então, parar, esperar o “momento certo” ou ser audacioso e arriscar mesmo assim?

Não existe uma resposta certa ou errada para esta pergunta, entretanto, a única certeza que temos é de que é preciso realmente identificar e conhecer os riscos a que o empreendimento está exposto antes de partir para a ação. É esta inteligência de negócios que faz com que uma empresa faça uma boa gestão de riscos, mas sem deixar de que isso engesse e limite seus resultados.

Gestão de Riscos Financeiros e Estratégicos

Pensar o negócio de maneira sistêmica faz toda diferença quando pensamos em gerenciamento de riscos. Impacta na tomada de decisões e no alcance efetivo das metas e objetivos. Se a empresa deseja aumentar sua lucratividade com uma estratégia arriscada que pode fazê-la perder capital ou mesmo uma fatia importante em seu mercado, é preciso avaliar até onde vale a pena colocar em risco aspectos tão importante para a existência do empreendimento.

Isso representa também ter o que chamamos de timing (saber o momento certo de agir) de tomar decisão de investir, estabilizar ou de colocar em prática suas ideias. Assim, seja para lançar um novo produto; criar um novo departamento, fazer investimentos durante uma crise financeira, por exemplo, a empresa deve estar ciente de que corre o risco tanto de ganhar como de perder dinheiro, enfraquecer a marca ou mesmo espaço no mercado.

Nestes casos, em específico, é preciso pagar para ver. Ainda assim, até mesmo os riscos devem ser calculados, medidos, acompanhados e gerenciados. Por mais que o ambiente seja incerto, a empresa deve saber também até onde ela pode ir e o que está disposta a arriscar.

Coaching na Gestão de Riscos

Em se tratando da Gestão de Riscos, o Coaching com suas técnicas, métodos e ferramentas atua juntos aos líderes e profissionais da empresa apoiando-lhes a expandir sua visão sobre os negócios e as pessoas, avaliar os riscos de forma multidimensional, ou seja, com mais propriedade e para que se conheça grande parte das vantagens e desvantagens de assumir ou não certos tipos de riscos.

Para isso, o método apoia os profissionais a terem maior Inteligência emocional tanto para lidar com a pressão por resultados como com o medo de falhar. Também atua no desenvolvimento de confiança, planejamento e organização ainda maior que permita à empresa agir de forma mais audaciosa, ousar fazer diferente, gerenciar os seus riscos e, especialmente, a se manter sempre focada nos aspectos positivos de sua tomada de decisão e no alcance efetivo de resultados extraordinários.

E você, como faz a gestão de riscos em sua empresa? Tem avaliado bem as situações e tomado as melhores decisões? Participe desta discussão e deixe seu comentário abaixo!

 

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!