Voltar

Não Deixe sua Paixão Morrer!

Publicado em | 0 comentários

Beto Chagas/Shutterstock Viver suas paixões e amar o que faz, quem você é, e manter a chama sempre acesa

Dias atrás ouvi alguém comentar que em outros tempos quando a nossa seleção masculina de futebol jogava era motivo de empolgação, para reunir os amigos, desmarcar compromissos, vestir a velha amarelinha e torcer pelo nosso time. Já hoje em dia, perdemos isso e mal sabemos quando a seleção joga; quem joga, onde joga ou de quanto perdeu ou ganhou.

Refletindo sobre isso, acredito que este estado de apatia atual do brasileiro em relação ao futebol da equipe canarinho não se deve apenas aos nossos últimos resultados ruins, aos 7 a 1 na Copa, mas sim à falta de paixão dos jogadores.

Paixão inspira paixão, inspira um futebol bonito, faz a torcida ir ao estádio, ficar na frente da TV, ligar o rádio, pois quem ama o que faz joga fácil e abre o caminho para o gol. Sem isso, como temos visto, nem os melhores jogadores, do mundo, conseguem vencer com sua seleção.

Antes, 10 em cada 10 meninos, sonhavam vestir a camisa verde e amarela. Hoje isso mudou, e o sonho atual é vestir a camisa do Barcelona, do Real Madri. Com isso, a sensação geral, quando os atletas vão nos representar, é que estão fazendo isso não por paixão, mas por obrigação.

Esta impressão aumenta ainda mais quando os convocados jogam no exterior, pois mesmo sendo os melhores em seus times, inexplicavelmente, eles não conseguem unir o seu melhor, jogar bem, vencer os jogos e conquistar campeonatos pelo Brasil.

Alimente sua Paixão!

Para tudo que fazemos na vida precisamos ter paixão, esta chama interior que nos faz ir além, que nos faz amar o que fazemos e que, independente da situação, nos incentiva a dar o nosso melhor, vencer desafios e vencer na vida.

Quando estamos apaixonados por outra pessoa, por exemplo, queremos mostrar o nosso melhor a ela, nos tornar um ser humano melhor, dar o que temos de bom e fazê-la feliz. Por outro lado, quando não nos sentimos apaixonados, não temos nenhum compromisso com nada e tudo é meio vazio.

Então, como entregar à seleção brasileira o meu melhor futebol se eu não sou apaixonado por ela? Como ter um desempenho de alta performance na empresa, se seu não tenho uma profunda paixão pelo trabalho? Como eu posso me dedicar com amor e carinho a alguém, num relacionamento amoroso, se eu não me sinto apaixonado por ela?

Se você ama seu trabalho você consegue manter a chama acesa, estar sempre motivado, criativo, produtivo e sempre disposto a buscar novos desafios que te façam crescer e prosperar na carreira. Se não gosta do que faz, isso não acontece de jeito algum. Por isso, descubra o que te faz feliz, o que te deixa apaixonado e busque criar oportunidades de transformar este desejo em realidade.

Do mesmo modo, se você não sente mais paixão em seu relacionamento e não vê mais como recobrar seu sentimento, não permita que sua zona de conforto te impeça de mudar seu caminho, deixar que o outro faça o mesmo, e buscar para si uma paixão verdadeira, que te faça feliz e leve além.

Viver sem paixão é viver sem emoção, é não ter aquele friozinho bom na barriga, é não sorrir sozinho quando realizamos grandes coisas; é não ter o sentimento de autorrealização, plenitude, reconhecimento e sucesso que queremos e merecemos viver. Por isso, não deixe sua paixão morrer e não permita que nada, nem ninguém apaguem o seu melhor. Viva suas paixões intensamente!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!