Voltar

Desvendando a Psicologia da Depressão

Publicado em | 0 comentários

Iatlo/Shutterstock A Depressão é uma doença grave e, para curá-la, a pessoa precisa de atenção, respeito e tratamento correto

Tristeza, desmotivação, pessimismo, baixa estima, irritabilidade. Estes são alguns dos sintomas da depressão, uma doença avassaladora que faz parte do dia a dia de milhões de pessoas, em todo o mundo.

Segundo a Psicologia da Depressão, esta é uma doença que, fisiologicamente, altera nosso cérebro e desregula neurotransmissores importantes, como, por exemplo: a Dopamina, Noradrenalina e a Serotonina; que entre outros benefícios, nos trazem a sensação de bem-estar, conforto, motivação e alegria.

Assim, quando estes elementos estão em desequilíbrio, tendemos a desenvolver a depressão. Além disso, fatores genéticos também podem fazer com que uma pessoa seja mais ou menos predisposta à doença.

Muitos especialistas no assunto defendem também que os fatores psicológicos, sociais e econômicos não seriam as causas da depressão, mas sim, consequência desta desordem emocional. Em outras palavras, o fato de uma pessoa não ter dinheiro não seria o problema central ou o causador da sua depressão, mas de forma secundária, poderia levá-la sim, a sentir-se deprimida, por exemplo.

Principais Sintomas e Efeitos da Depressão

  • Tristeza, perda de humor, inquietação e angústia;
  • Apatia, desinteresse na vida e desmotivação;
  • Cansaço, desânimo e falta de energia constante;
  • Sensação frequente de vazio, insegurança, desespero, desamparo;
  • Foco no negativo e observação da vida e das pessoas sempre pelo lado ruim;
  • Perda ou aumento de peso e desinteresse sexual;
  • Doenças somáticas, como dores físicas injustificadas (diarreia, constipação, azia, dores de cabeça e no peito…)
  • Insônia, dificuldade de concentração e pensamentos suicidas.

Como Funciona o Tratamento

Geralmente, o tratamento contra a depressão é realizado de forma multidisciplinar, ou seja, feito com o acompanhamento de um psicólogo em sessões de psicoterapia combinadas ao atendimento de um psiquiatra, que dependendo do caso, faz a prescrição de remédios específicos para esta doença.

Neste tratamento faz toda diferença também o apoio da família e dos amigos, seu amparo, amor e não julgamentos, pois depressão é um problema real e que compromete a qualidade de vida da pessoa. Por isso, para voltar a sentir-se bem, otimista e positiva e recobrar suas energias e motivação para seguir em frente, identificar os sintomas é fundamental.

Isso serve tanto para as pessoas que passaram por perdas e problemas graves, quanto para aquelas vivem forte estresse ou que têm dificuldades em expressar seus sentimentos e emoções e libertar-se dos pensamentos ruins que as aprisionam, num mundo triste e sem propósito.

Quanto mais cedo identificar os sintomas e tratá-los, maiores também serão as condições da pessoa de curar-se e ter uma vida mais plena e saudável. Por isso, se você se identificou com vários dos sintomas listados ou reconheceu num parente, cônjuge ou amigo estes sinais, fica o alerta para começar a agir, pedir e dar sua ajuda e mudar este quadro.

Quanto mais cedo você fizer isso, você se permitir pedir ajuda e tratar-se, maiores serão as chances de você ficar bem e conquistar sua cura. Lembre-se disso e permita-se ajudar e ser ajudado!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!