Voltar

Comunicação verbal e não verbal

Publicado em | 0 comentários

A linguagem é a forma que o homem encontrou para conviver eficazmente em sociedade.  Esse recurso permite perceber o mundo à nossa volta e nos comunicarmos. Existem diversos tipos de linguagem, além da fala. Aqui entra qualquer meio sistemático para exprimir ideias e sentimentos. Envolvendo desde signos sonoros e gráficos a gestos, expressões e posturas corporais. Nesse sentido, podemos diferenciar comunicação verbal e não verbal.

Comunicação verbal e não verbal

sharpshutter / Shutterstock A comunicação não verbal é expressa por meio da linguagem corporal, dos gestos, posturas, expressões faciais e do contato visual.

Comunicação verbal e não verbal: qual a diferença?

A comunicação verbal compreende qualquer forma de expressão falada ou escrita. Essa manifestação, feita por meio de palavras, se dá em todos os ambientes em que estamos inseridos e é fundamental para as relações humanas. Seja no trabalho, em família ou na sociedade, expressamos abertamente nossos pensamentos e interesses verbalmente.  

A comunicação não verbal, por sua vez, é realizada por meio da linguagem corporal, dos gestos, posturas, expressões faciais e do contato visual. Esse tipo de comunicação atua de maneira complementar, uma vez que evidencia a inteligência do ser humano em criar uma simbologia para demonstrar sentimentos e emoções por meio de suas expressões físicas.

O corpo fala. Por meio dele, podemos demonstrar raiva, amor, compaixão, tristeza, alegria e dizer, sem palavras, o que estamos sentindo e desejando em cada momento. A comunicação não-verbal é muito interessante por apresentar duas facetas. Se em alguns casos pode ser considerada linguagem universal e facilitar a comunicação entre pessoas que falam idiomas diferentes, também pode dificultar isso. É que alguns recursos gestuais são produtos culturais. A forma de se expressar varia de acordo com a sua localidade. Enquanto mostrar o polegar no Brasil e em outros países representa algo positivo, por exemplo, em Bagladesh, Irã ou Tailândia esse símbolo comunica ofensas.

A importância da comunicação verbal e não verbal para o sucesso das empresas

O sucesso corporativo depende da interdependência entre as pessoas que a formam. A essência para manter esse relacionamento é a boa comunicação.  Ela permite que a missão, visão e valores da organização sejam compreendidos e seguidos pelos colaboradores. Esse pilar é fundamental para a construção de um clima organizacional, em que os profissionais estejam engajados e efetivamente contribuam com os objetivos estipulados.

Por outro lado, as empresas devem compreender as motivações dos seus colaboradores. Conhecer seus funcionários, identificar os seus anseios e interesses são atitudes que contribuem para elaborar estratégias eficazes em gestão de pessoas. Entre os benefícios dessa política, estão o aumento da produtividade e resolução de conflitos que atrapalhem o trabalho em equipe.

Não basta dar abertura para que os colaboradores se sintam convidados a opinar.  A empresa deve ficar atenta à linguagem corporal dos profissionais. Seus gestos e comportamentos indicam se eles estão ou não satisfeitos com seu trabalho. Bom ânimo, atenção, níveis equilibrados de produtividade, prazer e outras atitudes positivas são indicativos de que os colaboradores estão motivados. Quando eles apresentam baixa produtividade, desânimo, falta de força para trabalhar ou mesmo fazem críticas constantes, sinalizam que algo está os incomodando. A coerência entre o verbal e o não verbal, portanto, é que refletirá eficazmente os sentimentos dos indivíduos nos mais diversos contextos.

Comunicação verbal ou não verbal para os colaboradores

Assim como acontece na vida pessoal, o ambiente de trabalho exige o desenvolvimento de boas formas de comunicação interpessoal. Essa habilidade nada mais é do que a inteligência social e emocional para utilizar palavras e expressões corporais de maneira assertiva e evitar conflitos associados à má interpretação.

Saber como utilizar adequadamente a linguagem verbal e não verbal torna o profissional mais bem qualificado. Apresentar uma boa comunicação é ter a consciência de como você está se expressando e como ela tem sido compreendida pelos seus interlocutores. As empresas procuram por pessoas que apresentam uma boa comunicação interpessoal.

Conheça algumas formas para utilizar bem a comunicação verbal e não verbal e evitar problemas de relacionamento no trabalho.  

ABRA CANAIS DE COMUNICAÇÃO

Defina quais serão os canais utilizados (e-mail, telefone, pessoalmente) para comunicação, e crie melhores formas de se comunicar. Os ruídos são os principais responsáveis por conflitos no trabalho, e definir os meios de comunicação evita fofocas e especulações.

SEJA CLARO

Certifique-se de que todas as informações foram realmente compreendidas e elimine qualquer dúvida que possa prejudicar a execução das tarefas.

EVITE INDIRETAS

Nada de ficar dando indiretas, “cutucadas” ou fazer comentários negativos sobre colegas e ações da empresa. Caso algo esteja lhe incomodando, fale com diretamente com o colaborador ou gestor responsável, e busque uma solução amigável.

ATENÇÃO ÀS EXPRESSÕES CORPORAIS

Fique atento às suas expressões corporais para gerenciá-las melhor em situações conflituosas. Quando receber uma demanda ou alguma orientação que não gostou, tente evitar cruzar os braços ou fazer cara feia. Procure conversar com seu líder ou outra pessoa envolvida para resolver o problema.

Quer melhorar seu poder de comunicação? Conheça a Formação em Coaching Ericksoniano! O curso o ajudará a utilizar a sua expressão verbal e não verbal nos mais diferentes contextos. Com essa habilidade desenvolvida, você conquistará resultados extraordinários na sua vida e carreira.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!