Voltar

Comportamento Humano: Entenda a Psicologia por Trás do Nosso Comportamento

Publicado em | 0 comentários

© Depositphotos.com / dima_sidelnikov Não é segredo para ninguém que a psicologia é uma das ciências que mais ajuda o ser humano nos dias atuais.

Não é segredo para ninguém que a psicologia é uma das ciências que mais ajuda o ser humano nos dias atuais. Até mesmo em coisas que você nunca pensaria existir uma influência da psicologia, eu posso te dizer que há bastante. Desde aquele comercial que você viu na televisão à decoração de um escritório de trabalho ou de um hospital, por exemplo, há todo um trabalho de identificação do comportamento humano e tentativas de adequar o local ou adequar o próprio comportamento ao lugar.

Enfim, a psicologia do comportamento humano é uma área bastante interessante e que abre as portas para inúmeras respostas, porém, também para muitas perguntas.

ENTENDENDO A PSICOLOGIA

É sempre importante trabalharmos com conceitos, nesse caso, vamos conceituar a psicologia. Estamos falando de uma ciência que trabalha com o estudo do comportamento humano e seus processos mentais. Essa é a definição mais fácil, prática, direta e popular que você vai encontrar acerca da psicologia.

Dissecando essa pequena e concisa definição, podemos dizer que a psicologia estuda as emoções, as experiências humanas com o mundo ao seu redor, suas introspecções, processos de aprendizagem, intelecto e, é claro, a percepção do ser humano. Tudo isso e mais um pouco está incluso no grande pacote que chamamos de psicologia.

Se você quiser um pouco de etimologia, pois isso também é ótimo para entendermos as origens de algo, deixe-me separar para você: psique e logos. O primeiro significa alma e o segundo representa a razão. Vem do grego, é claro, fazendo com que muitos confundissem os estudos da psicologia entre Sócrates, Aristóteles e Platão com a famosa filosofia que desempenhavam nos séculos passados.

Os estudos da “alma” humana se deram a partir de Sócrates, por volta do século 4 a.C. e a continuaram com os já dois gregos citados acima, passando pela era medieval, que ao contrário do que muitos afirmam, foi sim o período de florescer intelectual que foi concretizado durante a Renascença. Afinal, as primeiras universidades européias foram fundadas ainda na Idade Média.

Mas, demorou muito tempo, apenas no século XIX, para a Psicologia de fato ser uma ciência independente e não mais precisar da Filosofia para existir.

AS MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO ENTRE A FASE INFANTIL E ADULTA

Digamos que quando o ser humano vai deixando de ser criança e se depara com a puberdade, conhecendo um novo mundo, novas sensações, novas necessidades, desejos quase que incontroláveis que antes não existiam, um mundo novo é criado. Pois a percepção da criança não existe com tanto afinco. Quando o ser humano chega à puberdade, a curiosidade com a finalidade de agir, descobrir, experimentar, porém, somando tudo isso a uma compreensão mais aguçada de como são as relações sociais, o que não significa que seja uma compreensão madura, torna todas essas experiências em situações arriscadas e emocionantes na mente de um jovem púbere.

Sair da infância significa dar novos significados a conceitos que foram aprendidos em casa, através dos pais e de outras estruturas de ensino bastante comuns, como a escola ou, em parte dos casos, na igreja. É quando o adolescente entende que a vida é feita por fases, ou pelo menos o seu inconsciente entende. Porém, por ser um período bastante confuso e não haver a maturidade para lidar com tantas mudanças, novidades e dificuldades aparentes, é comum haver traumas que dificilmente se curam durante a vida adulta.

Quando esses traumas ou vícios emocionais já são iniciados na infância, é mais difícil ainda se livrar, necessitando de um bom profissional especialista no comportamento humano para ajudar através de terapias.

OS TRAUMAS NA LUZ DA PSICOLOGIA DO COMPORTAMENTO HUMANO

Os traumas são verdadeiras experiências marcantes que ajudam a definir a personalidade de um ser humano. Sob a luz da psicologia do comportamento humano, encaramos o trauma como uma situação que o indivíduo em questão não tem capacidade racional e emocional para lidar. Quando acontece algo que é maior que a sua maturidade e a sua capacidade de reação. Tudo isso é muito desconfortável e pode atrapalhar severamente a vida de alguma pessoa.

Porém, com um bom trabalho realizado, como o de coaching, por exemplo, esses traumas podem ser tratados e dar lugar a novas formas de pensar, novas emoções e percepções.

O COACHING E A PSICOLOGIA HUMANA

© Depositphotos.com / Wavebreakmedia

O Coaching e a Psicologia

O coaching significa treinamento, e ele está inteiramente ligado a treinar uma pessoa ou empresa para que o mesmo alcance seus objetivos, sejam lá quais forem. Dessa maneira, é necessário que o coach entenda de psicologia humana, isso para compreender o comportamento de seus coachees (clientes) e entender o que os motiva, quais são suas barreiras e como trabalhar em cima disso.

Gostou do artigo? Ele fez sentido para você? Comente e/ou compartilhe suas impressões!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!