Voltar

Como Realizar um Diagnóstico Organizacional?

Publicado em | 0 comentários

 

Sentavio/Shutterstock O Diagnóstico Organizacional é um poderoso aliado das empresas e da melhoria contínua de sua gestão e dos seus processos internos e externos

Quando iniciamos um processo de consultoria, em uma empresa, a primeira ação a fazer é realizar um diagnóstico organizacional. Este, por sua vez, consiste em coletar informações sobre a organização, de modo que isto permita analisar seu estado atual e definir o seu estado desejado.

No diagnóstico organizacional são analisados fatores internos e externos, bem como identificados os pontos fortes e de melhoria da instituição. O objetivo é trazer uma nova perspectiva ao gerenciamento da organização, de modo que isso lhe permita construir resultados mais positivos. Para isso, existem muitos métodos que podem ser utilizados, um deles é o SWOT.

Esta metodologia consiste em analisar quatro elementos importantes: as Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). Com este mapeamento, as empresas podem visualizar, de forma mais clara, seus processos que precisam ser melhorados, aqueles que estão dando certo e podem ser potencializados e ainda as suas novas possibilidades no mercado.

Principais Benefícios do Diagnóstico Organizacional

Ao definir a necessidade de fazer um diagnóstico organizacional a empresa mostra que compreende que pode e precisa melhorar determinados aspectos de sua gestão. E mais, mostra que está aberta a mudar, a corrigir os processos falhos, modificar ações e evoluir continuamente como organização.

Assim, entre os principais benefícios deste mapeamento destaco identificar os departamentos que precisam de maiores investimentos, os recursos técnicos e de infraestrutura que precisam ser adquiridos, os treinamentos que precisam ser realizados, as áreas de maior e menor retorno e também entender melhor qual o perfil de atuação da empresa e as características dos seus clientes.

Ao implantar o diagnóstico organizacional a empresa também mostra aos seus colaboradores o seu comprometimento com a melhoria contínua. Convida-os a participar deste processo e evidencia que deseja investir no avanço dos procedimentos e incorporar novas e melhores práticas ao seu dia a dia de trabalho. Maravilhoso!

Entretanto, para que os profissionais realmente colaborem e também se beneficiem das mudanças que estão por vir, é importante que os líderes e gestores de RH instaurem um processo realmente transparente. Na prática, isso significa comunicar a todos que a empresa passará por mudanças, com a intenção de alcançar determinados objetivos.

Outro ponto crucial para que esta ação surta o efeito desejado, é deixar claro aos colaboradores que eles são essenciais neste processo e, com isso, buscar engajá-los a colaborar com suas informações e conhecimentos. A intenção é que assim possa ser realizado um diagnóstico organizacional assertivo, que inclua todos os pontos que precisam ser melhorados e potencializados.

Neste sentido, o Coaching, com suas técnicas e ferramentas, de gestão de processos e de pessoas, é uma das principais metodologias utilizadas pelas organizações, de todo mundo, para mapear seus processos, definir o estado atual e chegar ao estado desejado.

Então, conheça mais esta extraordinária caixa de ferramentas estratégica e ouse maximizar os resultados do seu negócio. Invista na Formação Business and Executive Coaching – BEC expanda seus conhecimentos organizacionais, aprenda a implantar a cultura de Coaching e levar todos os benefícios e diferenciais deste efetivo método para sua empresa.

Gostou do meu artigo? Deixe seu comentário, curta e compartilhe em suas redes sociais.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!